Página 1 de 2

Minhas crias estão a morrer!!!!

Enviado: sábado, 18/abr/2009, 01:06
por crisbmendes
Boa Noite

Sou muito inexperiente na criação de canários. Tenho 2 casais: 1 é amarelo com tons castanhos nas asas e cabeça, a fêmea é toda amarela; o outro casal é vermelho com tons castanhos nas asas e cabeça. O 1º casal já fez criação em Março, ela pos 3 ovos, nasceram 2, sendo que um mirrou e acabou por morrer e o outro desenvolveu. Agora, no início de Abril ela pôs 4, nasceram 2, um mirrou e morreu e o outro que estava desenvolvendo, hoje está frio e acho vai ter o mesmo destino. Não sei o que estou fazendo de errado. Dou papa daquela amarela que se vende na casa de animais, misturada em água. Por favor, me ajudem!!!!! Obrigada :cry:

Enviado: sábado, 18/abr/2009, 08:40
por Leopoldo
Bom dia crisbmendes,as gaiolas estao dentro de casa ou fora??se tiverem fora,convem por dentro de casa pelo menos á noite que é quando está mais frio...eu relação á papa que se dá nas criações,chama se papa de ovo vende se em qualquer loja de aves e não percisa de por agua.abraço

Minhas crias estão a morrer!!!!

Enviado: domingo, 19/abr/2009, 13:58
por crisbmendes
Obrigada pelas dicas. O 2ª cria morreu. Agora o casal encarnado e castanho está com 4 ovos e a fêmea está a chocá-los. Tenho receio que aconteça o mesmo com estes filhotes. Já estou traumatizada. O que posso fazer para evitar que o mesmo se repita?

Enviado: domingo, 19/abr/2009, 22:21
por eduardo_garcia
Boa noite;
Para que tenha sucesso na criação terá que ver se os casais em questão se dão bem um com o outro,quando a fêmea está a chocar e quando nascerem os filhotes terá que colocar á disposição da mesma sementes e papa de ovo sem colocar água,ela própria prepara a papa.Se tem os canários num local frio,recomendo que os coloque num local mais abrigado.
Espero ter ajudado,boas criações! :wink:

Enviado: segunda, 20/abr/2009, 10:04
por pedro376h
boas,
quando criava canarios, nos primeiros dias de vida das crias, colocava sempre a disposicao dos pais, grelos ou broculos. para mim era essencial se quisesse crias sempre bem alimentadas. por vezes substituia isto por maca. :wink:

Enviado: segunda, 20/abr/2009, 20:55
por Timbrado Almada
Ola. costuma substituir os ovos por ovos de plástico? Se fizer isso aumenta muito a percentagem de crias que sobrevivem visto nascerem todas no mesmo dia... Aconselho tambem a dar maçã ou broculos após o nascimento.

Em que dia morrem? A femea alimenta? Está com o macho? Se conseguir ser mais precisa é mais facil ponderar o que pode ser.

Cumprimentos.

Minhas crias estão a morrer!!!!

Enviado: segunda, 20/abr/2009, 23:02
por crisbmendes
Boa Noite
Antes de tudo, quero agradecer a ajuda dos meus colegas do fórum.

As gaiolas estão numa marquise fechada e com janelões, que estão sempre fechadas, a não ser que esteja muito quente.

No caso do casal amarelo e castanho, a 1ª cria morreu pelo 3º dia e a 2ª cria, morreu ao 6º dia. o macho fica junto com a fêmea. Muitas vezes vi o macho dar comida a fêmea, mas não vi a mesma atitude dela em relação aos filhotes. Ela fica acachapada em cima do filhotes e quase não sai do ninho. Daí, nós começamos a dar a papa amarela umedecida, mas mesmo assim, acabaram por morrer. A alimentação que oferecemos aos pais, são: alpista, semente da saúde, aveia, papa amarela e papa vermelha, barrinhas com vários tipos de componentes, alface e maçã.

Se puderem continuar me ajudando, agradeço muito.

Um abraço

Enviado: terça, 21/abr/2009, 00:21
por pedro376h
boas,
realmente é possível ajudar nos primeiros dias de vida. é aquilo que costumam chamar "dar a palitada".
mas a papa de ovo normal não serve.

existem algumas boas soluções à venda nas lojas.
estou-me a lembrar da energette da ravasi, ou mesmo a A21 da versele laga.

Enviado: terça, 21/abr/2009, 15:25
por serradeep
Timbrado Almada Escreveu:Ola. costuma substituir os ovos por ovos de plástico?

Cumprimentos.
Boas tardes

Gostava de saber como isso se faz!
A parte de substituir é fácil, mas e depois, temos que ir virando os ovos? Põem-se no ninho após o 5º sair?
Agradeço desde já a informação, pois também crio canários, mas um ou dois por ninhada acaba sempre por morrer por ser mais pequeno.

Enviado: quarta, 22/abr/2009, 01:46
por Timbrado Almada
Ola, a parte da substituição dos ovos e muito simples, todos os dias que a femea puser um ovo , substitui o mesmo por um de plástico até ao dia que a femea deixar de por(entre 4 a 6 ovos), nesse dia coloca os ovos verdadeiros.

Não é necessário virar os ovos, nunca virei ovos nenhums e sempre nasceram bem os filhotes(mas muita gente fala nisso), imagine quem tem 100 casais a virar 500 ovos por dia ehehe.

Em relação á femea nao sair de cima das crias tambem se resolve facilmente, basta tirar o macho e a femea tem de sair do ninho para comer e beber agua.

Uma nota importante não dê alface porque é bastante prejudicial devido ao elevado numero de pesticidas.

Eu costumo dar apenas verduras escuras tais como, nabo, broculos, e claro maçã alternadamente.

Em relação a papa nao é preciso humedecer, uma boa mistura de sementes, uma boa papa de criação , verduras e fruta QB, e nao deve ter grandes problemas na criação daí em diante.

Espero que tenha melhores resultados na proxima postura.

Minhas crias estão a morrer!!!!

Enviado: quarta, 22/abr/2009, 13:53
por crisbmendes
Bom dia, caros colegas de Fórum.

Quero agradecer as dicas que dispensaram, vou por em prática. Hoje às 11:30, eclodiu o 1º ovo do casal encarnado. Nuca tinha visto in locu. E agora, o que devo fazer? Observar a mãe? Dar a papa? Por falar nisso, aquela coisinha miudinha já come logo que nasce?

Agradeço que continuem a me ajudar, na esperança de ter melhores reultados desta vez.
À propósito, no caso deste casal, não pude trocar os ovos, pois estava de férias e a postura foi durante a minha ausência.

Abraços

Papas para as crias

Enviado: quarta, 22/abr/2009, 14:04
por crisbmendes
Oi Pedro.

Obrigada pela dica. As papas especiais para crias são encontradas em qualquer loja de animais? Caso não, poderia me indicar como adquirí-las?

Obrigada e abraços

Enviado: quarta, 22/abr/2009, 14:14
por Timbrado Almada
ola, se nao conseguiu trocar dsta vez os ovos, vai ser muito dificil manter todas as crias vivas, visto que as ultimas a nascer vao ter poucas hipoteses, por isso, tem de comprar uma papa para dar directamente aos mais fracos e ultimos a nsscer(isto claro se quiser tentar salvar toda a ninhada).

Agora o mais importante é observar, e sim alem de virem alimentadas pelo ovo começam logo a comer umas horas depois de nascer.

Boa sorte.

Minhas crias não vão morrer !!!!

Enviado: quarta, 29/abr/2009, 00:03
por crisbmendes
pedro376h Escreveu:boas,
realmente é possível ajudar nos primeiros dias de vida. é aquilo que costumam chamar "dar a palitada".
mas a papa de ovo normal não serve.

existem algumas boas soluções à venda nas lojas.
estou-me a lembrar da energette da ravasi, ou mesmo a A21 da versele laga.
Oi Pedro
Quero agradecer a dica das papas. Comprei a A21 e realmente faz uma diferença muito grande das papas que estava oferecendo. Graças as Deus a canária vermelha é melhor mãe que a amarela, mas mesmo assim damos um reforço com a papa que indicou.
Obrigadão e um abraço
Cristina Mendes

Crias

Enviado: quarta, 29/abr/2009, 00:09
por crisbmendes
Caros colegas de fórum
Tenho 2 crias da canária mosaico vermelha com 6 dias. Estão fazendo pela vida. Estão espertinhos. Vou ver se mostro fotos.
A canária amarela parece uma galinha poedeira.Já tem 4 ovos, sendo que os 3 primeiros conseguimos separar e por falsos, até que no 4º dia não pôs mais. Voltamos a por os verdadeiros e no dia seguinte, tinha o 4º ovo. Ela não é muito boa mãe, pois o macho lhe dá muita mordomia. Ela no choco e ele a dar comidinha na no bico. Por isto, vamos ter mais trabalho com as crias que nascerem. Já estou ficando menos estressada, pois vou lendo alguns livros.
Um abraço a todos