renatorebelo
Mensagens: 22
Registado: quinta, 03/mar/2011, 16:57

Problema na criação

segunda, 19/set/2011, 19:12

Boas tardes,
Pretendia que me dessem uma ajuda, visto que estou um pouco desapontado com um dos meus casais de forpus. Este casal já fez duas posturas. Na 1ª postura a fêmea colocou 6 ovos,mas somente um sobreviveu! As crias desenvolveram-se perfeitamente até estarem empenadas, mas de um dia para o outro e provavelmente no dia que saíram do ninho foram completamente comidas e atacadas ou pelo macho ou então pela fêmea. O que restou das crias mais parecia um cordão umbilical. Abri o ninho e verifiquei que da ninhada tinha restado um única cria. Decidi então retirar o ninho e coloquei a cria no chão da gaiola e estive a observar o comportamento dos progenitores. Verifiquei então que a cria começou a ser atacada tanto pelo pai, como pela mãe.
Retirei o pai para outra gaiola, mas a mae atacava-o na mesma, e optei por colocar o pai junta à cria. Fez um papel excepcional e acabou por criar a cria em perfeitas condições.
Na segunda postura deste casal, aconteceu-me exactamente o mesmo, mas as crias foram atacadas dentro do ninho. Numa postura de cinco, dois foram completamente comidos e dois apareceram completamente "podres" e com o papo cheio.
Mas no meio dessa mortandade sobreviveu uma cria.
Decidi retirar desta vez o progenitor e deixei a cria aos cuidados da mae.

Hoje, quando fui limpar a gaiola verifiquei que a cria já tinha saído do ninho, mas fiquei desiludido, visto que a cria não tinha dois dedos e tem as patas deformadas. Ela voa na perfeição, mas não consegue ficar em pé nos poleiros.
Utilizo ninhos de pardais de java, em "L" (degrau) e na base do ninho coloco +-10cm de aparas de madeira.

Gostava que me explicassem a razão de acontecer esta "mortandade", uma vez que a nível de alimentação cumpro todos os requisitos. Os pais não indicam nenhum desgaste, encontram-se bem de saúde, plumagem impecável.

Tenho outro casal com crias, cujo comportamento é bastante diferente. Ambos estão no ninho e tem um comportamento menos agressivo.
Há viabilidade em arranjar madrastas para a criação? Qual a espécie?

Sou criador "amador" de diversas espécies e até hoje nunca me aconteceu algo parecido.
Fico triste pq esta espécie fascina-me.
Agradeço todo o tipo de ajuda
Cumprimentos
Renato J.

renatorebelo
Mensagens: 22
Registado: quinta, 03/mar/2011, 16:57

Re: Problema na criação

terça, 27/set/2011, 11:23

Bom dia,
Das duas uma, ou ninguém cria forpus ou não gostam de partilhar informação.
Ao verificar a generalidade das mensagens do forum chego à conclusão que quando alguém coloca uma mensagem é visualizada por inúmeras pessoas, mas são muito poucas as pessoas que partilham informações.

augusto1977
***
Mensagens: 112
Registado: quarta, 01/jun/2011, 14:16

Re: Problema na criação

terça, 27/set/2011, 12:15

Ola amigo renato
tenho lido o seu tópico atentamente gostaria de poder ajudar mas não entendo nada de psitacideos,nos canarios e frequente acontecer isso por vezes tem raças que criam mal e então usam se casais de amas de raças diferentes mas da mesma espécie como tens outro casal não perdes nada em tentar,alimentação não creio pois se fosse alguma carência de cálcio picavam os ovos e quando muito arrancavam as penas dos filhos..
Renato tem aves que criam mal e quanto a isso a natureza e que manda não podemos contornar isso,quanto ao uso das amas creio que te possam ajudar tem muitos criadores de psitacideos

Avatar do Utilizador
antocastanheira
****
Mensagens: 340
Registado: terça, 17/abr/2007, 11:37
Localização: Alverca do Ribatejo
Contacto: Sítio web

Re: Problema na criação

domingo, 09/out/2011, 19:21

Boa tarde Renato,

Vou ser muito sincero contigo. O que tens a fazer é desfazer-te desse casal, vai voltar a acontecer.

Vou precisar que me digas como mantens as tuas aves para que te possa ajudar. Fica uma lista:
Quais as medidas da gaiola
Qual as medidas do ninho
Que alimentação lhes dás
Que papa lhes das
grit
Osso de choco
Vitaminas
etc

Pode parecer que estou a fazer muitas perguntas, mas só com isso te posso ajudar, ou aconselhar no que se está a passar com as tuas aves.

Avatar do Utilizador
antocastanheira
****
Mensagens: 340
Registado: terça, 17/abr/2007, 11:37
Localização: Alverca do Ribatejo
Contacto: Sítio web

Re: Problema na criação

domingo, 09/out/2011, 19:21

Boa tarde Renato,

Vou ser muito sincero contigo. O que tens a fazer é desfazer-te desse casal, vai voltar a acontecer.

Vou precisar que me digas como mantens as tuas aves para que te possa ajudar. Fica uma lista:
Quais as medidas da gaiola
Qual as medidas do ninho
Que alimentação lhes dás
Que papa lhes das
grit
Osso de choco
Vitaminas
etc

Pode parecer que estou a fazer muitas perguntas, mas só com isso te posso ajudar, ou aconselhar no que se está a passar com as tuas aves.

renatorebelo
Mensagens: 22
Registado: quinta, 03/mar/2011, 16:57

Re: Problema na criação

segunda, 10/out/2011, 01:32

Boas noites,
Obrigado pela sua resposta, não quero desistir por enquanto deste casal, são os primeiros e apesar de tudo gosto muito deles.
Relativamente à gaiola tem 60x40x40 (agora coloquei mais um ninho à semelhança do que se faz com os canários), alimentação mistura de piriquitos e girassol quando tem crias, papa de psitacideos com papa de insectivoros para ter proteina, cubo de cálcio e recipiente com grit, ninho dos pardais de java com antecamara e coloco uma boa camada de aparas de madeira no fundo, não sei que mais possa fazer.
Já agora tem alguma fêmea de 2011, azul ou portadora de azul, gostaria de adquirir uma para a cria sobrevivente da primeira que tem cerca de 5 meses.
Melhores cumprimentos,
Renato

Avatar do Utilizador
antocastanheira
****
Mensagens: 340
Registado: terça, 17/abr/2007, 11:37
Localização: Alverca do Ribatejo
Contacto: Sítio web

Re: Problema na criação

terça, 11/out/2011, 22:18

Boa noite Renato,

Vamos então por partes.
renatorebelo Escreveu:Relativamente à gaiola tem 60x40x40
Tem boas medidas, não recomendo menor que estas medidas visto que eles engordam com facilidade.
renatorebelo Escreveu:(agora coloquei mais um ninho à semelhança do que se faz com os canários)
Esses ninhos estão do lado exterior da gaiola, certo?
renatorebelo Escreveu: alimentação mistura de piriquitos e girassol quando tem crias
Uma mistura muito pobre para estas aves. Recomendo que uses uma mistura para Agapornis sem girassol. O girassol, e muito bem, como tu usas é para ser usado quando têm crias ou no Inverno se as aves apanham frio
renatorebelo Escreveu:papa de psitacideos com papa de insectivoros para ter proteina, cubo de cálcio e recipiente com grit
Tudo OK
renatorebelo Escreveu:ninho dos pardais de java com antecamara e coloco uma boa camada de aparas de madeira no fundo
Se não estou em erro, este é de facto um ninho bastante pequeno para os Forpus. Imagina quando as crias começam a crescer, deixa de haver espaço e o calor dentro do ninho vai acabar por matar alguns. Recomendo que substituas esses ninhos por outros maiores. Podes ver aqui - http://forpus.webnode.com/news/ninho/

Estas aves gostam bastante de alimentos frescos (frutas e verduras) acredita que é um dos aspetos mais importantes para que tenhas aves saudáveis.
Última edição por antocastanheira em terça, 11/out/2011, 22:25, editado 1 vez no total.

Avatar do Utilizador
antocastanheira
****
Mensagens: 340
Registado: terça, 17/abr/2007, 11:37
Localização: Alverca do Ribatejo
Contacto: Sítio web

Re: Problema na criação

quinta, 13/out/2011, 14:21

Boa noite Renato,

Vamos então por partes.
renatorebelo Escreveu:Relativamente à gaiola tem 60x40x40
Tem boas medidas, não recomendo menor que estas medidas visto que eles engordam com facilidade.
renatorebelo Escreveu:(agora coloquei mais um ninho à semelhança do que se faz com os canários)
Esses ninhos estão do lado exterior da gaiola, certo?
renatorebelo Escreveu: alimentação mistura de piriquitos e girassol quando tem crias
Uma mistura muito pobre para estas aves. Recomendo que uses uma mistura para Agapornis sem girassol. O girassol, e muito bem, como tu usas é para ser usado quando têm crias ou no Inverno se as aves apanham frio
renatorebelo Escreveu:papa de psitacideos com papa de insectivoros para ter proteina, cubo de cálcio e recipiente com grit
Tudo OK
renatorebelo Escreveu:ninho dos pardais de java com antecamara e coloco uma boa camada de aparas de madeira no fundo
Se não estou em erro, este é de facto um ninho bastante pequeno para os Forpus. Imagina quando as crias começam a crescer, deixa de haver espaço e o calor dentro do ninho vai acabar por matar alguns. Recomendo que substituas esses ninhos por outros maiores. Podes ver aqui - http://forpus.webnode.com/news/ninho/

Estas aves gostam bastante de alimentos frescos (frutas e verduras) acredita que é um dos aspetos mais importantes para que tenhas aves saudáveis.

renatorebelo
Mensagens: 22
Registado: quinta, 03/mar/2011, 16:57

Re: Problema na criação

quarta, 19/out/2011, 11:01

Bons dias,
Já tinha visto no seu blog o projecto dos ninhos e vou meter as mãos à obra, mas não me parece que vá ter efeitos práticos, pois penso que o problema está na fêmea, uma vez que é muito agressiva, até mesmo como macho.

Obrigado pela resposta
Cumprimentos
Renato Rebelo

Avatar do Utilizador
antocastanheira
****
Mensagens: 340
Registado: terça, 17/abr/2007, 11:37
Localização: Alverca do Ribatejo
Contacto: Sítio web

Re: Problema na criação

quarta, 19/out/2011, 11:22

Bom dia Renato,

Não penses assim. Pensa sempre que este casal serve de aprendizagem, o importante é teres perceção que estas coisas acontecem e como poderás contorna-las. Este é um dos aspetos porque gosto tanto de ornitologia, nada é sempre igual. O importante, mais uma vez te digo, é conseguires aprender e conseguires novas formas para que tenhas sucesso nas criações.

renatorebelo
Mensagens: 22
Registado: quinta, 03/mar/2011, 16:57

Re: Problema na criação

segunda, 24/out/2011, 14:16

Imagem

Imagem

Imagem

Boas tardes,
Este fim de semana deparei-me com esta surpresa! Quando fui observar a cria que estava no ninho ela saiu de imediato.
Fiquei a observar o comportamento dos progenitores e a mãe começou a atacar a cria. Retirei a fêmea adulta e os ninhos e passado algum tempo observei o progenitor a alimentar a cria. Optei por este procedimento visto que tive sucesso no outro casal de forpus.
Cumprimentos

Voltar para “Psitacídeos Americanos”