Formação de casal de Agapornis - domesticado x não dom.

ROSEICOLLIS, PERSONATUS, FISCHERI, LILIANAE, NIGRIGENIS, TARANTA, CANA, PULLARIA

Moderadores: pedro376h, borllock, vitor anastacio

Formação de casal de Agapornis - domesticado x não dom.

Mensagempor Dany Pereira » quarta, 09/nov/2016, 08:29

Bom dia,

Vou explicar a situação: há 3 anos, adquiri um agapornis bebé com 11/12 dias de vida para domesticá-lo e consegui :) recentemente quis arranjar um par para formar casal, gostava de ter crias do meu bichinho. Não sabia bem ao certo se era macho ou fêmea, mas sempre pensei que era femea devido ao seu comportamento. As vezes quando brinco com ele começava a fazer uma "dança" de cio e colocava se em posição de acasalamento como fêmea, outras vezes ele masturbava se em cima de uma bola como se fosse um macho. É barulhento, pia bastante, e ao que parece é característico das fêmeas e se vê papel vai logo roê lo. Mas quando fui para arranjar um par, levei o para a loja e lá disseram me que se trata de um macho, pois andaram a apalpar no rabo dele para verificar, pous tem os ossos da bacia bem juntinhos. Sendo assim comprei uma fêmea lutina. Meti os em gaiolas separadas e pos as gaiolas perto uma da outra. Ao fim de uma semana juntei os. O macho estava assustado e so fugia dela, ela tava calma. Mas quando estavam perto um do outro andavam a bulha. Percebi que não ia dar, então fui trocar a fêmea por outra. Fiz o mesmo processo e a reação do macho é a mesma, embora não se atacam. Não sei se será por ser domesticado, mas o macho nunca esteve habituado com outros pássaros, nunca o juntei com outros, embora eu tenha periquitos. Ele não liga nenhuma a fêmea e esconde se debaixo de uma folha de papel que esta no fundo da gaiola. Quando me vê fica todo contente e quer minha atenção e faz uma dança de cio.

O que posso fazer? Acham que há alguma solução?
Dany Pereira
Dany Pereira
 
Mensagens: 2
Registado: terça, 08/nov/2016, 00:45

Re: Formação de casal

Mensagempor borllock » quarta, 09/nov/2016, 09:12

Basicamente o problema é ter sido criado à mão e nunca ter tido contacto com outros da sua espécie. O mais provável é ele pensar que é humano. Qualquer fêmea que lhe junte vai acontecer o mesmo, se quer mesmo tentar formar casal o que aconselho é ser paciente, deixá-los juntos ou próximos durante uns meses a ver se se começam a dar bem.
Cumprimentos,
José Jesus

Porto - Penafiel

Visitem: https://placeofbirds.wordpress.com/
borllock
Site Admin
 
Mensagens: 3586
Registado: domingo, 01/jul/2012, 16:23

Re: Formação de casal

Mensagempor AvilandiaPT » quarta, 09/nov/2016, 10:09

Olá,

O mais provável, pelo comportamento que descreves, é serem duas fêmeas.

Cumps.
Ricardo M.
ImagemImagemImagem
Avatar do Utilizador
AvilandiaPT
*****
 
Mensagens: 1002
Registado: domingo, 15/Oct/2006, 08:26
Localização: Benavente - PORTUGAL

Re: Formação de casal

Mensagempor Dany Pereira » quarta, 09/nov/2016, 11:42

Obrigado pelas respostas :)

Acham que deveria deixa los juntos na mesma gaiola ou separá los? A apalpação dos ossos da bacia é um método seguro para determinar o sexo?
Dany Pereira
Dany Pereira
 
Mensagens: 2
Registado: terça, 08/nov/2016, 00:45

Re: Formação de casal

Mensagempor hrodrigues » quarta, 09/nov/2016, 12:15

Boas,
A fêmea que comprou é domesticada? Se não for não os junte, porque o suposto macho que você tem vai ficar bravo num instante... A juntar que seja uma fêmea domesticada também.
Isso do método da apalpação para mim é uma grande treta, o que aconselho e a mandar sexar a ave num laboratório (STABVida por exemplo) para ter certeza do que tem.
Quando for juntar as duas aves, junte-as sempre num gaiola neutra para os dois, ou seja, nunca tire um de uma gaiola e o junte na gaiola do outro, isto porque os agapornis são muito territoriais e podem acontecer brigas ao ponto de causarem ferimentos graves.
Cumprimentos,
Hugo Rodrigues
hrodrigues
***
 
Mensagens: 136
Registado: quarta, 04/nov/2015, 15:25

Re: Formação de casal de Agapornis - domesticado x não dom.

Mensagempor pcatita » quinta, 10/nov/2016, 12:42

O meu primeiro Rosicolis entrou-me pela janela de casa. tenho-o á uns 5 meses, nao vem á mao mas tambem nao é bravo. quando lhe mudo a comida o maximo que faz é dar um passito ao lado, ou seja estava habituados ás pessoas.

Mas quando lhe pus lá uma femea na gaiola , tive que ir comprar á pressa uma gaiola com separador por pena dela, estava a ver que a mutilava :D . Passados 15 dias tirei o separador para ver a evoluçao , aparentemente a coisa estava mais calma, mas ao fim de um mês sempre que ela se aproximava levava bicada.

Segundo me disse o Sr. onde compro a comida para eles, nestes casos quando sao domesticados poderá ser um problema aceitar um/uma parceira .

Entretanto a parceira fugiu, e está sozinho... este fim de semana vou por lá outra femea separados por enquanto, é a ultima oportunidade de ser feliz.
pcatita
 
Mensagens: 35
Registado: terça, 20/set/2016, 13:37


Voltar para Exclusivo: Agapornis

Quem está ligado:

Utilizadores a ver este Fórum: Nenhum utilizador registado e 3 visitantes

cron