Página 1 de 1

Agapornis fêmea criada à mão - alteração de comportamento

Enviado: terça, 10/abr/2018, 09:47
por rui jorge
bom dia
é a primeira vez que estou neste forum.
estou com um problema em minha casa. tenho uma fêmea roseicolis turquesa opalino que criei à mão desde a 2ª semana de vida. sempre foi um pássaro muito amigo e dado mas passado um ano e 2 meses de vida, deixou de querer andar connosco e tornou-se muito agressiva. Ela vive com uma periquita.
A roseicolis sempre gostou muito de destruir coisas, papel, cartão, fios, etc, mas funcionava como distração.
O meu problema é que o passaro começou a fazer caudas com papel e a colar nas penas traseiras, como forma de embelezamento, etc e todo o papel que está no fundo da gaiola ela faz centenas de rabos e torna-se agressiva quando vamos tocar na gaiola.
Note-se que o passaro anda sempre solto na cozinha, mas devido a estas circunstãncias, tive de o fechar na gaiola e so o solto quando estou em casa.
Paralelamente, descobriu o esquentador e faz exatamente o mesmo, não se pode tocar naquilo e ataca se la formos mexer.
Já não gosta de estar connosco e quando se encontra mais calma, tentamos fazer festas e brincar mas ela está sempre ansiosa para voltar ou para o esquentador ou para os papeis da gaiola, quase como guardiã do templo.
Já nem vem comer connosco, nem todas as atividades e brincadeiras que fazia, só quer mesmo guardar aqueles dois locais.
Alguém pode-me ajudar a encontrar uma solução? o passaro quando bica, bica com muita força e começamos a ter receio que nos ataque nos olhos, face, etc.
Obrigado e desculpem alguma imprecisão porque sempre tive passaros de bico curvo mas não sou especialista.

Re: turquesa opalino

Enviado: terça, 10/abr/2018, 11:27
por rdj
Bom dia,

Esse comportamento é de uma fêmea que quer fazer o ninho (os papéis que coloca na cauda é material que ela quer utilizar para levar para o ninho). O ninho provavelmente está a querer fazê-lo no esquentador...

Re: turquesa opalino

Enviado: terça, 10/abr/2018, 11:57
por rui jorge
Muito obrigado pela sua resposta.

Mas, será que isto lhe vai passar e vai voltar a interagir connosco ou a agressividade manter-se-à? O passaro está mesmo distante afetivamente de nós e se o levarmos connosco para outra divisão da casa, o que ela quer é regressar o mais rapidamente possível para os sitios onde costuma estar.

Ela está mesmo muito agressiva e bica com muita violência se nos aproximamos.

Já não vem para nós, nem para comer nem para brincar.....

Re: Agapornis fêmea criada à mão - alteração de comportament

Enviado: quarta, 11/abr/2018, 11:57
por mafa_loureiro
Bem, que me conste, todos os bicos curvos passam por fases de agressividade quando estão na altura de acasalamento e isso não acontece, costuma durar um tempo e depois passa. Mas volta sazonalmente... Quando são de porte pequeno, é mais fácil de lidar ainda assim, nos maiores é mais complicado e os danos também maiores.... No meu caso, com os Forpus é uma constante, seja na altura de acasalamento ou não, Inverno, Primavera ou Verão e, pelo menos, não nos deixa mal habituados... :lol:

Existem aqueles truques de diminuir as horas de luz para que entrem no "horário de Inverno", etc. É uma questão de pesquisar na internet mas sim, faz parte da Natureza deles e temos de adaptar o nosso comportamento a essas alturas mais temperamentais, digamos.... Existem, no entanto, essas pequenas soluções que os acalmam e que tornam essas alturas mais suportáveis e menos dolorosas :lol:

Re: Agapornis fêmea criada à mão - alteração de comportament

Enviado: quarta, 11/abr/2018, 15:08
por AvilandiaPT
Olá,

Os roseicollis, na prática, não são sensíveis ao fotoperíodo.
Essa agressividade é normal em fêmeas, especialmente se não lhes é permitido o comportamento normal.

Cumps.

Re: Agapornis fêmea criada à mão - alteração de comportament

Enviado: quarta, 11/abr/2018, 15:17
por rui jorge
Mafalda e Ricardo, muito obrigado pelas vossas considerações.
Foram bastante úteis