Crias de agapornis

ROSEICOLLIS, PERSONATUS, FISCHERI, LILIANAE, NIGRIGENIS, TARANTA, CANA, PULLARIA

Moderadores: pedro376h, borllock, vitor anastacio

Crias de agapornis

Mensagempor NunoSantos » quinta, 17/mai/2007, 21:22

Olá amigos, tenho três crias de agapornis que estão com as asas muito pequenas, como podem ver na fotografia. Coloquei uma cria de outro casal mais ou menos da mesma idade e como podem verificar as asas são muito mais pequenas... que pode ser? Tentei colocar a foto mas ficava muito grande...aqui fica o link http://s205.photobucket.com/albums/bb90/nuno_santos/?action=view&current=DSC05822.jpg
NunoSantos
****
 
Idade: 41
Mensagens: 357
Registado: terça, 24/Oct/2006, 21:45
Localização: Ourentã - Cantanhede

Mensagempor cblampreia » sexta, 18/mai/2007, 00:42

Olá!

De facto as penas são mais pequenas.
Nuno, são as primeiras crias desse casal?
E as penas estão desse tamanho já à algum tempo? Podem estar ainda a crescer.
Avatar do Utilizador
cblampreia
****
 
Mensagens: 490
Registado: domingo, 15/Oct/2006, 23:12
Localização: Loulé

Mensagempor Pedro121 » sexta, 18/mai/2007, 01:41

Pode-se passar varias situações, a 1ª e menos grave é a de um dos pais lhes ter arrancado as primaria, mais grave e sério é que existem doenças como a PBFD que causam a perda das primarias, se for esse o caso tens que ver muito bem o que fazer, assim que eles estiverem a comer separa-os dos pais e verifica se as penas voltam a crescer e a crescer de uma forma normal, se tal não acontecer tens um problema sério para resolver
Pedro Ramalho
Pedro121
*****
 
Mensagens: 2752
Registado: terça, 17/Oct/2006, 09:46
Localização: Caldas da Rainha

Mensagempor NunoSantos » sexta, 18/mai/2007, 16:59

Obrigado Claudio e Pedro.
Claudio: sim, são as primeiras crias que tenho deste casal, e as penas deveriam estar do tamanho das que mostro na imagem da outra cria.

Pedro: esperemos que seja então a 1ª situação, e caso seja a Psittacine Beak and Feather Disease (PBFD) que posso fazer?

Grato pela atenção,
NunoSantos
****
 
Idade: 41
Mensagens: 357
Registado: terça, 24/Oct/2006, 21:45
Localização: Ourentã - Cantanhede

Mensagempor Pedro121 » sexta, 18/mai/2007, 20:38

Nuno

“Pedro: esperemos que seja então a 1ª situação, e caso seja a Psittacine Beak and Feather Disease (PBFD) que posso fazer?”

Eu não te posso disser o que fazer, mas o que EU faria era enviar amostras para teste dos pais e crias e no caso de ser positivo isolar/vender/dar imediatamente o casal, as crias teriam que ser eliminadas, e parava toda a criação durante um mínimo de 3 messes e de preferência 6, é que embora os adultos sejam assintomáticos servem de reservatório e enquanto houver crias estão continuamente a serem reinfectados, e só recomeçava a criação se novos exames dessem negativos.
Pedro Ramalho
Pedro121
*****
 
Mensagens: 2752
Registado: terça, 17/Oct/2006, 09:46
Localização: Caldas da Rainha

Crias de agapornis

Mensagempor jfaustino » sexta, 18/mai/2007, 22:52

Olá a todos!

Tive um fischeri azul com o mesmo problema, e também não sei a causa, uma coisa é certa não tem a ver com a consanguinidade dos pais.

“Digo tive” porque a ave morreu na semana passada com três meses.
Notei logo de início que a ave não tinha as penas como os dois irmãos (verdes) e quando começaram a sair do ninho ele caia logo para o chão (crio em colónia) e não conseguia voar tinha que o colocar sempre no ninho, quando separei o irmão ele já comia sozinho, mantive-o no fundo do viveiro onde tinha uma caixa de ninho, comida e água ao seu alcance. Na semana passada deparei-me com a ave morta sem ter estado doente ou marcas de ter sido atacado por outras aves.
Era fruto de uma segunda ninhada de um casal de fischeris verde portadores de azul, é a primeira época que crio com eles, na primeira ninhada não teve qualquer problema, uma coisa que notei nos irmãos (verdes) da mesma postura foi que o laranja da face era bem mais pálido que o normal e um deles também morreu da mesma maneira sem qualquer sintoma de doença na fase em que andava a aprender a comer com os pais.

Cps

José Faustino
jfaustino
***
 
Mensagens: 104
Registado: sábado, 18/nov/2006, 20:36
Localização: Stª Iria de Azoia

Mensagempor NunoSantos » sexta, 18/mai/2007, 23:13

Obrigado a ambos,
É assim amanhã vou isolar os pais e as crias, o vender o casal acho que não seria ético, pois estaria a vender uma ave infectada com uma doença que poderia vir a infectar toda outra colónia de outro criador, assim como de seguro aconteceu comigo. Será que o amigo Pedro pode dar alguma informação de como surge esta doença, será que já adquiri o casal com a doença, existe a possibilidade de esta doença ser transmitida para os outros casais que tenho tanto em conjunto na mesma gaiola como nas gaiolas adjacentes. Onde posso fazer exame das aves e que tipo de exame seria?

Muito obrigado por tudo,
NunoSantos
****
 
Idade: 41
Mensagens: 357
Registado: terça, 24/Oct/2006, 21:45
Localização: Ourentã - Cantanhede

Mensagempor Pedro121 » sábado, 19/mai/2007, 01:34

“Será que o amigo Pedro pode dar alguma informação de como surge esta doença, será que já adquiri o casal com a doença, existe a possibilidade de esta doença ser transmitida para os outros casais que tenho tanto em conjunto na mesma gaiola como nas gaiolas adjacentes”

A doença é viral e é transmitida penso eu principalmente de pais para filhos, em espécies mais susceptíveis também entre adultos, no caso dos agapornis eles não são muito sensíveis, e provavelmente os adultos serão capazes de combater a doença por si mesmos, mas as crias não e como ao estarem mais infectadas libertam mais vírus acabam por contaminar mais aves


“Onde posso fazer exame das aves e que tipo de exame seria?”

Os laboratórios que fazem sexagem fazem muitas vezes este serviço de despistagem da PBFD especialmente os Americanos.
Pedro Ramalho
Pedro121
*****
 
Mensagens: 2752
Registado: terça, 17/Oct/2006, 09:46
Localização: Caldas da Rainha

Mensagempor NunoSantos » sábado, 19/mai/2007, 12:37

Uma vez mais obrigado Pedro a sua ajuda tem sido muito importante para mim pois tem-me permitido agir da forma mais correcta em relação a este caso. Esta manhã retirei o casal e as crias para outra zona afastada dos outros casais, vou também tentar contactar laboratórios portugueses para ver se algum faz este tipo de despistagem da doença, caso conheça algum laboratório em PT que faça este tipo de serviço agradecia que por favor me envia-se os contactos dos mesmos.
NunoSantos
****
 
Idade: 41
Mensagens: 357
Registado: terça, 24/Oct/2006, 21:45
Localização: Ourentã - Cantanhede


Voltar para Exclusivo: Agapornis

Quem está ligado:

Utilizadores a ver este Fórum: Nenhum utilizador registado e 5 visitantes