Fabio_21
***
Mensagens: 165
Registado: quarta, 02/mai/2012, 14:36
Contacto: Sítio web

Agapornis: como trabalhar uma mutação?

quinta, 25/out/2012, 20:36

Olá criadores,

Tive recentemente uma cria minha, do qual não estava à espera da mutação que saiu, e queria trabalha-la.

Até agora não sei o sexo da ave mas se calhar até saiu autosexada. Vou colocar aqui fotos para se alguém souber o sexo.

Imagem

Imagem

Imagem

Foto dos pais: Macho Aqua - Fêmea Pálida

Imagem

O meu objectivo, apesar de ser inexperiente, é conseguir tirar uma cria arlequim violeta ou turquesa e mais tarde transforma-la em portador de INO.

Será que é possível transformar este cria no que eu pretendo? Estava a pensar junta-la com um cremino-ino.

Espero que me possam ajudar.

Cumprimentos

Hugo Araújo
***
Mensagens: 167
Registado: quarta, 25/abr/2012, 23:54
Localização: Vila do Conde - Porto

Re: Como trabalhar uma mutação?

quinta, 25/out/2012, 20:56

Boas Fábio, Tudo bem?

Deixo aqui o motivo do porque que essa cria:
1.0 aqua(parblue) rec.pied x 0.1 pallid /aqua(parblue) rec.pied
% from all 1.0
25.0% 1.0 aqua(parblue) rec.pied /pallid
25.0% 1.0 aqua(parblue) /pallid rec.pied
25.0% 1.0 green rec.pied /aqua(parblue) pallid
25.0% 1.0 green /aqua(parblue) pallid rec.pied
% from all 0.1
25.0% 0.1 aqua(parblue) rec.pied
25.0% 0.1 aqua(parblue) /rec.pied
25.0% 0.1 green rec.pied /aqua(parblue)
25.0% 0.1 green /aqua(parblue) rec.pied


Ou seja a tua cria é um Aqua Alecrim recessivo, pode ser macho ou femea... Macho porta pallid

Se quiseres tirar um Aqua Turquesa Alecrim Recessivo na minha opinião podes fazer o seguinte:
Juntas esse com um AQUA TURQUESA (VOU TER CRIAS VE NO MEU SITE)..
Daqui vais tirar Aquas turquesas a portar alecrim recessivo... Essa cria juntas com outro Aqua A. Recessivo igual a esse e tens podes tirar entao AQUA TURQUESA ALECRIM RECESSIVO..

Cumps
Com os meus cumprimentos ...
_____________________________________________________________

Hugo Araújo - Stam 996M
Porto - Vila do Conde

Roseicollis Araújo https://www.facebook.com/avesaraujo

Hugo Araújo
***
Mensagens: 167
Registado: quarta, 25/abr/2012, 23:54
Localização: Vila do Conde - Porto

Re: Como trabalhar uma mutação?

quinta, 25/out/2012, 20:58

Já agora, referente à ave que pensas juntar a essa chama-se cremino apenas ou Aqua ino...

Cumps
Com os meus cumprimentos ...
_____________________________________________________________

Hugo Araújo - Stam 996M
Porto - Vila do Conde

Roseicollis Araújo https://www.facebook.com/avesaraujo

Avatar do Utilizador
AvilandiaPT
*****
Mensagens: 1002
Registado: domingo, 15/out/2006, 08:26
Localização: Benavente - PORTUGAL
Contacto: Sítio web

Re: Como trabalhar uma mutação?

quinta, 25/out/2012, 21:22

Olá,

A ave é um arlequim (não alecrim).
Basicamente essa é uma designação adoptada para "malhados" em aves com pigmentação do tipo dos psitacídeos.
Não sou de forma alguma perito em agapornis, mas de qualquer forma existem dois malhados nos roseicollis. O recessivo não é por norma o malhado "tipico". Essa ave parece mais um malhado dominante, mas eventualmente alguém poderá esclarecer isso melhor. Porque nesse caso um dos pais seria malhado...

Cumps.
Ricardo M.
ImagemImagemImagem

Hugo Araújo
***
Mensagens: 167
Registado: quarta, 25/abr/2012, 23:54
Localização: Vila do Conde - Porto

Re: Como trabalhar uma mutação?

quinta, 25/out/2012, 22:52

AvilandiaPT Escreveu:Olá,

A ave é um arlequim (não alecrim).
Basicamente essa é uma designação adoptada para "malhados" em aves com pigmentação do tipo dos psitacídeos.
Não sou de forma alguma perito em agapornis, mas de qualquer forma existem dois malhados nos roseicollis. O recessivo não é por norma o malhado "tipico". Essa ave parece mais um malhado dominante, mas eventualmente alguém poderá esclarecer isso melhor. Porque nesse caso um dos pais seria malhado...

Cumps.
Boas,

Eu sei, apenas escrevo ''alecrim'' por vicio...
E NÃO não é um Arlequim Dominante... E porque, pergunta... Porque não é uma mutação possivel de portação pelas aves... poderia ser alecrim dominante se o macho(pai) o fosse...

Mutações até percebo bem com apenas 6 meses de exp como criador de roseicollis!

Cumps
Com os meus cumprimentos ...
_____________________________________________________________

Hugo Araújo - Stam 996M
Porto - Vila do Conde

Roseicollis Araújo https://www.facebook.com/avesaraujo

c_faves
***
Mensagens: 108
Registado: sábado, 05/mar/2011, 18:00

Re: Como trabalhar uma mutação?

quinta, 25/out/2012, 22:58

arlequim recessivos?? nos roseicollis que eu saiba nao existe
joão Oliveira
stam 893l

Tiago Neves
Site Admin
Mensagens: 974
Registado: domingo, 04/nov/2007, 18:55
Localização: Castelo Branco

Re: Como trabalhar uma mutação?

sexta, 26/out/2012, 00:14

Boas,

A cria em questão é uma Arlequim Dominante, o padrão Arlequim que a ave apresenta é característico desta mutação.
Isto leva a que um dos pais seja um Arlequim mal marcado (pode ser apenas 1 ou 2 penas), e decerto será o Pálido pois esta mutação pode “disfarçar” o Arlequim.

Hugo Araújo
***
Mensagens: 167
Registado: quarta, 25/abr/2012, 23:54
Localização: Vila do Conde - Porto

Re: Como trabalhar uma mutação?

sexta, 26/out/2012, 13:29

c_faves Escreveu:arlequim recessivos?? nos roseicollis que eu saiba nao existe
Antes de mais, uma OLÁ fica sempre bem...

Em relação ao assunto que referiu, não diga asneira. Existe sim,e é a unica mutação do arlequim possível de um roseicollis portar.

Cumprimentos
Com os meus cumprimentos ...
_____________________________________________________________

Hugo Araújo - Stam 996M
Porto - Vila do Conde

Roseicollis Araújo https://www.facebook.com/avesaraujo

Hugo Araújo
***
Mensagens: 167
Registado: quarta, 25/abr/2012, 23:54
Localização: Vila do Conde - Porto

Re: Como trabalhar uma mutação?

sexta, 26/out/2012, 13:34

Tiago Neves Escreveu:Boas,

A cria em questão é uma Arlequim Dominante, o padrão Arlequim que a ave apresenta é característico desta mutação.
Isto leva a que um dos pais seja um Arlequim mal marcado (pode ser apenas 1 ou 2 penas), e decerto será o Pálido pois esta mutação pode “disfarçar” o Arlequim.
Boas Tiago,

Sim tens toda a razão no que dizes, é um Aqua ArlequimDominante... Os padrões correspondem a tal.
Por acaso tava n dúvida porque o casal não apresenta qualquer aparência de arlequim, e sendo só o recessivo possivel como portador pensei que fosse... mas ao referires os padrões só podia estar errado no que disse, e peço já desculpa ao Fábio pela má interpretação da mutação.

Cumprimentos
Com os meus cumprimentos ...
_____________________________________________________________

Hugo Araújo - Stam 996M
Porto - Vila do Conde

Roseicollis Araújo https://www.facebook.com/avesaraujo

Avatar do Utilizador
AvilandiaPT
*****
Mensagens: 1002
Registado: domingo, 15/out/2006, 08:26
Localização: Benavente - PORTUGAL
Contacto: Sítio web

Re: Agapornis: como trabalhar uma mutação?

sexta, 26/out/2012, 16:00

Olá,
E NÃO não é um Arlequim Dominante... E porque, pergunta... Porque não é uma mutação possivel de portação pelas aves...
Hugo, por acaso não perguntei porquê. Mas obrigado pelo teu esclarecimento, não me passava pela cabeça que só podia haver portadores de uma mutação recessiva... Estamos sempre a aprender com a "vasta" experiência uns dos outros!
poderia ser alecrim dominante se o macho(pai) o fosse...
Se o macho fosse "alecrim" secalhar cheirava bem, mas se fosse arlequim seria malhado.
Agora levando a coisa a sério... Na verdade, tanto faz ser macho ou fêmea o malhado visto que é autossómico.

Uma coisa é o que a ave em teoria deveria ser (seja ela ou os pais) outra o que é, e, neste caso, a marcação é de arlequim dominante, não arlequim recessivo (que basicamente é mais parecido com os pálidos)
Podia aqui arranjar n situações e variações de interacção teórica em que as coisas resultam bastante diferentes do que dizem as regras mas não vale a pena para o caso em questão.

Como o Tiago explicou os malhados podem ser muito variáveis. Mas como tenho pouca experiência é melhor não tentar explicar o que são penetrâncias variáveis, pleiomorfismos, interacções intergénicas que, normalmente estes tipos de factores implicam.
Mutações até percebo bem com apenas 6 meses de exp como criador de roseicollis!
Muito honestamente, não duvido que percebas... E todos nos enganamos.
Mas, secalhar, convém teres um pouco mais de atenção na "certeza" como expressas e partilhas essa experiência.

Cumps.
Ricardo M.
ImagemImagemImagem

shaheed
Mensagens: 48
Registado: segunda, 15/jun/2009, 19:30
Localização: Cascais

Re: Agapornis: como trabalhar uma mutação?

sexta, 26/out/2012, 19:46

E se isto fosse o facebook, metia um like!!! :D:D:D

Fabio_21
***
Mensagens: 165
Registado: quarta, 02/mai/2012, 14:36
Contacto: Sítio web

Re: Agapornis: como trabalhar uma mutação?

sexta, 26/out/2012, 23:25

Obrigado pelas resposta.

Se juntar um opalino turquesa também consigo chegar à mutação arleuim turquesa-ino?

Cumprimentos

Voltar para “Exclusivo: Agapornis”