Crias de periquito desaparecidas e sem rasto

Melopsittacus undulatus: Periquito australiano, Periquito inglês

Moderadores: pedro376h, borllock, vitor anastacio

Crias de periquito desaparecidas e sem rasto

Mensagempor Ruy81 » sexta, 29/fev/2008, 19:34

Boas pessoal.
Tenho um pequeno viveiro comunitário com cerca de 1.5X1.5m de área coberta com rede e com uma casinha de abrigo de 0.8x1.5m.

Neste viveiro tenho 1 casal de rolas comuns, 2 machos de rolas diamante, 2 casais de canários e mais 2 machos desencasalados, 1 casal de madarins (em incubação), 2 casais de periquitos ondulados, 1 casal de periquitos ingleses e 2 casais de caturras. Todos se dão bem e nunca assisti a qualquer briga ou desmembramento.

Mas um dos casais de periquitos estava a criar num dos "ninhos de periquitos" e tinha 6 crias, tendo a mais velha 14dias e a mais nova 3dias. Hoje quando fui inspecionar o ninho e com intenções de o limpar pela plrimeira vez não tinha qualquer cria no seu interior. Desaparerceram.

Ainda procurei vestigios de sangue nos bicos das outras aves mas nada, Também não encontrei os corpos no chão. Algo semelhante sucedeu-se há coisa de 4 dias com o ninho dos ingleses, mas como a inglesa estava a criar no "ninho das caturras" pensei que teriam sido as carurras que tinha reevindicado o ninho.

Este viveiro, apesar de ficar no campo, tem o chão em cimento e as paredes em tijolo e esta coberto com uma rede de malha quadrada de 0.8cm.

As minhas suspeitas recaem sobre cobra (mas como poderia ela passar uma rede malha tão fina, comer 6 crias e voltar a sair), rato do campo, ou então luta entre caturras e periquitos. Verifiquei ainda um pequeno buraco num tijolo, mas como poderia uma cobra passar por lá, subir uma parede ate altura de 1m, sair por uam pequena porta (postigo) que dá acesso á area exterior, subir mais 0.9m e entrar nos ninhos que estão pendurados a uma altura de 1.90m???....

Alguem me pode dar alguma ajuda/sugestão para que possa resolver este inigma terrivel?

Grato desde já!
Avatar do Utilizador
Ruy81
 
Mensagens: 27
Registado: quarta, 14/nov/2007, 02:09
Localização: Algarve

Re: Crias de periquito desaparecidas e sem rasto

Mensagempor sobras » sexta, 29/fev/2008, 20:16

Boas,
Olha na minha opinião, apesar de o viveiro ser no campo não acredito que tenha sido uma cobra nem pouco mais ou menos. Já viste se o ninho tem algum buraco?ve, quando vires da algumas noticias.


______
Um abraço
Sobras
sobras
***
 
Mensagens: 96
Registado: domingo, 24/fev/2008, 23:00

Mensagempor bushbush » sexta, 29/fev/2008, 21:00

Oi Rui!

Parece que o teu azar continua!
Olha, o meu cunhado tem as gaiolas dele assim num sitio parecido ao teu, e há uns meses apanhou uma cobrita em flagrante a apertar um roseicolli que acabou por o matar. Apesar dele a ter morto passado uns dias apareceram 2 personatas mortos e outra cobra lá andava. A rede é de malha pequena também. Não estou a dizer que no teu caso foram as cobras(como tens os ninhos altos), mas que é estranho, é!
E os ovos das outras aves?
Um abraço
João Mauricio


http://mauriciobirds.blogspot.com/
Avatar do Utilizador
bushbush
 
Mensagens: 8
Registado: terça, 13/mar/2007, 18:15

Mensagempor Ruy81 » sexta, 29/fev/2008, 21:54

Boas pessoal, desde já grato pela participação e ajuda!

O ninho não tem buracos, é um ninho novo, de periquito daqueles de pinho! Foi usado agora pela primeira vez!

Quanto aos ovos das outras aves, só o casal de mandarins é que está a incubar. Têm 6 ovinhos e estão todos escuros. Estou-me revendo neles, pois, por incrivel que pareça, nunca consegui criar mandarins, e como já se tornou numa questão de honrra, desta vez tudo estava a correr bem...mas já temo por eles!

Ha uns meses atrás tinha 2 casais de mandarins e um canário que tb desapareceram misteriosamente. Eu e o meu pai tapamos um um furo no tijolo onde não cabia um dedo polegar, o qual tinha eu feito com o berberquim para as águas das chuvas escoarem. Tapamo-lo com gesso e desde dai não houve maia azares, concluimos que seria uma pequena cobra. Agora dei por este buraco, mas só de a cobra for um 007, um Mc Caiver, ou então um membro do gang do Ocean Eleven é que ela conseguiria fazer este percurso todo...

Parece-me que o meu viveiro de sonho no campo, depois de 7 anos de construção, não está em maré de sorte...


Não teriam sido as caturras??? Estão sob suspeita!
E formigas? Hoje vi lá uma das grandes pretas, mas era só uma e não um carreiro!
Avatar do Utilizador
Ruy81
 
Mensagens: 27
Registado: quarta, 14/nov/2007, 02:09
Localização: Algarve

Mensagempor bushbush » sexta, 29/fev/2008, 22:24

Boas!

É uma questão complicada!
Não estou a ver as caturras a fazerem isso! As minhas quando morre algum filhote enterram-no sempre na serradura!
Um abraço
João Mauricio


http://mauriciobirds.blogspot.com/
Avatar do Utilizador
bushbush
 
Mensagens: 8
Registado: terça, 13/mar/2007, 18:15

Mensagempor sobras » sexta, 29/fev/2008, 22:33

Boas,
Eu também concordo, também acho que não foram as caturras. Não encontras vestigios de sangue no ninho ou no viveiro, por ai algures? Também pode ser um vírus qualquer que as tuas aves apanharam.


______
Um abraço
Sobras
sobras
***
 
Mensagens: 96
Registado: domingo, 24/fev/2008, 23:00

Mensagempor vitor anastacio » sexta, 29/fev/2008, 22:50

Boas na minha opinião e tenho os meus viveiros com rede fina e mesmo assim os ratos conseguem passar por ela e entrar dentro das caixas que estão a cerca de 2 m ja não e a primeira vez que os apanho la dentro onde ja cheguei a tirar um ninho de de ntro de uma caixa de piriquitos,por isso e aconselhavel veres se tem algum buraco no tijolo na rede ou nas unioes de rede ,junto ao telhado etc porque pode muinto bem ser ratos porque e incrivel como os ratos entram pelos buracos mais pequenos que pensamos serem impossiveis de entrar,podes tambem fazer uma coisa que e a melhor maneira de veres se e rato e com tudo as escuras ires so com uma lanterna e acenderes mesmo ao pe sem fazer barulho porque se eles sentirem alguma luz ou barulho saem sem serem vistos 8)
Vitor Anastacio criador de Psitacideos.
www.vitoranastacio1973.spaces.live.com
Avatar do Utilizador
vitor anastacio
Site Admin
 
Mensagens: 494
Registado: segunda, 16/Oct/2006, 19:42
Localização: setubal

Mensagempor Ruy81 » sábado, 01/mar/2008, 14:58

Boas!
É bem possivel que sejam ratos! E estou desconfiado que o buraco no tijolo, foram eles que abriram, pois o tijolo está num dos cantos, e em vez de ficar disposto com os próprios buracos para o interior da parede, ficou de modo a que os burracos formasssem um tunel. No chão na direcção do buraco, está tipo terra!

Penso que conseguimos apanhar os suspeitos. Ora no campo, ratos é coisa que faltam! Por mais cuidado que se tenham aquilo é um paraiso para eles. Um palheiro cheio de palha dos cavalos, os grãod de trigo e milho e farinhas das galinhas, patos e perus. Enfim, nem vale a opena continaur a decrever o paraiso dos roedores! E com tanta atracção não há como dar conta desta peste! É a malta a matar neles e eles a virem do mato para a "civilização"!

Hoje mesmo vou tapar o buraco. Só mesmo os ratos poderiam escalar a parede rugosa e chegar aos ninhos, pegar nas crias ainda vivas e leva-las para comer noutro lado. (mas para ser sincero, pesanva que só os ratos grandes (ratazanas ou lariões, lirancos no norte) é que atacavam as aves! Ainda por cima estão ingados!

Vamos a ver se ainda consigo safar os mandarins!

Abraço e obrigado!

Depois conto o desfecho!
Avatar do Utilizador
Ruy81
 
Mensagens: 27
Registado: quarta, 14/nov/2007, 02:09
Localização: Algarve

Mensagempor Pedro121 » sábado, 01/mar/2008, 21:00

Bem, ratos... não me parece, eu já vi ratos darem muitos problemas a muita gente, mas atacarem crias?? não sei não...

Cobras parece-me uma hipotese rasoavel, elas podem subir paredes rugosas (depende da especie) , em paises como a Australia e o sul dos USA ataques de cobras a crias e adultos são muito frequentes, e existem artigos dedicados a como blindar os viveiros das cobras
Pedro Ramalho
Pedro121
*****
 
Mensagens: 2752
Registado: terça, 17/Oct/2006, 09:46
Localização: Caldas da Rainha

Mensagempor lizard » domingo, 02/mar/2008, 01:06

Boas
Caro Rui, pela má experiencia que tive, se não há sangue a hipotese mais viável é ter sido cobra, o pior é que ela vai voltar. :(
No ano passado foi uma canária no choco e todos os ovos :cry: , felizmente da segunda vez apanhei-a. 8)
Não a matei, solteia num monte longe da civilização, era linda, de um verde brilhante com mais de um metro, e bem grosa. Consegui entrar numa gaiola de criação que infelizmente não tinha grade de fundo, o macho que estava separado pela grade porque comia os ovos, presenciou tudo e morreu com o susto. :cry:
Mas fica a experiencia... 8)
Como já deves ter percebido vivo no campo e ratos não faltam, resolvi o problema dando-lhes de comer, :twisted: , adequiri umas caixas onde ponho veneno, tem a vantagem que é necessário uma chave para as abrir, o que me deixa mais descansado quanto ao meu filho, embora este saiba o que lá esta e esteja prevenido para os perigos, mas nunca fiando, e assim o cachoro tambem não mete lá o nariz.

Espero ter ajudado

Cumprimentos

Adalberto Ferreira
lizard
***
 
Mensagens: 234
Registado: segunda, 10/dez/2007, 21:59
Localização: Vila Real - Santo Tirso

Mensagempor Ruy81 » segunda, 03/mar/2008, 16:28

Boas pessoal!

Descobri por onde o "comedor de crias" entrava. Consegui arrombar o buraco por onde entrava antigamente, mesmo este estando tapado com gesso e compedras em cima. Consegui perfurar o gesso e arradas umas das pedrinhas. Formou um tunel que pelo diametro do buraco, aproximadamente 3cm, tanto pode ser uma cobra como rato. Notava-se perfeitamente que estava muito utilizado. Já o tapei com cimento fortissimo, espero ter descoberto a entrada e não voltar a ter problemas.

Abraços

Já agora, se possivel e para o bem que todos os membros possam ver, gostava que colocassem aqui paginas onde ensinam a construir viveiros a prova de cobras e roedores. Desde já grato
Avatar do Utilizador
Ruy81
 
Mensagens: 27
Registado: quarta, 14/nov/2007, 02:09
Localização: Algarve

Mensagempor sportcv » segunda, 03/mar/2008, 16:53

Ola amigos,

pela minha experiência, desconfio que tenham sido ratos, a cobras... estas ainda estão em hibernação nesta altura do ano, por causa do frio...
de qlqr das formas os ratos, deixam sempre a sua assinatura por onde passam, pelo que é muito simples, saber se há ratos ou não...

e por falar em ratos, já os vi a apanharam codornizes e a levá.las p/os tuneis...

da minha experiência p/ "acabar com a raça", posso partilhar que a melhor forma é nas gaiolas / capoerias de campo, cimentar o chão, colocar tijolo e rede em ferro...

ainda assim, porque eles trepam as redes e as nossas capoeiras não são nenhuma obra de engenharia (a minha não o é...), há sempre um buraco p/eles descobrirem por onde entrar, e eles descobrem... por isso hà volta da gaiola colocar umas chapas lisas de plástico, tipo acrilico, o que impede que eles trepem as redes...

depois, recorrer às armadilhas, tipo caixa c/isco (veneno) ou outras mais "simpáticas" que apenas os capturam, sem os matar...

eu uso tudo isto, com algum sucesso, não os irradiquei completamente, mas reduzi substancialmente a sua presença...
Avatar do Utilizador
sportcv
 
Mensagens: 47
Registado: sexta, 12/jan/2007, 13:50

Mensagempor Ruy81 » quarta, 05/mar/2008, 01:02

Boas, o tunel por onde os artista passavam estava bem "suvado"! Parecia que passavam por lá a todo o momento e com muita frequencia!
Quanto às assinaturas, eu bem procurei por elas, debtro dos ninhos e no chão do vivieiro, mas nem uam para amostra! Uma coisa é certa, a quantidade de comida que eu coloco nos comedoros parece dar para mais dias, isto desde que tapei o tunel do desassossego...

Abraço
Avatar do Utilizador
Ruy81
 
Mensagens: 27
Registado: quarta, 14/nov/2007, 02:09
Localização: Algarve


Voltar para Exclusivo: Periquito Ondulado

Quem está ligado:

Utilizadores a ver este Fórum: Nenhum utilizador registado e 2 visitantes