Avatar do Utilizador
PedroVieira
***
Mensagens: 132
Registado: domingo, 01/mai/2011, 20:20
Localização: VILA DE GAEIRAS - Óbidos
Contacto: Sítio web

Re: Casal de Periquitos - será estéril?

domingo, 30/set/2012, 15:47

Na minha opinião deve dar uns 2 meses de descanso à femea alimenta-la bem, com variedade de alimentos: mistura p periquito, cenoura, maçã, nabo, etc e depois voltar à carga com o mesmo casal... se não resultar experimente juntar outro macho à femea...
Cumprimentos,

Pedro Vieira.
STAM: DO91

Imagem
http://avesdovieira.blogspot.pt/

Gabriel.Silva
***
Mensagens: 146
Registado: segunda, 25/jun/2012, 13:35
Contacto: Sítio web

Re: Casal de Periquitos - será estéril?

domingo, 30/set/2012, 22:33

Já separei este casal. Agora juntei numa outra gaiola esta fêmea e um novo macho, mas como o macho ainda é novinho nao têm ninho e estou a dar-lhes uma alimentação reforçada. E acho que já sei o que pode estar na origem deste problema. Alguém me sabe dizer se as crias de um cruzamento entre um periquito australiano e um ingles são estéreis?

Cumprimentos, Gabriel Silva

Avatar do Utilizador
PedroVieira
***
Mensagens: 132
Registado: domingo, 01/mai/2011, 20:20
Localização: VILA DE GAEIRAS - Óbidos
Contacto: Sítio web

Re: Casal de Periquitos - será estéril?

segunda, 01/out/2012, 00:49

Nunca ouvi relatos disso.
Cumprimentos,

Pedro Vieira.
STAM: DO91

Imagem
http://avesdovieira.blogspot.pt/

Avatar do Utilizador
lciriaco
****
Mensagens: 305
Registado: terça, 22/jun/2010, 21:32
Localização: Elvas

Re: Casal de Periquitos - será estéril?

segunda, 01/out/2012, 13:01

Boas,

As crias provenientes de um cuzamento entre ingles e australino são férteis uma vez que a espécie é a mesma. A diferença é que os ingleses são maiores (entre outras coias mais) devido a selecção humana durante vários anos.

Cumprimentos,

Luís Ciríaco

Gabriel.Silva
***
Mensagens: 146
Registado: segunda, 25/jun/2012, 13:35
Contacto: Sítio web

Re: Casal de Periquitos - será estéril?

segunda, 01/out/2012, 19:17

Boas,

Obrigado pelas respostas. Pensei que pudesse ser essa a causa, pois o meu macho tem um porte demasiado grande para um australiano mas também não chega a ser porte de inglês, e como não sabia se as crias entre estas duas subespecies (acho que posso chama-las assim) eram férteis ou não, pensei que poderia vir dai o problema... De qualquer modo irei descobrir de onde vem o problema, pois já comprei outro casal e cruzei-os, assim poderei ver se o problema era do macho, da femea ou mesmo por incompatibilidade...

Muito Obrigado pelas respostas,

Cumprimentos Gabriel Silva

Voltar para “Exclusivo: Periquito Ondulado”