Periquitos - dúvidas com a criação

Melopsittacus undulatus: Periquito australiano, Periquito inglês

Moderadores: pedro376h, borllock, vitor anastacio

Periquitos - dúvidas com a criação

Mensagempor William282 » segunda, 07/jan/2013, 22:26

Boa noite. Ultimamente tenho pensado bastante na taxa de sucesso da reprodução dos meus periquitos e como melhorá-la. A taxa de mortalidade nos primeiros dias de vida aqui em casa é enorme, geralmente a última cria a nascer morre sempre e numa ninhada no máximo de 3 crias (o que acho pouco para a fêmea não conseguir cuidar de todos..).
No fim da primavera do ano passado uma única ninhada de ingleses e dos 4 ovos nenhum nasceu (1 cheirava mal – abri todos após 25 dias a serem chocados), dei o resto do ano todo até dezembro, experimentei acasalar o macho com uma australiana e a fêmea com um inglês que tinha comprado no verão. O macho coloquei-o com uma australiana e teve sucesso, a fêmea está neste momento com 2 ovos no ninho: postos a dia 3 e 5 de janeiro – vi-os a acasalarem várias vezes – e nem sei bem o que esperar. A verdade é que tenho receios de ver se os ovos estao galados com medo de os partir. E se nascerem como faço com a última cria? Estava a pensar – com a ajuda de familiares – criar à mão todos os que nascerem para garantir 100 % sucesso nesta ninhada – visto que estou de férias na altura do nascimento das criar (final de janeiro).
Sei que preciso mudar os poleiros para ripas de madeira para se agarrarem melhor no acto propriamente dito.
Afinal como lidar com estas coisas?
Obrigado.
William282
***
 
Mensagens: 75
Registado: segunda, 02/abr/2012, 22:46

Re: Criação

Mensagempor Pedro Coelho » segunda, 07/jan/2013, 22:36

eu tenho bastante sucesso com os meus periquitos... a minha periquita desde a primavera já teve 2 ninhadas ( 1ª- 6 ovos, 6 crias, 2ª-5 ovos 5 crias, e nenhumas mortes, e tinha sido a primeira vez a criar!) e no fim do ano ia para a terceira mas eu tirei-lhe os ovos (ja eram periquitos demais em pouco tempo) enfim deve variar de ave para ave tanto do macho como da femea se cuidam bem dos ovos e crias, ou entao pode ser alguma doença também é provavel que seja
Pedro Coelho
***
 
Mensagens: 139
Registado: quinta, 03/jan/2013, 21:13
Localização: Grândola

Re: Periquitos - dúvidas com a criação

Mensagempor Frederico » terça, 22/jan/2013, 18:44

Boas.
Uma coisa muito importante e a limpeza do ninho, pois a casca dos ovos permite os micróbios passarem para a cria dentro do ovo. Eu por exemplo tive uma femea que das suas duas posturas teve 5 e 6 crias e todas sobreviveram. Tive outra recentemente que pus apenas 3 anos e nao os sabia chocar, aparecia com eles esmagados colados ao peito. Nos meus canários tinha ovos falsos e retirava os primeiros ovos para as crias nascerem todas ao mesmo tempo e a femea nao matar a ultima ou esta morrer por ser esmagada pelos irmaos ou receber menos alimento. No caso dos periquitos sao uma especie que procria bem apesar dos ingleses ser um pouco mais dificil que os australianos. Normalmente os casais jovens tendem a ter uma taxa de sucesso inferior, noutros casos e problema de um dos exemplares ou ate mesmo factores externos por exemplo o clima. Resumindo o sucesso das posturas varia consoante estes e outros factores ainda.
Nao sei se disse alguma coisa util... Desejo-lhe bons resultados nas posturas seguintes :)
Visita-me no Facebook em: https://www.facebook.com/Roseicores
Imagem
Avatar do Utilizador
Frederico
*****
 
Idade: 28
Mensagens: 1027
Registado: segunda, 21/jan/2013, 23:48
Localização: São Miguel - Açores


Voltar para Exclusivo: Periquito Ondulado

Quem está ligado:

Utilizadores a ver este Fórum: Nenhum utilizador registado e 2 visitantes

cron