Diamante Gould - Criação Direta - Factos ou Mitos?

Mandarins, Bengalins, Degolados, Diamante Gould, Pardais de Java, Amadinas, Bicos-de-chumbo, etc.

Moderadores: pedro376h, borllock

Diamante Gould - Criação Direta - Factos ou Mitos?

Mensagempor ruben10PT » segunda, 23/jan/2017, 18:46

Viva,

De todas as opiniões que li e recolhi na altura, toda gente alegava que uma das principais diferenças entre criar direto e com amas, estava no facto de as aves sairem maiores e fazerem uma muda muito melhor e mais rápida.

Devido a criar Goulds há relativamente pouco tempo, nunca consegui comprovar no pleno estes factos, até porque devido a alguma falta de espaço tento sempre escoar as aves ainda juvenis que 'não me interessam' sem iniciarem muda praticamente.

Independentemente destes factos ou não, tento sempre que as minhas aves criem direto, tenho só 2 casais de bengalins de backup.

Mas este ano em que fiquei com mais aves para futura selecção pós-muda, estou a comprovar exatamente o contrario.

Tenho na mesma voadeira 9 goulds criados diretos nascidos entre 13 e 16 de Setembro, e tenho 4 criados nos bengalins nascidos a 29/30 de Setembro. Acontece então que, os 4 passarinhos criados nos bengalins e nascidos duas semanas mais tarde, já estão quase a meia muda, enquanto os diretos ainda só mudaram meia dúzia de penas.. Além disso também não vejo diferenças significativas no tamanho e a ver penderia também para os criados nas amas pois os bengalins devoram a papa que é onde estão os suplementos e probiticos já os goulds pouco cartão lhe passam.

Estaremos então na presença de informação mal obtida da minha parte? Um mito? Ou uma simples exceção à regra?

Cumprimentos
ruben10PT
*****
 
Idade: 27
Mensagens: 893
Registado: sábado, 28/fev/2015, 21:59
Localização: Porto

Re: Diamante Gould - Criação Direta - Factos ou Mitos?

Mensagempor AvilandiaPT » terça, 24/jan/2017, 11:52

Olá,

Retirar conclusões sobre estas coisas é algo complexo para conseguirmos ter dados significativos. E ainda mais complicado se torna com amostras pequenas. No fundo não há muito mais do que a percepção de cada um das coisas.
O problema é simples de explicar. Considera dois casais, um directo, outro de amas. As amas criam "bem" e o casal directo cria mas cria "mal". Como é que vais comparar o desenvolvimento? E agora pensa na situação inversa, um casal que cria bem directo e um casal de amas que cria mas criam "mal"... Como ficamos?
Outro aspecto importante quere referes e faz diferença é o tipo de alimentação de uns e outros.
Obviamente não se pode comparar o resultado quando umas crias foram alimentadas com sementes secas e água e as outras com n coisas adicionais. Nesse caso até te colocava a questão, dizes que até nem vês grande diferença entre uns e outros. Sendo assim, não seria de supor que os que foram criados com os pais, que não tiveram a "ajuda" extra das papas e suplementos até nem se saíram muito mal em comparação?

A velocidade da muda dos Goulds é muito variável mesmo entre aves nascidas na mesma altura e apesar de haver alguma sincronização não é fácil. Podes ter aves criadas da mesma forma que fazem mudas com 3 meses e outras que só entram em muda com quase um ano.

Cumps.
Avatar do Utilizador
AvilandiaPT
*****
 
Mensagens: 995
Registado: domingo, 15/Oct/2006, 08:26
Localização: Benavente - PORTUGAL

Re: Diamante Gould - Criação Direta - Factos ou Mitos?

Mensagempor ruben10PT » terça, 24/jan/2017, 21:08

Viva,

Considera dois casais, um directo, outro de amas. As amas criam "bem" e o casal directo cria mas cria "mal". Como é que vais comparar o desenvolvimento? E agora pensa na situação inversa, um casal que cria bem directo e um casal de amas que cria mas criam "mal"... Como ficamos?


Sim claro, compreendo perfeitamente o raciocínio e sei que é difícil ter uma noção exata, mas no caso concreto e medido obviamente a 'olhometro' diria que, quer as amas que os goulds criam 'bem', sempre que monitorizava os ninhos, vi as crias com o papo cheio a desenvolver bem, todas as crias nascidas vingadas, mas lá esta é sempre relativo.

Sendo assim, não seria de supor que os que foram criados com os pais, que não tiveram a "ajuda" extra das papas e suplementos até nem se saíram muito mal em comparação?


Sim tem lógica também, mas não diria que são exclusivamente criados com sementes e água, mas por exemplo ao passo que os bengalins comem uma 'medida' de papa com germinado diariamente, os gouls comem metade desta medida, por vezes até comem só o germinado e ignoram a papa, desta geralmente só comem o níger e alguns gammarus. A nível de suplmentos só uso breedmax.

Contudo já fiquei mais esclarecido quando à veridicidade das informações e as variantes inerentes.
Obrigado Ricardo ;)

Cumprimentos
ruben10PT
*****
 
Idade: 27
Mensagens: 893
Registado: sábado, 28/fev/2015, 21:59
Localização: Porto

Re: Diamante Gould - Criação Direta - Factos ou Mitos?

Mensagempor AvilandiaPT » quarta, 25/jan/2017, 10:17

Olá,

Eu diria que é claramente "mais fácil" ter bons resultados com amas do que com os pais. Mas diria também que, quando os resultados com os pais são bons, são melhores do que com amas.
E o principal motivo é eliminar do processo de selecção a incerteza do factor "amas" que sempre me fez um bocado confusão quando se quer levar a coisa mais a sério.
Sei que há quem não concorde e tenha os seus motivos. Respeito isso, mas na minha opinião e experiência continuo a achar que o uso de amas é um "recurso" e não um "sistema" e que não traz vantagens. Isto mesmo falando de espécies bem mais exigentes que os Goulds.

E, já agora, dispenso o comentário do "epá mas o campeão X faz assim e assado" como argumento.

Em termos da tua comparação, acho que fazes muito bem em observar estas coisas e tirar as tuas conclusões em vez do "diz que disse".

O que vejo cada vez mais é uma tendência para o saber tudo e arranjar (ou inventar) n segredos. A maioria sem fundamento nenhum, alguns com algum fundamento e poucos com razão de ser. Agora digam lá se não era giro e útil os "criadores" e os Criadores juntarem-se para reunir dados e falar a sério sobre estas coisas?

Cumps.
Avatar do Utilizador
AvilandiaPT
*****
 
Mensagens: 995
Registado: domingo, 15/Oct/2006, 08:26
Localização: Benavente - PORTUGAL

Re: Diamante Gould - Criação Direta - Factos ou Mitos?

Mensagempor Cipriano Ramos » quarta, 25/jan/2017, 15:47

Boa tarde
Sou criador de canários raça Espanhola e Fiorinos, tenho por graça um casal de Golds ainda muito novos a fêmea tem anilha de 2016, pôs 6 ovos nasceram 4 filhotes e estão a ser muito bem criados não posso comparar pois estão a criar directo, sempre de papo cheio e a cresceram a bom ritmo.
Cumprimentos
cumprimentos
Cipriano Ramos
Cipriano Ramos
 
Mensagens: 3
Registado: quinta, 26/mar/2015, 01:48

Re: Diamante Gould - Criação Direta - Factos ou Mitos?

Mensagempor ashwinder » sábado, 25/mar/2017, 11:38

Boas
Acho poucos casais para tirar conclusões, mas se fosse por exemplo 20 casais de cada e meter por exemplo 2 ovos dos mesmos pais em cada casal (amas, e goulds) , acredito que fosse possível tirar conclusões .
Nunca tirei goulds directos, e o castigo que tive foi as fêmeas morrerem já em viveiro de descanso. Metiam pargas de ovos e aproveitei, fiquei com imensas aves mas fiquei sem os casais.
Neste momento não estou a reproduzir, mas assim que voltar a fazer casais vou optar por directo, tem mais piada
ashwinder
*****
 
Mensagens: 693
Registado: domingo, 23/nov/2014, 15:30


Voltar para Exóticos

Quem está ligado:

Utilizadores a ver este Fórum: Nenhum utilizador registado e 2 visitantes