Canários de porte - GLOSTER

Frizados, lisos e com poupa, de forma, de desenho, ...

Moderadores: Armando Moreira, PaulojpFernandes

Canários de porte - GLOSTER

Mensagempor xmcunha » sábado, 01/set/2007, 01:30

Viva a todos
Pretendo iniciar, e iniciar com pé direito neste tipo de canário que me encantou.
Gostava que pudessem ajudar no seguinte:
Preciso contactar com criadores da zona Grande Porto.
Bem como, me indiciar a qtd que devo iniciar, tonalidades: se um verde porquanto fêmea e consorte, algum variegado, algum azul...
A minha ideia é ter 2 machos e 3 fêmeas...pelo que, o cruzamento terá de ser possivel .
Sei que há gene mortal que se gera em aves ausentes de melanina, tipo branco com branco, pois condiciona uma morte possivel nas crias.
Acho que entendi, que de cariotipo canela, parece ser uma ponto possivel para cruzamentos, sem perder muito da forma e pena.Corrijam-me se estou errado, e vossas opiniões.
Muito grato a todos
Francisco Cunha
xmcunha
 
Mensagens: 5
Registado: sexta, 31/ago/2007, 18:13
Localização: Matosinhos

Gloster

Mensagempor PaulojpFernandes » sábado, 01/set/2007, 01:53

8) Olá a todos,

amigo Cunha,

penso que a melhor maneira para conhecer criadores é visitar as exposições e aí á sua volta tem muitas. (Porto, Gondomar, Matosinhos - Ibérico, Internacional, o Nacional, etc.)

Se quizer pode dar uma vista de olhos pelo site da Federação para ver as datas das exposições http://www.fonp.pt/Fonp/HOME.htm

Sobre os casaias e como deve fazer veja aqui http://forum.avespt.com/ ,
não me leve a mal mas mesmo á pouco tempo foi aqui discutido no Forum.

Para formar os casais é importante ter sempre a cor verde presente, depois é "jogar" com as outras cores...

Saudações
Paulo Jorge
STAM`s REGIONAIS
(FOP) (FONP)
AD70... 855J
______________
Imagem
Avatar do Utilizador
PaulojpFernandes
Site Admin
 
Mensagens: 651
Registado: sábado, 16/dez/2006, 02:07
Localização: Atg. Baleia - PENICHE

Gloster

Mensagempor xmcunha » sábado, 01/set/2007, 14:08

Viva
Obrigado.
Acredite que compilei para cima de 68 páginas completamente diversa, sobre o gloster quer em Português, inglés, castelhano...num ficheiro de word.
Foruns já os corri, imensos.Acreito que até esteja "poluido" com tanta informação...e no entanto há contradições em infos. sobre mesmas temáticas.
Neste forum li tudo sim, penso que o mais bem abordado se relaciona com os canela.
Eu neste momento, tenho já adquiridas 2 fêmeas consorte.Uma completamente amarelita mas com nuances brancas( li que amarelo total é impossível...há sempre algo no meio...), e outra igualemente amarela com sombrancelhas verdes...Claro está, que tenho que encontrar um macho ideal para estas 2 meninas.
Das infos. que tenho, se entendi bem, penso que deveria ser um macho corona verde, ao caso de pequeno tamanho pois as fêmeas bem redondinhas , mas tem um corpo ligeiramente acima dos 11,5 cms...e verde para manter um forte laço genetico algo "apagado" nestas femeas, estou correcto ?
Acha possivel outra cor que de macho para as mesmas ? ipo um vaiegado de tons amarelos , ou polpa verde e fundo branco ?
tenho duvidas sobre questões de carecteres dominantes e respectiva descendencia...se entendi bem: corona versus consorte gera teoricos 50% de ambos....mas, qual é a ligação ao sexo ? Se o macho for corona, vao ter machos coronoas ou femeas ?
Desculpe a ignorancia, mas quem o que perguntar e mostrar a sua ignorancia tem possibilidades de apreender, é o que eu tento fazer em tudo na vida.
Cumps e obg.
Francisco Cunha
xmcunha
 
Mensagens: 5
Registado: sexta, 31/ago/2007, 18:13
Localização: Matosinhos

Contactos

Mensagempor xmcunha » sábado, 01/set/2007, 14:18

Neste momento não vaõ decorrer esposições de glosters.A única, só para meados de set/outubro e mais proxima será na Povoa de VARZIM.
Já passeia a pente fino, as informaçoes de "vende-se" e de "criadores" na minha zona, quer neste site quer noutro.Aindo só tive umas respostas, e criadores gloster não abundam.Inclusive Patrik já contactei sendo de paços de ferreira e dos dirigentes do Gloster clube Portugal.
As ofertas nesta altura não abundam, alguns que responderam já nada tem ou estão escolhidos para exposição..eu gostava de entrar com o pé direito, pois não é meu tom estragar raças e fazer salgalhadas.
Pessoalmente, crio Pardais de Java isabel, e somente nessa coloração, vou por apuramento não por massificação...dai desejar entrar com pé direito por opção.
Conseguir para já estás duas fêmeas , de coloração diversa ao verde, em melaninas diluida - amarelo , e com boa forma mas algo compridas...parece que tenho que por as mãos ao cêu tal é a dificuldade!
Cumps.
xmcunha
 
Mensagens: 5
Registado: sexta, 31/ago/2007, 18:13
Localização: Matosinhos

Gloster

Mensagempor PaulojpFernandes » sábado, 01/set/2007, 15:44

8) Olá a todos,

amigo Cunha,

aí na sua zona tem vários e bons criadores com prémios já tirádos em anteriores campeonatos, nomeadamente:
-Mário P P Castro - Clube de Gondomar
-Fernando C C Maria- Clube de Matosinhos
-António C Morais- Clube de Freamunde
existem mais como é obvio e de outros locais do país...

Amigo Cunha as suas fêmeas "amarelas" não são melanina diluida, são lipocrómicas, as aves de melanina diluida são os castanhos e os ágatas...

O ideal será arranjar um macho verde ou variegado, agora tem também de ver a qualidade da plumagem das suas fêmeas (se são intensas ou nevadas) porque o ideal é acasalar um intenso ou semi-intenso com nevado, porque se acasalar dois nevados começa a estragar a plumagem, o tamanho e a ter problemas com "quistos"...

corona versus consorte gera teoricos 50% de ambos - Na teoria sim...

qual é a ligação ao sexo ? Se o macho for corona, vao ter machos coronoas ou femeas ? - Não, o factor poupa não é um factor ligado ao sexo...o canela é mas ou poupa não...portanto tanto faz formar casais com os machos corona ou com os machos consort que o resultado em termos de transmição genética aos filhotes com poupa sobre a identidade do sexo, será o mesmo...

Já reparei que o amigo gosta de ir pela qualidade e não pela quantidade, ora a época das criações vai longe e vem aí as exposições e muitos criadores não se desfazem dos passarinhos antes de irem brincar um pouco nos concursos/exposições, por isso não está tarde antes pelo contrario, depois pode muito bem "arranjar" passarinhos de muito melhor qualidade e aproveitar para falar com os criadores sobre as suas duvidas naturais de quem se está a iniciar numa determinada raça (não é que eu não queira ajudar, mas a converçar ao vivo e a cores com as pessoas e olhos nos olhos é que a gente se entende, não sei se me fiz entender ?? ) isto embora eu saiba que muita boa gente esconde o jogo todo na gaveta...

E depois não existe ninguem que saiba tudo (já existiu mas já morreu) logo todos nós estamos sempre a aprender e em constante evolução e para finalizar vai aqui um texto que o Armando colocou á uns tempos sobre umas palavras proferidas por um senhor Belga muito experiente na criação de passarinhos e que eu gostei muito:
"Criar pássaros requer paciência, entre ajuda, saber escutar, todos os dias. Por vezes escutar uma asneira dum principiante pode levar-nos a uma bela descoberta. O verdadeiro criador amador partilha a sua experiência com os outros. esconder segredos no fundo da gaveta leva-nos ao declínio."


Saudações
Paulo Jorge
STAM`s REGIONAIS
(FOP) (FONP)
AD70... 855J
______________
Imagem
Avatar do Utilizador
PaulojpFernandes
Site Admin
 
Mensagens: 651
Registado: sábado, 16/dez/2006, 02:07
Localização: Atg. Baleia - PENICHE

Gloster

Mensagempor xmcunha » sábado, 01/set/2007, 16:18

Muito obrigado

Do pouco conhecimento "fisico" que tive com canários, que é parco demais..., em canários vermelhos que tive 2 por gosto unicamente...faz muito tempo..soube ver o que era nevado do intenso..pois o vermelho nevado é "vaporado" como que com pelicolas deslavadas que confere ao todo um tom muito suave de vermelho...ao contrário do intenso.
Agora, dizer se as minhas meninas são intensas em amarelo..francamente...uma delas , não pelo todo...tem misturas de branco mesmo com amarelo...como se o amarele desfalecesse...mas não é aquela névoa geral deslavada...que percebi e entendi ser "nevado" aos canários vermelhos...a outra sim, tem uma uniformidade de um amarelo ( que não é um amarelo muito vivo...)...eis uma boa pergunta: serão nevadas ou intensas na côr..pois...nada como falar ao vivo, pois, uma coisa é teoria inteligivel mas sem cordenação e contraste com outras aves e olhar de conhecedor...é só teoria.
Posso tirar uma foto, agora, como a colocar aqui...é outra questão!!
Mas diz-me, que um verde macho corona sim, ou corona variegado de amarelo...correcto ? Já os de fundo branco e coroa verde e /ou variegados de branco , é que nem pensar...certo ? E se for uma macho corona canela? ( que imagino dificil de encontrar..já os normais o são quanto mais..!!)
Mais uma vez obg., e sim, vou pela qualidade...são anos de passarinhos e gosto e zelo...
Cumps.
xmcunha
 
Mensagens: 5
Registado: sexta, 31/ago/2007, 18:13
Localização: Matosinhos

Gloster

Mensagempor PaulojpFernandes » sábado, 01/set/2007, 16:40

8) Olá a todos,

amigo Cunha,

como colocar imagens http://forum.avespt.com/viewtopic.php?t=134

Saudações
Paulo Jorge
STAM`s REGIONAIS
(FOP) (FONP)
AD70... 855J
______________
Imagem
Avatar do Utilizador
PaulojpFernandes
Site Admin
 
Mensagens: 651
Registado: sábado, 16/dez/2006, 02:07
Localização: Atg. Baleia - PENICHE

Re: Gloster

Mensagempor Bruno cardoso » terça, 04/set/2007, 01:31

porque o ideal é acasalar um intenso ou semi-intenso com nevado, porque se acasalar dois nevados começa a estragar a plumagem, o tamanho e a ter problemas com "quistos"...


OLá Paulo e " Cunha"


Discordo.Da maneira como abordou a questão, dá a entender que, no caso dos glosters, os acasalmentos ideais serão intenso/ nevado. ou semi intenso / nevado.
Basta que contablizemos a quantidade de acasalamentos nevado/ nevado que um criador faz no seu plantel, para verificarmos que não é assim. Eu não tenho problemas de quistos e como eu outros colegas e no entando usamos nevado/ nevado, em praticamente todos os acasalamentos. Tenho intensos, mas em percentagem reduzida. Se queremos obter glosters excelentes, os cruzamentos nevados/ nevados são fundamentais e os mais decisivos. E quanto antes nos ambientar-mos a saber faze los e a verificar a qualidade dos nevados, tanto melhor. Se as aves que o forista "Cunha", adquirir forem provenientes de criadores que façam as coisas correctamente, ele não terá qualquer problema. So mesmo no caso de um excesso enorme de nevadismo é que recomendaria o uso de um intenso a quem esta a começar. Mas obviamente que sem ver os passaros não dá para o aconselhar.

O cruzamento entre dois glosters excessivamente nevados, deve ser evitado, pelos muitos problemas que daí derivamm e que o Paulo referiu. Pessoalmente é assim que colocaria a questão.

O meu conselho para o "Cunha" é que procure adquirir passaros que goste e que sejam provenientes de alguem que lhe "inspire" confiança e que tenham passaros com provas dadas ou entao alguem que tenha passaros provenientes de alguem com essa mesma garantia. Procure saber qual a origem dos passaros do criador em questão. E evite adquirir passaros de varias origens, senão corre o risco de que nao sejam compativeis. BAsicamente não vá feito em cantigas, compre os q gostar e a quem lhe inspirar confiança. Um criador pode ter excelentes passaros e vender lhe "lixo" e um criador mediano, com passaros inferiores, podera arranjar lhe passaros interessantes...ISto é tudo mt relativo, daí sugerir que procuro alguem que lhe inspire confiança.

cumprimentos
Bruno cardoso
***
 
Mensagens: 115
Registado: sexta, 23/fev/2007, 01:11

Gloster

Mensagempor xmcunha » terça, 04/set/2007, 11:07

Viva
Obrigado pela resposta.

A fêmea que tenho é exactamente esta :
http://canarilvilar.tripod.com/imagelib ... et=tlx_new
E uma outra amarelita consorte, que nem a mascara tem!!è de um amarelo a todo lado..sempre com nuances brancas tal como na foto

Agora tenho uma fêmea e um macho corona, tal como :
http://canarilvilar.tripod.com/imagelib ... et=tlx_new

Tenho um macho corona verde, uma fêmea corona agata
E sim, de criador, todos com boa forma, e boa "roupa"!Lindos!
Sendo que, a femea corona de capucho verde e corpo amarelo, tem uma defeciencia na pata ( acredito que rompeui os tendões..) e foi-me oferecida...mas eu gosto da bichinha, mesmo que não crie não me importa.
O que denoto, é que tenho que adquirir macho consorte...para as fêmeas corona...
Cumps.
xmcunha
 
Mensagens: 5
Registado: sexta, 31/ago/2007, 18:13
Localização: Matosinhos


Voltar para Canários de Porte

Quem está ligado:

Utilizadores a ver este Fórum: Nenhum utilizador registado e 2 visitantes

cron