Página 1 de 1

Patos bravos - ovos férteis [dúvidas]

Enviado: sexta, 17/mai/2013, 17:24
por joaquimazevedo
Boas! Tenho duas patas bravas mas na primeira como o macho desapareceu no inicio da postura nao nasceram nenhuns patos. Agora, comprei um pato bravo, no sabado, e uma delas começou a pôr domingo. como achei que seria como cedo para ela a galar, parti o ovo de segunda feira para confirmar se estava ou não galado. Acontece que até hoje vim sempre partindo e nunca encontrei o "galamento". Alguem me pode dizer o que é necessário encontrar num ovo aberto para saber se ele tá galado? nao quero deixá-la chocar sem ter a certeza que nenhum ovo tá galado. Outra pergunta é: basta o pato galar uma vez que serve para toda a postura ou ele tem durante a postura de ir galando? Obrigado

Re: patos bravos-ovos ferteis

Enviado: sexta, 17/mai/2013, 18:38
por tiagoandre17
eu tenho um casal e ela nao choca os ovos nao sei porque

Re: Patos bravos - ovos férteis [dúvidas]

Enviado: segunda, 26/ago/2013, 16:30
por Pedro
Boa tarde Joaquim Azevedo,

Bem, já se passou muito tempo mas vou responder o melhor que sei na mesma.
Acerca de ver o "galamento", quando falamos de espermatozoides e óvulos estes são medidos em Mícrons, que é uma medida bastante mais pequena do que o milimetro, logo ver a olho nú se os ovos das aves têm "galadura" ou não é algo que eu não consigo conceber. O que acontece muitas vezes é os criadores confudirem esta "galadura" com a calaza, que é uma estrutura de sustento do ovo, que se vista por cima poderá originar essa confusão. Esta estrutura pode ser vista neste diagrama desta página: http://pt.wikipedia.org/wiki/Ovo e uma imagem pode ser vista aqui por exemplo http://ohfact.com/chalaza/ (nesta imagem vê-se a estrutura de lado, com outro angulo aparenta estar no meio da gema...).
Quanto à outra pergunta, os patos, ou melhor as patas têm bolsas onde os espermatozoides podem ser armazenados por um periodo relativamente curto (dias) logo, sim há a possibilidade de com apenas uma galadela os ovos serem todos fertéis.

Cumprimentos,

Pedro Seixas
Viseu