Miguel Isidoro
***
Mensagens: 247
Registado: quinta, 02/nov/2006, 16:21

Canários de Moçambique

terça, 02/jan/2007, 13:05

Olá a todos,


Tendo já criado canários de Moçambique e não tendo nenhum neste momento, tenho porém uma dúvida: onde passaram os milhares de canários de Moçambique que se vendiam nas lojas de animais nas últimas décadas?

O preço era irrisório (em meados de oitentaa custavam uns 300escudos! já em 2000 custavam cerca de 10€).
A resistencia impressionante
A esperança de vida notável

Será que ninguem levou esta espécie a sério e agora ninguém a tem????

Com os melhores cumprimentos

Miguel Isidoro

Armando Moreira
Site Admin
Mensagens: 1263
Registado: sábado, 14/out/2006, 22:38
Localização: Maia - PORTUGAL
Contacto: Sítio web

canarios de Moçambique

terça, 02/jan/2007, 14:18

:) Olá Miguel!

Vou colocar uma pergunta que se quiser poderá ficar sem resposta. Não ficarei ofendido com o seu silêncio. :wink:

A questão é a seguinte:

Se conseguiu criar estas aves porquê que parou?

Parece-me que estamos ambos de acordo que o caminho para proteger as espécies selvagens é a criação destas espécies no meio domestico protegido. Para além de outras medidas paralelas como seja a protecção dos habitat destas espécies. Esta ultima medida muito mais difícil e onerosa.

Com amizade e respeito, cordialmente

Armando Moreira

Miguel Isidoro
***
Mensagens: 247
Registado: quinta, 02/nov/2006, 16:21

Canários de Moçambique

terça, 02/jan/2007, 16:34

Olá Armando,

Como deve imaginar, não fico nada ofendido, até porque, como se costuma dizer, "perguntar não ofende"....

Os motivos foram vários.
Em primeiro lugar porque estava a apostar fortemente nos spinus sul americanos (essêncialmente cardinalitos),
Em segundo lugar porque apesar de inumeras tentativas,nunca os consegui por a criar na Primavera o que para mim é um inconveniente (pois não uso iluminação artificial)
Finalmente porque, apesar de tudo não eram aves que, económicamente, compensasse criar.
Não me interprete mal, a questão económica não é fundamental mas repare: estar a criar pássaros pelos quais os compradores apenas estavam dispostos a dar 10 ou no melhor dos casos 15€, aves que a maioria das pessoas estava habituada a ver nas lojas às dezenas e que para muitos nem tinham nada de especial... Pura e simplesmente não era atractivo. Mesmo para alguém que apenas quer vender para poder comprar outros pássaros e alimentar os que tem, faz mais sentido ocupar o espaço que se tem com aves um pouco mais "rentáveis".

É claro que se me perguntar, hoje, se não disponibizaria 4 ou 5 gaiolas para ter lá uns casais de canários de Moçambique, dir-lhe-ia que sim, mesmo que se continuem a vender a 10 ou 15€. Mas isso é porque, hoje, está a acontecer o que nunca me passou pela cabeça que acontecesse: não há canários de Moçambique disponiveis no nosso país e por isso a nossa ornitofilia está mais pobre.

Todos cometemos erros dos quais nos arrependemos, espero que não seja tarde demais...

Com os melhores cumprimentos,

Miguel Isidoro

astavares
***
Mensagens: 220
Registado: quarta, 06/dez/2006, 21:30
Localização: Porto

Canários de Moçambique

terça, 01/mai/2007, 01:20

Boa noite.

Ao dar uma vista de olhos pelos temas mais antigos deparei com este, sobre os Canários de Moçambique, que me interessa particularmente.

Detentor de um casal de Canários de Moçambique, estou a braços com um pequeno problema a fêmea anda, há quase 2 meses. a fazer o ninho nunca mais o terminando nem, tão pouco, pondo os tão desejados ovos galados.

Devo referir que este casal está perfeitamente acasalado havendo constantes demonstrações de carinho entre os dois estando o macho nesta altura com um estridente e melodioso canto.

O "tratamento" que estou a dar a estas aves, é o mesmo que, com êxito, estou a dar aos canários o que me leva a crer que faltará qualquer suplemento alimenticio(?) a estes bonitos passarinhos.

Falei já com outros criadores de canários (não canários de moçambique) que me disseram estar a tratar convenientemente o casal em questão.

Outra situação que pode ocorrer e para a qual o Amigo sr. eng.º Armando Moreira já me alertou é facto de, eventualmente, não ser esta a altura ideal para o acasalamento. Penso que há casos de Canários de Moçambique em que a época é +/- a partir de Agosto.

Se alguém que já tenha criado Canários de Moçambique me puder dar uma dica, fico desde já agradecido.

Saudações ornitológicas.

Arturo Santini Tomaso.[/i][/b]

Miguel Isidoro
***
Mensagens: 247
Registado: quinta, 02/nov/2006, 16:21

Canários de Moçambique

terça, 01/mai/2007, 09:38

Olá todos,

Caro Sr. Tomaso,

Quando tinha canários de Moçambique, nesta altura estavam em muda. A reprodução em minha casa começava por volta de Outubro e tinha as ultimas ninhadas, no melhor dos casos, em Março.

Ao ler oseu post fiquei com uma dúvida: a sua fêmea é que constroi o ninho?
Pergunto isto porque nos casais que tinha, só 1 macho não construia o ninho. Era um caso curioso porque em todos os casais em que era o macho a construir o ninho este ficava perfeito. No caso do casal em que era a fêmea a construir o ninho este, para ser simpático, não era muito bem elaborado!

Com os melhores cumprimentos,

Miguel Isidoro

astavares
***
Mensagens: 220
Registado: quarta, 06/dez/2006, 21:30
Localização: Porto

Canários de Moçambique

terça, 01/mai/2007, 17:17

Caro Miguel Isidoro,

Antes do mais permita que lhe peça para cortar o senhor no trato entre nós, pois dá um aspecto demasiado formal que não pretendo.

Para lhe falar com franqueza eu nunca vi a fêmea a fazer o ninho vi-a, isso sim, uma meia dúzia de vezes a debicar as palhitas do local onde eu as coloquei, uma espécie de cesta.

Involuntáriamente referi que a fêmea é que fazia o ninho mas na verdade não sei; e o que o Miguel diz corresponde ao que já ouvi dizer, que provavelmente, esta não será a melhor altura para o acasalamento.

Depois do seu comentário, realmente fico com sérias dúvidas sobre quem coloca as palhas no ninho, pois é sabido que um canário quando corteja a fêmea leva palhas para o ninho.

De qualquer forma agradeço-lhe toda a informação que me possa, por favor, disponibilizar quer aqui no fórum quer através de e-mail.

Em qualquer dos casos fico-lhe agradecido.

Saudações ornitológicas.

Arturo Santini Tomaso.

Mandarin
Mensagens: 41
Registado: terça, 03/abr/2007, 15:29
Localização: Setubal

Casal

terça, 01/mai/2007, 21:15

Pois é uma raça que se vê mt pouco
eu gostaria de adquirir um casal de canarios de moçambique, mas não encontro ninguem que venda:(

Avatar do Utilizador
ferreira
****
Mensagens: 253
Registado: quarta, 29/nov/2006, 18:29
Localização: Vendas Novas
Contacto: Sítio web

quarta, 02/mai/2007, 17:58

Boa tarde.
O desaparecimento dos Canários de Moçambique assim como todos os outros africanos não se deve a proteccionismos, mas simplesmente ao embargo devido á fictícia Gripe Aviária.
Para o Arturo, já respondi ao teu problema no meu forum.

Um abraço a todos, Ferreira

carlosbombarral
****
Mensagens: 373
Registado: terça, 17/out/2006, 23:20
Localização: Bombarral

quarta, 02/mai/2007, 19:08

ferreira Escreveu:Para o Arturo, já respondi ao teu problema no meu forum.
Não quer partilhar conosco ou pelo menos dizer-nos qual é o seu forum?
Digo isto não como critica , mas porque me interesso por estas aves.
Obrigado desde já.
O Ferreira tem razão em relação ao embargo por causa da suposta gripe, mas há uma coisa que me faz alguma estranheza, é que foram vendidos milhares de casais, como é que não aparece nada? Eu sei que não é propriamente do mais fácil de reproduzir, mas mesmo assim não acredito que ninguém o tivesse feito. O mesmo se passa com mais meia duzia de exóticos.
Cumprimentos
Carlos Felicio

Avatar do Utilizador
AvilandiaPT
*****
Mensagens: 1002
Registado: domingo, 15/out/2006, 08:26
Localização: Benavente - PORTUGAL
Contacto: Sítio web

Canários de moçambique

quarta, 02/mai/2007, 22:09

Boas,
O Ferreira tem razão em relação ao embargo por causa da suposta gripe, mas há uma coisa que me faz alguma estranheza, é que foram vendidos milhares de casais, como é que não aparece nada? Eu sei que não é propriamente do mais fácil de reproduzir, mas mesmo assim não acredito que ninguém o tivesse feito. O mesmo se passa com mais meia duzia de exóticos.
Agora é que o Carlos tocou no ponto...
Aliás as restrições à importação já existiam antes do problema da gripe aviária, que apenas veio "justificar" a coisa.
Mas de qualquer forma, antes disso eram importados estes e outros aos milhares. Lembro-me uma vez de ter visitado um importador com um criador americano em 2000/2001 se não me engano e este ter ficado supreendido pelas CENTENAS de canários de moçambique a menos de 2eur cada na altura. De todos esses onde estão as criações?? Mesmo sendo trabalhoso onde estão as crias dessa e de outras dezenas de espécies?
A culpa não é do fecho das importações, mas sim de não termos aproveitado para criar estas espécies quando eram facilmente acessíveis e estabilizar efectivos. Agora dizemos "são difíceis de encontrar", "não há"... Que ao menos sirva de lição.

Cumprimentos,
Ricardo M.
ImagemImagemImagem

Miguel Isidoro
***
Mensagens: 247
Registado: quinta, 02/nov/2006, 16:21

Canários de Moçambique

quarta, 02/mai/2007, 22:19

Olá a todos,

Caro Arturo, deixemos então o "Sr." :lol:

Os canários de Moçambique não são especialmente dificeis de criar (na minha opinião, é claro!).
Têm os grandes inconvenientes de se reproduzirem no Outono/Inverno e de terem um comportamento demasiado agressivo para serem mantidos em viveiro com outras aves durante o periodo de criação.
Uma pequena história que não resisto a contar: uma vez cruzei um macho com uma canária. O casal teve duas crias. Certo dia estava a limpar uma gaiola onde tinha uma canária de Moçambique e lembrei-me de a colocar na gaiola onde estava o macho (cdM=Canário de Moçambique)a canária e os dois híbridos com cerca de 20 dias, só para ver a reacção do macho... O facto é que o macho não lhe ligou nada mas as crias com apenas 20!!! dias de vida atacaram a fêmea cdM com uma agressividade inacreditavel!
É claro que tudo depende das aves e cada criador terá a sua própria experiência no meu caso criava-os em gaiolas de 75cm x 35cm x 30cm em madeira só com a frente em grade, ninhos interiores em plástico dentro dos quais colocava outro de corda. Contrariamente aos spinus não é necessário/recomendável separar o macho!
A alimentação que usava era uma mistura para canários da Versel-laga (criação sem nabo), papa da quiko e alguns casais adoravam pão com leite (mas não sou grande fã deste alimento nem o recomendo), uma mistura para exóticos a complementar a ração diária também é apreciada. Para além disto, fruta, verdura e todo o tipo de ervas com sementes que os pássaros da fauna europeia comam.Ah, adoram espigas de painço. :wink:

Caro Ferreira,
quando diz:

"O desaparecimento dos Canários de Moçambique assim como todos os outros africanos não se deve a proteccionismos, mas simplesmente ao embargo devido á fictícia Gripe Aviária."

Desculpar-me-à mas o desaparecimnto dos canários de Moçambique deve-se, na minha opinião, em primeira linha à falta de interesse dos criadores que, tendo milhares de aves à disposição anualmente, nunca se dedicaram à sua criação de forma empenhada e séria (e,note: contra mim falo também!)
Também não concordo quando diz que o fim das importações não se deva a uma visão proteccionista mas sim "à fictícia Gripe aviária" .
A Gripe Aviária NÃO TEM NADA DE FICTÍCIA! É MUITO REAL!
Acho é que se aproveitou uma ameaça bem real para levar a cabo medidas proteccionistas (não discuto o seu mérito ou demérito) que eram exigidas por associações de protecção dos animais, com muita influênia. por toda a Europa!

Com os melhores cumprimentos,
Miguel Isidoro

Avatar do Utilizador
ferreira
****
Mensagens: 253
Registado: quarta, 29/nov/2006, 18:29
Localização: Vendas Novas
Contacto: Sítio web

quarta, 02/mai/2007, 22:26

Boas mais uma vez.
Pois é isso mesmo Ricardo, só damos valor ás coisas quando não as temos.
Quanto ao meu Forúm, a direcção está precisamente escrita aqui no avespt no Tópico dos blogs e foruns.

Um abraço, Ferreira

astavares
***
Mensagens: 220
Registado: quarta, 06/dez/2006, 21:30
Localização: Porto

Canário de Moçambique

quarta, 02/mai/2007, 23:46

Boa noite a todos.

É um prazer verificar que uma simples dúvida provocou uma troca de impressões interessantes.

À hora a que escrevo esta nota já tinha ido ao fórum do Ferreira e por conseguinte não sabia ainda destas respostas, pelo que as ajudas recebidas são já duas.

A verdade é que o que eu pensava está correcto, há da minha parte uma deficiencia na alimentação das aves.

Ao Miguel Isidoro agradeço a ajuda pois na alimentação falhava-me a parte da mistura para exóticos.

Ao Ferreira agradeço a indicação da possível falta de proteína animal.

Um bem haja a todos
.

Já relativamente à "discussão" do "desaparecimento" das aves que são importadas, permitam-me este pequeno comentário ofereçam euros que se vejam e vão ver como elas aparecem. Podem não aparecer aos milhares mas aparecem.

É uma situação, quase, parecida com os canários. Próximo da criação as fêmeas "esgotam" e depois aparecem "aos pontapés" caras como o diabo.

No meu caso em particular, arranjei o casal de Canário de Moçambique quase por acaso e, francamente, acho o canto lindo, daí a razão do meu empenho em os criar.

Mais uma vez obrigado a todos.

Saudações ornitológicas.

Arturo Santini Tomaso.

LuixFlip
Site Admin
Mensagens: 613
Registado: sábado, 06/jan/2007, 16:16
Localização: Sacavém
Contacto: Sítio web

sexta, 04/mai/2007, 00:25

ola

eu tenho o privilégio de ter um macho canário de Moçambique, por acaso consigo cruza-lo com canárias, já o consegui por 3 anos consecutivos, o ultimo dos quais com uma Gloster

Imagem

por isso também já tenho alguns hibridos, ele é um pai muito dedicado e nada agressivo

depois de ler este tópico fiquei com vontade de arranjar uma femea de canario de moçambique para tentar cria-los, mas já vi que não vai ser nada fácil

um abraço

Bruno Desidério
Mensagens: 2
Registado: quarta, 02/mai/2007, 10:39

o bigodinho

sexta, 04/mai/2007, 19:07

Boas tambem tenho canários moçambique ralativamente a pouco tempo,eu como muitos tambem os via nas lojas e não ligava, mas ofereçeram-me um macho e vi realmente o potêncial desta pequena ave desde então tem sido uma busca infernal para arranjar novos exemplares,este ano vou tentar reproduzir e sinceramente não acho complicado este ano ja tive a esperiência de fazer hibridos de cantor africano com canário de moçambique a unica coisa que tenho a salientar é a agressividade do macho para a fêmea.

Voltar para “Outras Aves”