pedro376h
Site Admin
Mensagens: 1750
Registado: sexta, 13/abr/2007, 11:09
Localização: águas boas - oliveira do bairro
Contacto: Sítio web

Re: Ring Necks - a evolução.

quarta, 26/ago/2009, 14:25

boas,
Pedro121 Escreveu: Macho cremino x azul, e tira verde?, é de estar na praia ou está a escapar-me alguma coisa?
Pedro o casal era supostamente o seguinte:

1.0 ino /turquoise x 0.1 bleu


% obtenus en 1.0

50.0% 1.0 vert /bleu ino
50.0% 1.0 turquoiseBleu /ino


% obtenus en 0.1

50.0% 0.1 ino /bleu
50.0% 0.1 turquoiseBleu ino
JoaoPedro231 Escreveu:femea azul portadora de turqueza.
isso nao e possivel, porque sao alelos. :wink:
quando muito seria AzulTurqueza
um abraco,
pedro duarte
visite http://pedroduarte.blogspot.com

JoaoPedro231
***
Mensagens: 102
Registado: sexta, 11/jul/2008, 00:21
Localização: Mira-Coimbra

Re: Ring Necks - a evolução.

quarta, 26/ago/2009, 14:33

boas Pedro Duarte


pois. . . perdi agora um tempinho a ler o topico todo. . .ja vi que nao e possivel! baralhei me um pouco!


cumprimentos
Joao Pedro

Avatar do Utilizador
rnsilva
*****
Mensagens: 949
Registado: sábado, 04/nov/2006, 21:45
Localização: Pontével - Cartaxo
Contacto: Sítio web

Re: Ring Necks - a evolução.

quarta, 26/ago/2009, 15:28

Pedro121 Escreveu:Uma questão, desse casal tu já tiraste um verde???

Macho cremino x azul, e tira verde?, é de estar na praia ou está a escapar-me alguma coisa?
O macho é lutino (portador de qq coisa azulada :D ) x fêmea Azul. Tiro Verde sim. Tenho sexado e dá certo. Só as creminas são fêmeas. Os turquesa e verde são todos machos.
Imagem

Avatar do Utilizador
rnsilva
*****
Mensagens: 949
Registado: sábado, 04/nov/2006, 21:45
Localização: Pontével - Cartaxo
Contacto: Sítio web

Re: Ring Necks - a evolução.

quarta, 26/ago/2009, 15:31

pedro376h Escreveu: Pedro o casal era supostamente o seguinte:

1.0 ino /turquoise x 0.1 bleu


% obtenus en 1.0

50.0% 1.0 vert /bleu ino
50.0% 1.0 turquoiseBleu /ino


% obtenus en 0.1

50.0% 0.1 ino /bleu
50.0% 0.1 turquoiseBleu ino
Tal e qual. Mas fêmeas ino /bleu, nas duas criações que tive nem vê-las. Por isso, resiste-me a dúvida...
Imagem

Pedro121
*****
Mensagens: 2752
Registado: terça, 17/out/2006, 09:46
Localização: Caldas da Rainha

Re: Ring Necks - a evolução.

quarta, 26/ago/2009, 22:30

Ok, nesse caso Ricardo está tudo certo, mas não tiras fêmeas albinas, apenas lutinas portadoras de azul, é uma questão de esperares, as probabilidades são mesmo assim, cada fêmea tem 50% de ser lutina, mas tem também 50% de ser cremina, mais tarde ou mais cedo as lutinas aparecem.
Última edição por Pedro121 em quinta, 27/ago/2009, 13:48, editado 1 vez no total.
Pedro Ramalho

Avatar do Utilizador
rnsilva
*****
Mensagens: 949
Registado: sábado, 04/nov/2006, 21:45
Localização: Pontével - Cartaxo
Contacto: Sítio web

Re: Ring Necks - a evolução.

quinta, 27/ago/2009, 02:03

Quem é o Rui? :D

Sim vamos ver o que o próximo ano reserva. Contudo, se tirar apenas creminas não me importo nada. :) Contudo, continuo a achar estranho nunca ter tirado lutinas portadoras de azul (ino /blue) (sim, n albinas (ino blue) - enganei-me), mas lá podem aparecer. Seja esta única explicação possível, pois também não encontro outra.
Imagem

Pedro121
*****
Mensagens: 2752
Registado: terça, 17/out/2006, 09:46
Localização: Caldas da Rainha

Re: Ring Necks - a evolução.

quinta, 27/ago/2009, 17:16

rnsilva Escreveu:Contudo, continuo a achar estranho nunca ter tirado lutinas portadoras de azul (ino /blue) (sim, n albinas (ino blue) - enganei-me), mas lá podem aparecer. Seja esta única explicação possível, pois também não encontro outra.
Boas RICARDO

A dimensão da amostra não é significativa, eu uma vez tinha um casal em que o macho era Albino e a fêmea cinzenta FS e tirei 12 crias azuis antes de tirar 1 albina ou mesmo 1 cinza na altura não achei piada nenhuma á situação, por outro lado este ano num casal de esplêndidos em que o macho é normal/ino/canela x Femea Lutina e tiro 7 machos portadores de ino e 2 fêmeas canela ino.... :roll:
Pedro Ramalho

Avatar do Utilizador
rnsilva
*****
Mensagens: 949
Registado: sábado, 04/nov/2006, 21:45
Localização: Pontével - Cartaxo
Contacto: Sítio web

Re: Ring Necks - a evolução.

quinta, 27/ago/2009, 17:54

Pedro121 Escreveu:
rnsilva Escreveu:Contudo, continuo a achar estranho nunca ter tirado lutinas portadoras de azul (ino /blue) (sim, n albinas (ino blue) - enganei-me), mas lá podem aparecer. Seja esta única explicação possível, pois também não encontro outra.
Boas RICARDO

A dimensão da amostra não é significativa, eu uma vez tinha um casal em que o macho era Albino e a fêmea cinzenta FS e tirei 12 crias azuis antes de tirar 1 albina ou mesmo 1 cinza na altura não achei piada nenhuma á situação, por outro lado este ano num casal de esplêndidos em que o macho é normal/ino/canela x Femea Lutina e tiro 7 machos portadores de ino e 2 fêmeas canela ino.... :roll:
Pois acredito que a amostra seja pequena, mas como tirei de todas as outras possíveis combinações, e a probabilidade é a mesma...deixou-me a pensar.
Esses esplêndidos foi bom foi nas fêmeas, não? Nos machos se não fosse portador de ino seria ino, certo?
Imagem

Avatar do Utilizador
rnsilva
*****
Mensagens: 949
Registado: sábado, 04/nov/2006, 21:45
Localização: Pontével - Cartaxo
Contacto: Sítio web

Re: Ring Necks - a evolução.

quarta, 28/abr/2010, 10:29

Bem, no âmbito deste tópico, aberto há algum tempo, venho partilhar uma nova história. Nascidos há sete semanas, por força maior criei 3 ringnecks à mão, tirando uma foto todos os dias. Podem ver a sequência em http://www.psicopata.net na secção "Evolução".

Espero que gostem.
Imagem

Avatar do Utilizador
mcamedjay
****
Mensagens: 408
Registado: sexta, 20/jun/2008, 14:18
Localização: Tarouca
Contacto: Sítio web

Re: Ring Necks - a evolução.

quarta, 28/abr/2010, 10:53

Agora saiu a tão esperada lutina :lol:
Cumprimentos
________________________________________
Márcio Cardoso Almeida
Médico Veterinário
Especializado em medicina aviária
Endoscopias e medicina preventiva
C.P. 5220

Avatar do Utilizador
rnsilva
*****
Mensagens: 949
Registado: sábado, 04/nov/2006, 21:45
Localização: Pontével - Cartaxo
Contacto: Sítio web

Re: Ring Necks - a evolução.

quarta, 28/abr/2010, 11:44

mcamedjay Escreveu:Agora saiu a tão esperada lutina :lol:
Sim de facto desta vez lá saiu a lutina, e por curiosidade é a mais espevitada :) .
Imagem

João Samuel
*****
Mensagens: 860
Registado: quarta, 29/abr/2009, 01:03
Localização: Estarreja
Contacto: Sítio web

Re: Ring Necks - a evolução.

quarta, 28/abr/2010, 15:30

parabéns!
muito bonitos.
tenho um macho com 10 anos, será qua ainda vai a tempo de criar? (nunca o juntei a nenhuma fêmea)
Samuel
http://avesdosamuel.blogspot.com --> Visitem (novas fotos e informações)

Avatar do Utilizador
rnsilva
*****
Mensagens: 949
Registado: sábado, 04/nov/2006, 21:45
Localização: Pontével - Cartaxo
Contacto: Sítio web

Re: Ring Necks - a evolução.

quarta, 28/abr/2010, 16:30

João Samuel Escreveu:parabéns!
muito bonitos.
tenho um macho com 10 anos, será qua ainda vai a tempo de criar? (nunca o juntei a nenhuma fêmea)
10 anos é um menino :) . A mãe destes tem 8 e está para as curvas. Com uma alimentação equilibrada aguentam-se até bem mais.
Imagem

JoaoPedro231
***
Mensagens: 102
Registado: sexta, 11/jul/2008, 00:21
Localização: Mira-Coimbra

Re: Ring Necks - a evolução.

quarta, 28/abr/2010, 17:59

o ricardo tem razao. conheço um criador que comprou a dois anos um casal que tinha 9 anos
e criaram nestes dois anos. nao ha problema tenhum. com sorte ainda tira crias mais dez anos.

Cumprimentos João Pedro

Avatar do Utilizador
rnsilva
*****
Mensagens: 949
Registado: sábado, 04/nov/2006, 21:45
Localização: Pontével - Cartaxo
Contacto: Sítio web

Re: Ring Necks - a evolução.

quarta, 28/abr/2010, 22:58

JoaoPedro231 Escreveu:o ricardo tem razao. conheço um criador que comprou a dois anos um casal que tinha 9 anos
e criaram nestes dois anos. nao ha problema tenhum. com sorte ainda tira crias mais dez anos.

Cumprimentos João Pedro
Há por ai criadores com casais de 92/94 no activo. E acredito que hajam bem mais dos que tenho conhecimento.
Imagem

Voltar para “Fotografia, Digiscoping, Observação de Aves”