Dolfo
*****
Mensagens: 1237
Registado: quinta, 25/jan/2007, 01:56

Nova aquisição, um casal de Rosellas

domingo, 28/jan/2007, 12:52

Bom dia!

Graças à ajuda de um membro do Forum, a quem muito agradeço, pude ontem trazer para casa mais dois "bicudos", neste caso um casal de Rosellas.

Sei muito pouco sobre as mutações das Rosellas, mas segundo o criador o macho será um Platycerus e. eximius factor vermelho portador de pastel, e a fêmea uma Platycerus e. eximius dita "normal", embora haja suspeitas de que possa ser portadora de factor vermelho. Isto porque apesar dos pais serem ambos Platycerus e. eximius ditos "normais", uma outra fêmea da mesma nihada da minha saiu com pequenas manchas vermelhas no corpo, barriga e não só.

Aqui vão as fotos, o que acham os peritos na matéria?

A fêmea:

Imagem

E aqui o casal, com o macho à esquerda e a fêmea à direita:

Imagem

Opiniões?

Obrigado,

Dolfo

Avatar do Utilizador
vitor anastacio
Site Admin
Mensagens: 494
Registado: segunda, 16/out/2006, 19:42
Localização: setubal

domingo, 28/jan/2007, 17:22

Parabens,são uma maravilha brevemente terei tambem um casal ,são umas aves maravilhosas :lol:
Vitor Anastacio criador de Psitacideos.
www.vitoranastacio1973.spaces.live.com

Dolfo
*****
Mensagens: 1237
Registado: quinta, 25/jan/2007, 01:56

domingo, 28/jan/2007, 17:33

Obrigado Vitor, também acho mas talvez como "pai adoptivo" eu não seja própriamente imparcial :D Lol...

Mais a sério, as Rosellas são de facto dos psitacídeos mais belos que conheço, acho que è esta mistura de côres e este vermelho forte (não que eu seja benfiquista, até sou portista :P ) que me fascinam.

Já tive em tempos uma manto dourado durante um breve período e era um belíssima ave, mas neste casal sobretudo o macho acho-o particularmente bonito.

Dolfo

Pedro121
*****
Mensagens: 2752
Registado: terça, 17/out/2006, 09:46
Localização: Caldas da Rainha

domingo, 28/jan/2007, 21:42

Bom tarde


Antes de mais parabéns pela aquisição.
O “factor vermelho” nas P. eximius não é mais que uma mutação opalina, logo as fêmeas nunca podem ser portadoras já que as mutações opalinas são sempre ligadas ao sexo, já agora sabe quais são os pais do macho?
Pedro Ramalho

Dolfo
*****
Mensagens: 1237
Registado: quinta, 25/jan/2007, 01:56

segunda, 29/jan/2007, 00:41

Boa noite,

Obrigado Pedro :wink:

Obrigado também pela correcção/precisão.
Entretanto sobre a fêmea já mo tinham dito noutro Forum estrangeiro dedicado aos psitacídeos, mas agradeço na mesma :)

Quanto ao macho, o pai è como o filho, omnicolor factor vermelho portador de pastel, e a mãe è omnicolor factor vermelho.

Acha que este casal pode dar bonitos filhotes?
Não sei lá muito bem como traduzir isto para a terminologia apropriada em português mas disseram-me que os filhos serão auto sexados (?!) o que significaria que todas as fêmeas deverão ser factor vermelho como o pai e que os machos poderão ser "normais" ou com factor vermelho.
Também de disseram que como o macho è portador pastel todos os filhotes independentemente do sexo poderão ser ou não ser portadores de pastel.

Complicado para mim, estas coisas da genética!... :?

Cumprimentos,

Dolfo

Pedro121
*****
Mensagens: 2752
Registado: terça, 17/out/2006, 09:46
Localização: Caldas da Rainha

segunda, 29/jan/2007, 09:22

Bom dia


Bom como o opalino é ligado ao sexo, as crias machos serão normais portadoras de opalino e as fêmeas opalinas, portanto sabes logo o sexo das crias assim que tiverem penas.

Agora quanto ao pastel a coisa é mais complicada, na realidade as Eximius pasteis não são pasteis, já que o verdadeiro pastel é uma mutação recessiva autossomatica, e na eximius é recessivo mas ligado ao sexo tal como o opalino, ora isso implica vários problemas, no teu caso especifico não tens maneira de saber (para já) se o macho é ou não portador de “pastel” já que como o pai dele era portador isso quer dizer que apenas 50% dos machos serão portadores de “pastel”, logo só poderás ter a certeza dele ser ou não “pastel” se tiveres crias fêmeas “pasteis”

Boa sorte com o casal
Pedro Ramalho

Dolfo
*****
Mensagens: 1237
Registado: quinta, 25/jan/2007, 01:56

segunda, 05/mar/2007, 16:44

Bom dia,

A propósito da fêmea omnicolor.
È normal que ela também cante? Enfim, que produza uns gritos algo estridentes?
Parece-me que ela tem todas as características de uma fêmea, no conjunto ligeiramente mais pequena que o macho, a cabeça também mais pequena que a do macho, o vermelho menos vivo...
Mas agora que reparo que ela também canta começo a pôr-me a questão se ela não será um ele!...
Ao mesmo tempo acho que se fosse um macho já teria havido conflitos com o outro macho, não?
Mas na verdade já os surpreendi numa troca de mimos, com o opalino (este creio que seja de facto um macho) a regurgitar comida para ela, e ela produzindo nesse momento uns pequenos sons que não tinha ouvido até à data...

Enfim, pelas fotos que dizem os mais experientes?
Confirma-se que a suposta fêmea à mesmo uma fêmea?
Ou será que ela poderia ser 1 ele?!

Obrigado,

Dolfo

Dolfo
*****
Mensagens: 1237
Registado: quinta, 25/jan/2007, 01:56

quinta, 08/mar/2007, 19:38

Boas,

Mais 2 fotos recentes das minhas roselas, pode ser que ajude a confirmar se a fêmea è mesmo uma fêmea.

Os "miminhos" entre eles continuam, estes últimos dias já várias vezes vi o macho (o vermelho) aos "beijinhos" à suposta fêmea, suponho que se fossem 2 machos isto decerto não acontecia, sobretudo com roselas!

E já agora, estes "miminhos" quererão dizer que eles estão prontos para acasalar, enfim, que estão na fase em que se tivessem espaço para eles com um ninho, daqui poderiam sair ovos e eventualmente crias?
Também reparo que o macho, que nos primeiros tempos era muito tímido em relação ás caturras, agora de vez em quando se elas se pôem no caminho dele já enche o peito, dá uns gritos e se elas não se afastam afasta-as ele.

O macho:

Imagem

A fêmea:

Imagem

Obrigado,

Dolfo

Dolfo
*****
Mensagens: 1237
Registado: quinta, 25/jan/2007, 01:56

quinta, 15/mar/2007, 18:22

Boas,

E aqui vai mais uma foto durante o passeio de hoje para esticar as asas, com os 2 (macho e suposta fêmea) no poleiro à saída da gaiola.

Imagem


Dolfo

Pedro121
*****
Mensagens: 2752
Registado: terça, 17/out/2006, 09:46
Localização: Caldas da Rainha

quinta, 15/mar/2007, 19:33

Dolfo

"Os "miminhos" entre eles continuam, estes últimos dias já várias vezes vi o macho (o vermelho) aos "beijinhos" à suposta fêmea, suponho que se fossem 2 machos isto decerto não acontecia, sobretudo com roselas!"

Na realidade se dois machos estiverem juntos sem a presença de fêmeas não são agressivos entre eles (por regra) apresentado de resto um comportamento mais espectacular já que tem muito mais empenho nos rituais de corte, vi á tempos fotos de um aviário grande em que coexistiam machos de varias espécies de roselas em perfeita harmonia, claro que sem fêmeas á vista
Pedro Ramalho

Dolfo
*****
Mensagens: 1237
Registado: quinta, 25/jan/2007, 01:56

quinta, 15/mar/2007, 20:43

Olá Pedro,

Isso quer dizer que apesar de estes dois se entenderem bem, apesar dos "beijinhos" (na realidade o opalino - o macho, desse não tenho dúvidas - também regurgita no bico da suposta fêmea :P ), ainda assim poderiam ser 2 machos?!

A de tipo selvagem foi-me vendida como uma fêmea, e ainda há dias voltei a perguntar ao criador que me diz que è 1 fêmea!

O que suscitou algum espanto em mim, e daí o pedido de confirmação aos especialistas destas aves, foi o facto de ver e ouvir a dita fêmea produzir sons, quando pensava que as fêmeas não o faziam. Também è verdade que os sons produzidos por 1 e outro são diferentes.

Mas hoje reparei noutro detalhe. A certa altura, os dois desataram a perseguir 1 caturra macho, assediando-o pela gaiola fora... Já há dias o opalino tinha feito algo do género a outro macho caturra. È curioso, porque elas (as roselas) parecem deixar em paz as caturras fêmeas, estes 2 incidentes foram em ambos os casos com as caturras machos!

Cumprimentos,

Dolfo

Pedro121
*****
Mensagens: 2752
Registado: terça, 17/out/2006, 09:46
Localização: Caldas da Rainha

sexta, 16/mar/2007, 13:48

As roselas fêmeas não são, como é natural mudas, tal como as caturras fêmeas também elas emitem sons, mas não "cantam/assobiam" e nem tem o comportamento de corte típico, eu pessoalmente acho que o seu par é de facto um casal, já que a haver duvidas seria na opalina e não na normal, e já que pelo comportamento o opalino é decidamente macho, voíla tem um casal.
Pedro Ramalho

Dolfo
*****
Mensagens: 1237
Registado: quinta, 25/jan/2007, 01:56

sexta, 16/mar/2007, 18:13

Pedro121 Escreveu:As roselas fêmeas não são, como é natural mudas, tal como as caturras fêmeas também elas emitem sons, mas não "cantam/assobiam" e nem tem o comportamento de corte típico, eu pessoalmente acho que o seu par é de facto um casal, já que a haver duvidas seria na opalina e não na normal, e já que pelo comportamento o opalino é decidamente macho, voíla tem um casal.
Olá Pedro,

Pois, as caturras fêmeas não são de facto mudas, mas em geral (sei que há excepções e até já vi videos de algumas que são bastante sonoras e quase rivalizam com alguns machos, mas sei que è raro) só emitem uns "gritinhos", de modo que como não conhecia os sons que as roselas fêmea produzem fiquei algo surpreendido ao ouvir a minha, que de vez em quando, embora repita sempre os mesmos sons, è bem mais expressiva que as caturras fêmea.

O opalino tem todo o comportamento de 1 macho, desde os sons produzidos (diferentes dos da de tipo selvagem) até à corte, enchendo o peito e abanando a cauda enquanto repete uns sons, e o facto de ser ele que regurgita no bico da fêmea, além de ser óbviamente o dominante.
Por isso sobre ele não creio existirem dúvidas, não só pelo que observo no comportamento mas também porque foi identificado como macho pelo criador, em cuja experiência confio.

A tipo selvagem è que me suscitava algumas dúvidas, até porque creio que o criador desta não è tão experiente como o do macho, apesar de já ter ganho uns concursos regionais, inclusivé com o pai ou avô desta fêmea. Mas bom, "errare humanum est"... :D

Obrigado mais uma vez pela confirmação, è sempre bom ter a opinião de quem è mais experiente do que nós :wink:

Cumprimentos,

Dolfo

Dolfo
*****
Mensagens: 1237
Registado: quinta, 25/jan/2007, 01:56

domingo, 18/mar/2007, 11:19

Pedro,

Na secção Videos, pus lá hoje 1 da minha rosela fêmea a assobiar, o tal assobio que me provocou algumas dúvidas.
Dê 1 vista de olhos e diga-me o que acha.

Na mesma secção também lá pus há dias 1 video do macho, mas ele mal se ouve, embora também faça uns "koki, koki, koki"...

Cumprimentos,

Dolfo

Voltar para “Fotografia, Digiscoping, Observação de Aves”