Caso clínico interessante

Fotos das suas aves de casa e fotos obtidas na Natureza através de técnicas específicas.

Moderador: Armando Moreira

Caso clínico interessante

Mensagempor mcamedjay » sábado, 26/fev/2011, 16:06

Ora boas, eu estou a fazer um estágio em itália com o Dr. Lorenzo Crosta, e por aqui tenho visto coisas muito interessantes, uma delas decidi partilhar com vocês, sobre um caso clínico que apanhei aqui.

Ora bem, a foto seguinte é uma imagem raio-x que tirei de uma fêmea de agapornis, a imagem não está completa de propósito, falta uma parte que postarei mais tarde, após algumas participações :lol:
A fêmea foi posta a criar, e o dono achou que tinha um ovo preso, estava activa, sem sinais de depressão.

Imagem

Aqui está a imagem, agora a pergunta é a seguinte, quantos ovos vêm, e quantos são no total?
Depois colocarei a imagem em falta :twisted:
Cumprimentos
________________________________________
Márcio Cardoso Almeida
Médico Veterinário
Especializado em medicina aviária
Endoscopias e medicina preventiva
C.P. 5220
Avatar do Utilizador
mcamedjay
****
 
Mensagens: 408
Registado: sexta, 20/jun/2008, 14:18
Localização: Tarouca

Re: Caso clínico interessante

Mensagempor HenriqueDallas » sábado, 26/fev/2011, 17:08

boas. opa parece ver se dois né. mas para tar a perguntar é pq deve tar la mais :lol:
Cumprimentos,
Henrique Lopes
HenriqueDallas
***
 
Mensagens: 173
Registado: domingo, 13/jun/2010, 14:38

Re: Caso clínico interessante

Mensagempor Karsan » sábado, 26/fev/2011, 17:17

Dois? :roll:
Cumps,
Carlos Santos.
Avatar do Utilizador
Karsan
***
 
Idade: 62
Mensagens: 112
Registado: domingo, 15/Oct/2006, 22:28
Localização: Vialonga

Re: Caso clínico interessante

Mensagempor Nélio Clemente » sábado, 26/fev/2011, 20:52

2 é muito obvio :mrgreen: são 3 :D
Criador de agapornis fischeris/personatas
STAM DK67

http://umundodecor.blogspot.pt/
Avatar do Utilizador
Nélio Clemente
*****
 
Mensagens: 939
Registado: sexta, 25/jun/2010, 22:46
Localização: Ourém/Fátima

Re: Caso clínico interessante

Mensagempor Hgo Sousa » sábado, 26/fev/2011, 22:12

Boa noite
Eu apenas vejo 2 .
Mas penso que pode ser + um ou dois. ou então um ovo e um outro objecto ou até um quisto.
Hgo Sousa
***
 
Mensagens: 53
Registado: sábado, 05/fev/2011, 15:16
Localização: Funchal, Ilha da Madeira

Re: Caso clínico interessante

Mensagempor João Primo » sábado, 26/fev/2011, 23:02

Então vet? tens aprendido muito? :D

Tens 3 ovos nessa fêmea... Mas apagaste um em cada uma delas
Estão dois atravessados em baixo e um cá em cima ainda a calcificar...

abraço
Avatar do Utilizador
João Primo
***
 
Mensagens: 68
Registado: domingo, 13/jun/2010, 22:59

Re: Caso clínico interessante

Mensagempor alvarodomingues » sábado, 26/fev/2011, 23:17

pouco percebo disto mas pelo formato da ave vejo 4 ovos
alvarodomingues
 
Mensagens: 30
Registado: terça, 08/fev/2011, 00:45
Localização: Porto - Maia

Re: Caso clínico interessante

Mensagempor mcamedjay » sábado, 26/fev/2011, 23:32

:lol: tenho aprendido alguma coisa, e não andei a fazer falcatruas com as radiografias lolol

Já estou a ver para aqui uma resposta certa :lol:
Agora deixo-vos a 3ª projecção, que eu acabei por tirar sem querer, decidi experimentar tirar assim de lado.


Imagem

Para ajudar, mudei a cor da radiografia.
Editado pela última vez por mcamedjay em sábado, 26/fev/2011, 23:35, num total de 1 vez.
Cumprimentos
________________________________________
Márcio Cardoso Almeida
Médico Veterinário
Especializado em medicina aviária
Endoscopias e medicina preventiva
C.P. 5220
Avatar do Utilizador
mcamedjay
****
 
Mensagens: 408
Registado: sexta, 20/jun/2008, 14:18
Localização: Tarouca

Re: Caso clínico interessante

Mensagempor Criador33 » sábado, 26/fev/2011, 23:33

Bem acho que vejo 3 ovos no total, mas provavelmente tem mais um, pois os ovos não se desenvolvem todos ao mesmo tempo. :)
Criador33
****
 
Mensagens: 256
Registado: domingo, 19/jul/2009, 20:26

Re: Caso clínico interessante

Mensagempor mcamedjay » domingo, 27/fev/2011, 14:56

Ao todos são 4 ovos, dois já tinham a casca formada, 1 apenas tinha calcificado uma ponta do ovo, e o último, completamente descalcificado, casca mole. Ficamos admirados como ela conseguiu sobreviver assim tantos dias.
Assim que possa, postarei as fotos da eco, e da cirurgia.
A ave está viva e em forma, pronta para outra :lol: :lol:
Cumprimentos
________________________________________
Márcio Cardoso Almeida
Médico Veterinário
Especializado em medicina aviária
Endoscopias e medicina preventiva
C.P. 5220
Avatar do Utilizador
mcamedjay
****
 
Mensagens: 408
Registado: sexta, 20/jun/2008, 14:18
Localização: Tarouca

Re: Caso clínico interessante

Mensagempor mcamedjay » domingo, 27/fev/2011, 14:58

Na radiografia, nas 1ªs duas, o que se vê é apenas os dois com casca formada, os outros não dá para ver, na 3ª projecção, já se consegue delimitar a forma dos outros ovos, o que está no fundo é o de casca mole, e por detrás dos dois formados, vê-se parte de um que se encontra calcificado
Cumprimentos
________________________________________
Márcio Cardoso Almeida
Médico Veterinário
Especializado em medicina aviária
Endoscopias e medicina preventiva
C.P. 5220
Avatar do Utilizador
mcamedjay
****
 
Mensagens: 408
Registado: sexta, 20/jun/2008, 14:18
Localização: Tarouca

Re: Caso clínico interessante

Mensagempor HenriqueDallas » domingo, 27/fev/2011, 16:19

pois, eu vi logo :)
Mas sim, é espantoso como é que a femea se aguentou. muito fixe

abraço e boa continuação de estágio e que corra tudo bem :wink:
Cumprimentos,
Henrique Lopes
HenriqueDallas
***
 
Mensagens: 173
Registado: domingo, 13/jun/2010, 14:38

Re: Caso clínico interessante

Mensagempor AvilandiaPT » segunda, 28/fev/2011, 09:48

Olá,

Muito interessante.
O que está parcialmente calcificado é o que aparece na serie de três rx no do meio?
A posição do mais recente está um pouco estranha, não? Têm ideia do que causou o problema? A retenção do primeiro acontece, já a acumulação com a retenção dos seguintes é menos vulgar, dai a minha curiosidade.
Foi um inicio de postura ou na postura seguinte?

Cumprimentos,
Avatar do Utilizador
AvilandiaPT
*****
 
Mensagens: 995
Registado: domingo, 15/Oct/2006, 08:26
Localização: Benavente - PORTUGAL

Re: Caso clínico interessante

Mensagempor Hgo Sousa » segunda, 28/fev/2011, 19:02

Algum tempo traz comentei que não se deveria dar as aves a espera de posturas os tais blocos de minerais e osso de choco por ter lido em alguns artigos (foi logo crucificado).
Será que a causa destes ovos ficarem presos não está relacionada com que eu comentei?
Hgo Sousa
***
 
Mensagens: 53
Registado: sábado, 05/fev/2011, 15:16
Localização: Funchal, Ilha da Madeira

Re: Caso clínico interessante

Mensagempor mcamedjay » terça, 01/mar/2011, 17:37

Era a 1ª postura, o que chamou a atenção ao dono, foi a proeminência que ela tinha, e achava que seria apenas um ovo, ao tocar nela, sentiu-se logo que eram dois, depois é que foi a surpresa.
Seguramente o que terá originado isto, terá sido a falta de cálcio, com pouco cálcio os músculo do oviducto não contraem como deve ser, não conseguindo expulsar o ovo, só que o ciclo da postura continuou, e os outros ovos que vieram depois,mais a pressão dos intestinos, conseguiram empurrar os dois calcificados para cima, ficando completamente bloqueado o oviducto.
Porque a alimentação que nós damos, só sementes fora o resto, são pobres em cálcio, têm o ratio Ca/P inverso 1/2 (o cálcio tem de estar no mínimo 1/1, mas o ideal é 2/1), logo não vai haver sequer absorção do cálcio.

Suplementação de cálcio.
O que se pode fazer teoricamente, é como nas vacas leiteiras, ou seja, ante do parto, reduz-se a quantidade de cálcio na alimentação, de modo a estimular o organismo a reter todo o cálcio que encontra, produzindo a paratormona (hormona produzida na paratiróide, que estimula a absorção de cálcio e Vitamina D no instestino, estimula a absorção a nível renal, e a "destruição" do osso), que vai fazer com que não deixe perder o cálcio. Estando assim o corpo preparado, para aproveitar todo o cálcio que encontrar, assim quando estiver na postura já tem os mecanismo prontos a nível fisiológico, assim, uns dias antes da postura até acabar, podemos dar a suplementação de cálcio (por via oral), assim o próprio corpo trata de absorver o que precisa, sem causar grande stress fisiológico.
As vacas no pós-parto precisam de grandes quantidades de cálcio para a produção de leite, assim o cálcio aumenta-se no pós-parto, a hipocalcémia é algo frequente numa vaca no pós-parto, assim com este método evita-se assim estes problemas.

Caso seja dado cálcio constantemente, o organismo, está habituado a excretar o excesso de cálcio que não precisa, e quando chega a altura da postura, os mecanismo estão trocados, temos um nível de paratormona baixos, e o de calcitonina altos, que faz o inverso da paratormona, e aí vai haver um maior stress fisiológico para a ave, porque para além de estar a precisar de cálcio para os ovos, o corpo continua a eliminar o "excesso", e até que atinja o equilíbrio, por vezes pode haver problemas.
Cumprimentos
________________________________________
Márcio Cardoso Almeida
Médico Veterinário
Especializado em medicina aviária
Endoscopias e medicina preventiva
C.P. 5220
Avatar do Utilizador
mcamedjay
****
 
Mensagens: 408
Registado: sexta, 20/jun/2008, 14:18
Localização: Tarouca

Próximo

Voltar para Fotografia, Digiscoping, Observação de Aves

Quem está ligado:

Utilizadores a ver este Fórum: Nenhum utilizador registado e 2 visitantes