Mozungo
***
Mensagens: 123
Registado: sexta, 15/dez/2006, 19:06
Contacto: Yahoo Messenger

Larvas da cera: alguém já utilizou? [dúvidas]

quarta, 18/set/2013, 22:24

Alguém já utilizou para alimentação de aves de pequeno porte, larvas da cera? Resultados? Cuidados a ter com as larvas? Inconvenientes?


Avatar do Utilizador
AvilandiaPT
*****
Mensagens: 1002
Registado: domingo, 15/out/2006, 08:26
Localização: Benavente - PORTUGAL
Contacto: Sítio web

Re: Larvas da cera: alguém já utilizou? [dúvidas]

quinta, 19/set/2013, 08:19

Olá,

Define "aves de pequeno porte"...
Em relação a serem muito gordas não é bem assim, depende das aves de que estamos a falar. De qualquer forma como a questão não é sobre valores nutricionais passamos ao lado dessa parte que tem muito que se lhe diga.
O maior problema é o tamanho, se conseguires arranjar/criar pequenas até servem, caso contrário, para qualquer coisa abaixo do rouxinol do japão, as larvas de tamanho normal são grandes demais.
Tens uma alternativa mais pequena, semelhante, com as larvas de Grisella (são do mesmo estilo mas mais pequenas 1-1,5cm).
Diria que Galleria é uma grande opção mais para quem tenha insectívoros de pequeno/médio porte não tanto para os exóticos mais frequentes. Para esses, bufalo, tenébrio pequeno e pinkies continuam a ser a melhor opção.

Cumps.
Ricardo M.
ImagemImagemImagem

Mozungo
***
Mensagens: 123
Registado: sexta, 15/dez/2006, 19:06
Contacto: Yahoo Messenger

Re: Larvas da cera: alguém já utilizou? [dúvidas]

quinta, 19/set/2013, 12:41

Ok, obrigado pelas dicas; respondem às minhas dúvidas. No meu caso, que penso ser o da maioria dos criadores, é que dar larvas da cera ou "asticot", vivos, há sempre alguns exemplares que não são comidos, que caem dos comedouros, que as aves transportam e não comem e passado pouco tempo há uma praga de borboletas/moscas varejeiras na zona, muito desagradáveis, que põem problemas sérios a quem viva nas imediações. De momento tenho facilidade em arranjar traça da cera (até demais), nem preciso de me preocupar em criá-las. Quando as tiver, vou aproveitá-las para dar as minhas aves, com os devidos cuidados. Vamos ver como corre.

Voltar para “Alimentação e Nutrição”