hdamasio
Mensagens: 15
Registado: domingo, 10/mai/2009, 10:41
Localização: Lisboa

Criar pardal à mão - algumas dúvidas.

sábado, 30/mai/2009, 23:11

Olá a todos,

Há uns dias atrás encontrei um pardal no meio da estrada perto de minha casa. Como estava um calor enorme, não me esforcei muito por encontrar um ninho, ainda perdi uns 5 minutos mas não vi nada, por isso trouxe-o para casa.

Desde então tenho-o alimentado com papa de criação.
Acho que já está na altura de lhe introduzir novos alimentos na dieta, tenho experimentado mistura para canários, pão, e cereja. Mas não comeu nada, a não ser a cereja, que pessoalmente não estou a pensar voltar dar porque na rua duvido que as encontre ... ( sou da cidade).

Ele já voa alguma coisa, normalmente de ondo o ponho para o meu ombro ( apesar de tentar manter o mínimo de contacto possível).

Como sou leigo na matéria gostaria de pedir ajuda para me orientarem se já será altura indicada para introduzir novos alimentos, assim como a melhor altura para o libertar ( se for a opção correcta ).

Aqui fica uma foto do pequeno(a), não faço ideia de quantos dias tem.
Já perdeu um pouco a cor amarela do bico, está a começar a escurecer, mas ainda tem bico de jovem.

Imagem

Abraços

sergiofrpe
***
Mensagens: 55
Registado: sexta, 24/out/2008, 16:30

domingo, 31/mai/2009, 04:15

Se ele está a desenvolver bem com o que lhe tem tado a dar na alimentação talvez seja melhor não alterar enquanto ele não mostrar alguma independência.

É compreensivel que não se queira afeiçoar ao pardal pensando vir um dia a libertá-lo mas deve ser dificil ele sobreviver "lá fora" depois de ter sido criado em cativeiro. Em principio não estará preparado para procurar o seu próprio alimento mas tente pedir ajuda de modo a minimizar esse efeito para que ele tenha maiores chances de sobreviver.

E Boa Sorte!! :)

hdamasio
Mensagens: 15
Registado: domingo, 10/mai/2009, 10:41
Localização: Lisboa

domingo, 31/mai/2009, 18:18

Obrigado pela resposta.
Hoje experimentei desleixar-me no hora de comer e meti um prato com balacha maria partida e mistura para canários. Assim como um recipiente com àgua.

Piou piou e nada. Comecei a fingir que bicava a comida com o meu dedo e passado um pouco já estava a comer sozinho.
As sementes não lhe agradaram, e as que comeu nem a casca tirou, foi tudo de enfiada.
Agora quero reduzir a quantidade de papa de criação que anda a comer à uma semana.
Estou a pensar dar-lhe :

Bolacha maria
Pão
Fruta ( maçã maioritáriamente )
Sementes ( mistura para canário )


Neste momento está numa "gaiola" improvisada para poder esvoaçar quando não o solto aqui pelo quarto.

aqui fica a obra de arte
Imagem

meti papel à volta para ele se sentir mais abrigado, porque tanto o ninho como a comida estão no chão (estou a pensar em por o ninho cá para cima, para ele se habituar a dormir em sitios altos ).

Agradeço dicas, conselhos, correcções, etc.

cumprimentos

Voltar para “Alimentação e Nutrição”