Avatar do Utilizador
BrunoSilva
***
Mensagens: 161
Registado: terça, 13/mar/2007, 10:35
Localização: Terceira - Açores

Come e vomita

segunda, 12/nov/2007, 22:27

Boa noite a todos,

Precisava de uma grande ajuda.

Estou a criar duas caturras à mão(com a papa da Nutribir da Versele Laga A-21), estando elas agora com 1 mês e poucos dias.

Até aqui estava a correr tudo às mil maravilhas, quando ontem uma delas começou a vomitar um pouco da comida que lhe tinha acabado de dar.

Ontem foi só um bocadinho e foi aumentando, até que hoje ela já vomitou tudo o que tinha comido, ficando com quase nada no papo.

Também reparei que está a ficar com olhinhos de doente(um pouco mais fechado do que o normal) e as penas ligeiramente levantadas.

Alguém sabe a que se deve?

O que lhe posso dar ou fazer?

Estou com medo que isso passe para a outra, pode acontecer?

Antes demais o meu obrigado.
Imagem

Cumprimentos,

Bruno Silva | STAM 316AG

xef
Site Admin
Mensagens: 228
Registado: quinta, 19/out/2006, 23:29
Contacto: Sítio web

segunda, 12/nov/2007, 23:08

Não sei o que poderá causar isso nem como resolver...


Mas penso que as penas levantadas são sinal de fome, por não se estar a alimentar bem (porque vomita).

Avatar do Utilizador
BrunoSilva
***
Mensagens: 161
Registado: terça, 13/mar/2007, 10:35
Localização: Terceira - Açores

segunda, 12/nov/2007, 23:13

Boas Bruno,

Pode ser da fome, mas pelo que ouço dizer , "nas aves o primeiro sinal de doença são as penas levantadas", pelo que também não sei o que dizer e pensar. :(

Obrigado pela ajuda.
Imagem

Cumprimentos,

Bruno Silva | STAM 316AG

Dolfo
*****
Mensagens: 1237
Registado: quinta, 25/jan/2007, 01:56

segunda, 12/nov/2007, 23:47

Boa noite,

Bruno, felizmente isso nunca me aconteceu portanto não sei bem qual possa ser a razão.

Mas se ela começou a regurgitar agora, penso que isso possa dever-se a 1 infecção no papo.
E isso pode ser provocado por várias razões, como por exemplo a papa ter sido dada demasiado quente e ter ferido a ave, para não citar senão uma.

Mas outros membros com mais conhecimentos de doenças, diagnósticos, problemas clínicos, decerto te poderão dar mais detalhes.

Tu estás a alimentá-las só com seringa, sem tubo, como já fizeste antes se bem me lembro, certo?

Se fôr o que penso não deveria haver perigo de contágio, mas espera pela opinião dos mais conhecedores neste tipo de problemas.

Cumprimentos,

Dolfo

Avatar do Utilizador
BrunoSilva
***
Mensagens: 161
Registado: terça, 13/mar/2007, 10:35
Localização: Terceira - Açores

terça, 13/nov/2007, 02:02

Olá Dolfo,

Ainda bem que tives-te sorte com as tuas, pois cá eu estava todo contente com o progresso das minhas, uma vez que um irmão deles que está a ser criado pelos pais, está atrasadissimo em relação aos que trato, nem parecem irmãos. Mas agora isto... fico a pensar se devia ter tido a iniciativa de os tratar à mão??? :roll:

Pois essa seria uma ideia, mas como eu tenho sempre extremo cuidado com a temperatura da papa, isso não será uma opção neste caso.

Dei-lhe à refeição da tarde um vitamínico(Anima Strath) que é indicado para todo o tipo de animais e dei-lhe agora à pouco uma refeição e desta vez já não regurgitou, mas continua com um aspecto de doente, que não me agrada nada.

E penso que a outra está ficar também, vejo que está a ficar com os olhos mais fechados.

Obrigado pela ajuda Dolfo.
Imagem

Cumprimentos,

Bruno Silva | STAM 316AG

Dolfo
*****
Mensagens: 1237
Registado: quinta, 25/jan/2007, 01:56

terça, 13/nov/2007, 03:16

Bruno,

Conheço o Anima Strath de que falas, já o utilizei em tempos, mas não sei se será adequado para aves tão jovens, nem para este efeito. Mas claro, não sabendo o que pode ter causado o problema, é impossível saber o que seria apropriado fazer agora.

Se ela agora comeu e não regurgitou, pode ser bom sinal, espero que sim.

O facto de dizeres que a outra começa a apresentar os mesmos sintomas, já é mais inquietante e parece-me que em certa medida tende a anular a minha hipótese anterior, da papa demasiado quente, embora dependa de como as alimentas, se à vez, se as duas em simultâneo.
Nota que a papa demasiado fria creio que também pode causar problemas, como não conseguirem digerir convenientemente.

Assim como o dar a papa sem terem o papo vazio, ou pelo menos quase vazio.

Outras hipóteses podem passar por ter apanhado uma bactéria qualquer, infelizmente não te posso ajudar muito mais porque de doenças, não percebo nada.

Já agora, começaste a criá-las à mão a partir de que idade?

Dolfo

Milas
***
Mensagens: 50
Registado: sexta, 09/mar/2007, 23:53
Localização: Tomar

terça, 13/nov/2007, 19:27

Boas,
para dizer a verdade eu não sei o que será, mas já me aconteceu parecido.

Com papagaios cinzentos e com conures weddellii, mas só no vomitar, de resto estavam perfeitamente normais. E estes vomitos só aconteceram em aves já quase vestidas.

Obtive resultado dando menos quantidade de papa em cada refeição e tambem mudando de papa. tentei a mudança de papa porque li que a textura da papa pode ser a causa de vomitarem. (Fonte:www.voren.com-"Gritty Formula Causes Regurgitation")

cumprimentos

Avatar do Utilizador
BrunoSilva
***
Mensagens: 161
Registado: terça, 13/mar/2007, 10:35
Localização: Terceira - Açores

quarta, 14/nov/2007, 00:36

Boa noite a todos,

Não sei porquê, mas não recebi um e-mail de notificação da tua resposta Dolfo, enfim...

A papa tenho sempre atenção para ela estar morninha, nem mt quente nem muito fria e sempre com o papo já vazio, ás vezes ainda tem um bocadinha mas pouco.

Eu trato sempre uma de cada vez, às vezes uma primeira e outras vezes a outra, vou variando.

Também estou muito inclinado para uma bactéria, mas como não percebo nada disso nem sei o que posso e devo dar.

Quanto a regurgitar, hoja já foram as duas a fazer isso. :cry:

Milas,

Pois se calhar trocar de comida possa ser uma boa ideia, amanhã já trato disso. Quanto a dar menos, já faço isso porque elas assim me obrigam, ficam com o papo quase vazio porque se tentar dar um pouco mais, ai elas regurgitam tudo e ficam sem nada.

Se alguém tiver mais alguma solução, por favor queiram dizer sff.

Obrigado.
Imagem

Cumprimentos,

Bruno Silva | STAM 316AG

Dolfo
*****
Mensagens: 1237
Registado: quinta, 25/jan/2007, 01:56

quarta, 14/nov/2007, 03:39

Boas,
Não sei porquê, mas não recebi um e-mail de notificação da tua resposta Dolfo, enfim...
Isso ás vezes acontece, num outro tópico creio que foi o Nuno Santos que me explicou quais as possíveis razões. Tenta ver isso na rubrica "Suporte / Sugestões / Novidades", num tópico que criei justamente sobre esse tema.

Não tens hipótese de as levares a um veterinário aviário, ou pelo menos um que perceba mínimamente de aves?
Pode ser que visto a tempo por alguém que identifique o problema isso possa até ser fácilmente resolvido.

Quanto ao que diz o Milas, sobre mudar de papa, soube ainda recentemente que há algum tempo, um lote duma certa marca vinha com problemas, e sei de quem tenha perdido aves por causa disso! Não sei se possa ser o caso!

Eu estou neste momento a criar mais uma ave à mão (um Lori desta vez), mas como ela já estava a ser criada à mão antes de a trazer, com uma marca que nunca utilizei antes, estou gradualmente a mudar para a marca que me dá mais confiança (a Harrison, como os que me conhecem sabem).
Bem sei que esta não existe aí à venda na tua ilha :D , mas outra que já utilizei e com a qual nunca tive problemas, é a Exact, da Kaytee. Essa penso que a deves poder encontrar fácilmente aí nos Açores, Bruno.

A A21 que estás a utilizar, é justamente aquela com que a ave que estou agora a criar à mão estava a ser alimentada. Confesso que não me satisfaz mesmo nada! Tem pedacinhos que não se dissolvem de modo nenhum e que entopem a seringa... e isso não me inspira confiança! :(
Eu estou a mudar gradualmente, porque sempre me disseram que podia não ser benéfico mudar bruscamente de papa, mas no teu caso se calhar impõe-se uma mudança radical, é só uma opinião, mas como disse antes, só mesmo um veterinário te poderia aconselhar correctamente, e no teu caso era o que eu faria num caso desses.

Por acaso é algo que faz falta neste Forum, um veterinário que nos desse umas dicas e nos ajudasse a tentar solucionar alguns destes problemas com que por vezes nos deparamos.

Espero que com a tua descrição dos sintomas das aves haja por aí algum membro com mais conhecimentos sobre isso do que eu que te possa pelo menos pôr no bom caminho para ver se as consegues salvar.

Não me chegastes a responder com que idade as começastes a criar.

Abraço,

Dolfo

Avatar do Utilizador
BrunoSilva
***
Mensagens: 161
Registado: terça, 13/mar/2007, 10:35
Localização: Terceira - Açores

quarta, 14/nov/2007, 10:34

Bom dia,

Dolfo, desculpa mas depois esqueci-me completamente, começei a tratar delas com 8 dias de vida.

Aqui que eu conheça não há assim nehum vet de aviário, mas vou ver se encontro algum(missão impossivel :( ).

Vou ver se há cá da marca que me indicas-te, mas tenho algumas dúvidas... :roll:

A que todas as lojas cá tem é a da Orniex, mas que também não gosto nada e se dizes que a da Versele Laga entope a seringa devias experimentar a da Orniex... :wink:

Mas deve haver cá outra marca, não sei... Daqui a pouco já vejo isso.

Obrigado Dolfo pela ajuda.

Agora de manhão elas não se portaram mt mal, mas continuam com carinha de doentes.
Imagem

Cumprimentos,

Bruno Silva | STAM 316AG

Avatar do Utilizador
AvilandiaPT
*****
Mensagens: 1002
Registado: domingo, 15/out/2006, 08:26
Localização: Benavente - PORTUGAL
Contacto: Sítio web

Vómitos em criação á mão

quarta, 14/nov/2007, 11:48

Olá Bruno,

O mais preocupante não é o vomitar em si, pois como foi dito isso pode acontecer esporadicamente em aves alimentadas à mão, mas sim o facto de ser constante e de as aves começarem a "embolar" e a fechar os olhos.

Temos que colocar várias questões:

- Quais as condições em que estão as aves? Incubadora? Temperatura? Comportamento? etc...
- A papa, é adequada? É que existem papas diferentes com qualidades diferentes mas mais relevante com composições diferentes!
- Método de alimentar? Seringa? Com ou sem ponta? Sonda?
- Como é desinfectado esse material?

De qualquer forma, os problemas deste tipo costumam estar relacionados com alguma forma de infecção, falta saber qual. Duas sugestões, fungos ou bactérias são as mais comuns, mas podem existir outras (lembro-me por exemplo de tricomonas que causa vómitos frequentes, mas é pouco comum em aves criadas à mão tão jovens)

Adiante, possíveis soluções. Se for fungos, é relativamente simples juntar um anti-fungico na papa. Se for bactérias a coisa é mais complicada, já que as opções são muitas (Coli é a mais comum vinda da contaminação da papa ou material)

Notas alguma dilatação na zona do papo? Tipo inchado e cheio de ar? Isso pode indicar algum tipo de fermentação do alimento que não sendo digerido a ave acaba por vomitar. Esse vómito é imediato ou algum tempo depois?
O estarem com ar doente e emboladas está quase de certeza relacionado com os problemas digestivos, como a ave não consegue digerir o alimento devidamente não consegue estar bem alimentada e reage abrindo a plumagem para reter mais calor. (o que não é um sintoma muito frequente de ver em aves mantidas em ambiente aquecido), os olhos fechados é tipico de que a ave não está bem por algum motivo (até nós fazemos isso!)

Alternativas, tentar acidificar a papa pode ajudar se forem bactérias e melhorar alguma coisa a digestão, mas se for uma infecção não é solução.
No que se puder ajudar tentamos.

Cumprimentos,
Ricardo M.
ImagemImagemImagem

Avatar do Utilizador
BrunoSilva
***
Mensagens: 161
Registado: terça, 13/mar/2007, 10:35
Localização: Terceira - Açores

quarta, 14/nov/2007, 13:15

Boas,

Ricardo,

Respondendo às tuas questões:

Condições: Aparentemente elas estavam a evoluir ás mil maravilhas, estão numa maternidade feita por mim, com uma lâmpada e regulador de temperatura, comecei pelos 36-37 graus e fui diminuindo gradualmente, até agora, Ainda tem calor mas jão não muito uma vez que a plumagem está quase completa. Faço sempre uma limpeza diária à maternidade pelo que estão sempre "limpinhas".

Comportamento:
O comportamento delas era excelente, sempre muito vivas e até já respondiam( e ainda respondem) ao meu chamamento, sempre activas(tirando agora claro que estão um bocado abatidas, mas mesmo assim ainda adoram bater asa :D ).

Papa: è a A21 da versele laga que é para psitacídeos de médio porte, pelo que penso até ser uma marca boazinha...

Alimentação:
Com serigas de 10ml normais e sem sonda, desinfectadas em água a ferver depois de cada refeição e além disso de 3 em 3 dias meto-as fora e uso uma nova(sempre esterilizadas e dentro da sua cápsula). Cada seringa só é usada por 3 dias.

Quanto ao papo não notei nenhuma dilatação nem ar, mas por outro lado achei que elas não me estão a fazer bem a digestão uma vez que comeram pouco ontem à noite e hoje de manhã ainda tinham comida no papo, o que não era normal quando elas comiam muito mais e ficavam com o papo vazio na próxima refeição.

O vómito é quase imediato, é logo um minue ou dois depois de serem alimentadas, ás vezes é na mesma altura.

"acidificar a papa" desculpa a minha ignorância, mas como faço isso?
Imagem

Cumprimentos,

Bruno Silva | STAM 316AG

Dolfo
*****
Mensagens: 1237
Registado: quinta, 25/jan/2007, 01:56

quarta, 14/nov/2007, 14:01

Boas,

Antes de mais muito obrigado ao Ricardo pela preciosa ajuda.
"acidificar a papa" desculpa a minha ignorância, mas como faço isso?
Bruno, lembro-me de ter lido num Forum francês, que para aves com problemas de digestão, uma das formas de acidificar a papa é juntar à papa umas gotas de, e espero não dizer asneira (Ricardo corrige-me por favor se fôr o caso), sumo de maçã natural.
Dolfo, desculpa mas depois esqueci-me completamente, começei a tratar delas com 8 dias de vida.
Ok. Bom, eu nunca ousei começar com crias de espécie alguma tão cedo, mas há quem as crie a partir do 1º dia.
Aqui que eu conheça não há assim nehum vet de aviário, mas vou ver se encontro algum(missão impossivel :( ).
Bom, a intervenção do Ricardo já é uma excelente ajuda, e tenho a certeza que ele te poderá ajudar mais se lhe deres todos os detalhes.
Vou ver se há cá da marca que me indicas-te, mas tenho algumas dúvidas... :roll:
Referes-te com certeza à Exact da Kaytee. Essa é bastante corrente aqui no continente, um bom número de lojas de animais hoje têm dessa papa.
Das correntes, e das que conheço, essa é a um bom preço, e pela minha experiência acho que é uma boa papa.
A que todas as lojas cá tem é a da Orniex, mas que também não gosto nada e se dizes que a da Versele Laga entope a seringa devias experimentar a da Orniex... :wink:
Essa nunca usei e desconheço completamente.


Abraço,

Dolfo

Pedro121
*****
Mensagens: 2752
Registado: terça, 17/out/2006, 09:46
Localização: Caldas da Rainha

quarta, 14/nov/2007, 14:52

Se elas tem vómitos e despejam o papo lentamente, é muito provavelmente uma infecção no papo, normalmente podem ser fungos ou bacterias, eu apostava nos fungos e dava-lhe um antifungico
Pedro Ramalho

Avatar do Utilizador
AvilandiaPT
*****
Mensagens: 1002
Registado: domingo, 15/out/2006, 08:26
Localização: Benavente - PORTUGAL
Contacto: Sítio web

Vómitos em aves alimentadas à mão

quarta, 14/nov/2007, 17:54

Olá,

Antes de mais a minha experiência com alimentação á mão de psitacídeos é reduzida por isso estou a olhar para a situação apenas do ponto de vista de procedimento e possíveis fontes de problemas.
Parece-me pela descrição que esses procedimentos estão correctos, não sou grande adepto da alimentação directa com seringa (excepto em alguns insectivoros e fringilideos), mas isso é pessoal.

Se estão a aguentar alguns dias assim, eu também suspeitaria em primeira possibilidade de fungos, muito provavelmente candida. A origem pode ser de alguns restos de papa que ficam sempre com este método por muito cuidado que se tenha.
O vómito é quase imediato, é logo um minue ou dois depois de serem alimentadas, ás vezes é na mesma altura.
O vómito imediato neste pode surgir da irritação das paredes do papo. Quando recebem comida (sobretudo morna), estando sensiveis, a reacção é de vomitar. Aliás é o mesmo que nos acontece quando temos algum problema no estômago assim que lá "cai" qualquer coisa...
"acidificar a papa" desculpa a minha ignorância, mas como faço isso?
Como o Dolfo já referiu, é um processo simples. Os meios ácidos favorecem por um lado alguns aspectos da digestão, e por outro dificultam a vida a algumas bactérias e fungos. O método mais usado é vinagre de cidra, ou simplesmente sumo de limão. Mas existem no mercado acidificantes digestivos. Não sendo uma solução pode ajudar a melhorar a digestão.

não me estão a fazer bem a digestão uma vez que comeram pouco ontem à noite e hoje de manhã ainda tinham comida no papo

Pois, isso de normal não tem nada!
Eu sugiro que independentemente do problema aumentes novamente a temperatura, por um lado isso ajuda as aves a conservar energia, por outro favorece a digestão, e por outro ainda, vai fazer com que bebam mais (o que facilita aplicares qualquer tratamento já que vais dar mais água)

São alternativas para o problema, embora possa ter outras causas, nomeadamente bactérias e nesse caso a coisa é mais vasta. Concordo com o Pedro, caso não consigas realizar um diagnóstico mais concreto com um veterinário, usar um anti-fungico pelo menos elimina essa parte.

Cumprimentos,
Ricardo M.
ImagemImagemImagem

Voltar para “Doenças / Medicamentos / Tratamentos”