Dolfo
*****
Mensagens: 1237
Registado: quinta, 25/jan/2007, 01:56

Desparasitante

sábado, 24/fev/2007, 17:02

Boas,

Poderiam os criadores mais experientes recomendar-me 1 produto seguro para desparasitar as minhas aves (caturras, roselas + 1 massarongo) ?

Eu comprei o "Intervermes O.C." da Avizoon (até há pouco chamava-se S.P. Vermes, mas recentemente mudaram-lhe o nome), mas com o problema de fezes líquidas com que andam 2 das minhas caturras adultas ainda não lhes dei o dito desparasitante.
Também comprei pela mesma ocasião 1 saqueta de "Totiverme Vet", dos laboratórios Atral.

Como nunca antes as desparasitei, estou hesitante sobre qual lhes dar, ou até se há por aí algum produto mais aconselhável.

Já agora, li algures que depois de lhes dar o desparasitante convinha a seguir dar-lhes um complexo multi-vitaminas, isso confirma-se?

Que me dizem os que sabem do assunto, até por experiência própria?

Obrigado.

Cumprimentos,

Dolfo

Dolfo
*****
Mensagens: 1237
Registado: quinta, 25/jan/2007, 01:56

quarta, 07/mar/2007, 10:38

Bom dia,

Caros amigos foristas, com tanto criador experiente por aí, ninguém tem conselhos ou dicas ou opiniões sobre o assunto? ...

Obrigado,

Dolfo

Armando Moreira
Site Admin
Mensagens: 1263
Registado: sábado, 14/out/2006, 22:38
Localização: Maia - PORTUGAL
Contacto: Sítio web

Desparazitantes

quarta, 07/mar/2007, 11:08

:D Olá Dolfo!

Bom já que insiste no assunto aqui vai.

Para desparasitação interna de aves e não só.
É um dos mais activos desparasitantes internos (nematicida) sendo activo contra a maior parte dos parasitas do intestino, isófago, pulmões, olhos, nomeadamente: ascaris, capillária, singamus trachea, esophagostomum, heterakis, oxispirura.

Existe um produto em que a composição é o Levamisol conhecido comercialmente com Vermizoo.

Certamente que existirão outros digo já que não tenho qualquer interesse comercial neste assunto. Espero que compreendam... :lol: :lol:

Com amizade, :)

Dolfo
*****
Mensagens: 1237
Registado: quinta, 25/jan/2007, 01:56

quarta, 07/mar/2007, 11:32

Olá Armando,

Obrigado pela resposta :wink:

Já agora uns pequenos esclarecimentos.
Para desparasitação interna de aves e não só.
Quando diz "e não só", isso quer dizer que o tal produto dá para desparatisação interna, mas também serve para outra(s) coisa(s), suponho. Para o quê?
nematicida
Isto è a marca ou o produto que entra na composição de certos desparasitantes?

Já agora, pela descrição que faz do que isso combate, será que também è indicado para 1 pergunta que faço num outro post, sobre ácaros pulmonares e/ou piolho da traqueia?
Existe um produto em que a composição é o Levamisol conhecido comercialmente com Vermizoo.
Ok, neste caso estamos a falar de outro produto, certo?
A marca será se bem entendo Vermizoo e o produto activo o Levamisol?
Certamente que existirão outros digo já que não tenho qualquer interesse comercial neste assunto. Espero que compreendam...
Armando, a meu ver (enfim, è só a minha humilde opinião, claro) para a gente falar em linguagem que seja entendida por todos, sobretudo noviços no assunto, não há outra forma senão chamar as coisas pelos seus nomes!
Estes conselhos, vindos de criadores com experiência são úteis para todos os que pouco ou nada sabem do assunto, de modo que pessoalmente não vejo nisso qualquer publicidade, mas sim informação/divulgação.

A mim se me pedirem opinião sobre 1 boa marca de sementes ou de granulados não tenho outro remédio senão recomendar a melhor que conheço e chamá-la pelo nome! E claro que não tenho qualquer interesse comercial nisso, è só 1 opinião baseada no pouco que sei e que pode ajudar outros, e claro, outras opiniões são tão válidas como a minha, cada um fala do que sabe e acha que è bom para as nossas aves :)

Mais uma vez um grande obrigado,

Dolfo

Armando Moreira
Site Admin
Mensagens: 1263
Registado: sábado, 14/out/2006, 22:38
Localização: Maia - PORTUGAL
Contacto: Sítio web

Desparasitante

quarta, 07/mar/2007, 15:17

:D Ola Dolfo!

"E não só" quero dizer que tambem desparazita outros animais como pombos-correio, coelhos anões, hamsters, chinchilas e outros pequenos roedores.

Nematicida quer dizer que mata Os nematóides são vermes de corpo aproximadamente cilíndrico, geralmente esguios e alongados, afilando-se de modo gradual ou abrupto nas extremidades ...

Quanto aos acaros da traqueia isso é outro assunto...PF Não leve a mal de eu não me alongar a seguir ja vai entender o porquê.


O que eu quero dizer com o meu comentario do ultimo paragrafo também tem a ver com o seguinte.
Não sou veterinário nem farmaceutico, nem tenho formação em biologia ou eng. produção animal. Logo os meus conhecimentos sobre medicamentos, doenças e tratamentos são limitados.
Conversar com uma pessoa não é o mesmo que falar para uma plateia, podemos estar a dizer uma grande asneira e a induzir em erro muitas pessoas...Por isso tenho muita cautela em divulgar/informar sobre estes assuntos em publico.

Com amizade, :)

Dolfo
*****
Mensagens: 1237
Registado: quinta, 25/jan/2007, 01:56

quarta, 07/mar/2007, 15:45

Olá Armando.

Obrigado pelos esclarecimentos.
Conversar com uma pessoa não é o mesmo que falar para uma plateia, podemos estar a dizer uma grande asneira e a induzir em erro muitas pessoas...Por isso tenho muita cautela em divulgar/informar sobre estes assuntos em publico.
Sim, claro, eu compreendo perfeitamente.
Mas por isso è que è bom haver no Forum várias opiniões sobre o mesmo assunto, cada um bem entendido exprimindo-se de acordo com a sua experiência pessoal, e claro está nem todos têm que estar de acordo porque a experiência de um pode ser diferente da de outro criador. Mas não deixa de ser positivo trocar ideias e dar o seu contributo.

E para quem pouco ou nada sabe, sempre fica a aprender algo, quanto mais não seja que existem diferentes produtos, que tal ou tal produto funcionou com tal ou tal criador e assim sucessivamente..

Isto è como a história da alimentação, por exemplo.
Uns continuam a dizer que a velha mistura de sementes è que è bom.
Outros dirão que a mistura desta ou daquela marca è que è a mais indicada.
Outros ainda dirão que sementes nem vê-las, que os granulados è que è bom.

Para mim, o simples facto de saber que existem várias opções, leva-me a pesquisar e a informar-me sobre elas, tentar saber da disponibilidade de tal ou tal marca no mercado nacional, e até testar esta ou aquela se as encontrar à venda.
Ou seja, só assim consigo com o tempo formar a minha própria opinião.

Mas se ninguém nunca me tivesse falado da Versele-Laga (isto è 1 exemplo, porque è a minha marca de eleição actualmente, mas è claro que não tenho qualquer interesse comercial em promovê-la, aliás de hoje para amanhã se descobrir outra marca que outros criadores achem melhor, como não sou nada fiel, mudo sem hesitar; por acaso já me disseram muito bem da Harrison, mas ainda não encontrei quem a comercialize por cá senão até já tinha testado!) eu se calhar continuava a dar mistura de sementes a vulso ás minhas aves, ou nem sequer saberia da existência dos granulados.

È nesse aspecto em que eu acho que em certa medida divulgar ajuda a informar.
Só não temos è que tomar como verdade única e absoluta 1 só opinião e temos que ser flexíveis para aceitar todas as opiniões.

Enfim, è o meu ponto de vista sobre isto, e claro que aceito todos os outros.

Obrigado.

Cumprimentos,

Dolfo

Dolfo
*****
Mensagens: 1237
Registado: quinta, 25/jan/2007, 01:56

quarta, 07/mar/2007, 16:15

Já agora só mais uma achega neste tema, para tentar melhor exemplificar o que quero dizer.

Eu também não sou veterinário, nem farmacêutico, nem tenho qualquer formação nesse campo.

Ora bem, vou à loja X, que só vende produtos da marca X, pergunto-lhes o que me recomendam como desparasitante, e como eles só têm da marca X, vão-me dizer que aquele è o melhor que há.
Mas se for à loja Y, que só vende da marca Y, o mesmo se vai passar.
E assim por diante...

Conclusão: não è nos logistas que a gente se pode fiar para ter 1 opinião independente.

Agora os veterinários: è mais ou menos a mesma coisa, um prefere tal marca, outro outra marca... Se tem a ver com viagens pagas, ou percentagens nas vendas de tal ou tal marca, como se diz que acontece com certos médicos, isso não sei! Até pode ser por uma questão de experimentação e obtenção de bons resultados! Pode muito bem ser que haja no mercado mais do que uma boa marca eficaz para combater tal ou tal doença.
E óbviamente, em caso de doença è um veterinário que se deve consultar.

Mas bom, para pedir conselhos, dicas, sugestões, trocar impressões, eu pessoalmente em quem è que faço mais confiança?
Nos criadores experientes!
Porquê?
Porque quando recomendam tal ou tal produto, è porque obtiveram bons resultados com ele nas suas aves, sem nada a ver com algum interesse comercial!
Fazem-no porque ficaram satisfeitos e claro está recomendam o produto que lhes deu satisfação.
Mesmo que o produto varie de criador para criador, ainda assim cada um fala do que experimentou e ao qual reconhece mérito.

Enfim, pelo menos acho que è assim.

Cumprimentos,

Dolfo

pintas1977
Site Admin
Mensagens: 772
Registado: quarta, 11/jul/2007, 23:03
Localização: Malveira/Mafra

terça, 24/jul/2007, 00:55

Boas a todos

Neste tópico fala-se de desparasitantes, mas penso que está mais relacionado com os Psitacideos de grande porte.
No meu caso nunca usei desparasitante.

Alguém me sabe explicar se no caso de pássaros de pequeno porte (Pintassilgos, Canários e outros) é mesmo necessário usar ???

Se sim. Qual a importância e as consequências de não usá-lo e qual a altura adequada para fazer a desparasitação neste tipo de pássaros???
Cumprimentos
Jaime Simões

Dolfo
*****
Mensagens: 1237
Registado: quinta, 25/jan/2007, 01:56

terça, 24/jul/2007, 02:22

Olá Jaime,
Neste tópico fala-se de desparasitantes, mas penso que está mais relacionado com os Psitacideos de grande porte.
De facto ao lançar o tópico era relacionado com psitacídeos, mas não de grande porte. No meu caso só tenho bicos curvos de médio porte.
Alguém me sabe explicar se no caso de pássaros de pequeno porte (Pintassilgos, Canários e outros) é mesmo necessário usar ???
Francamente não tenho a certeza. Dos posts anteriores fiquei sem saber se o Armando utiliza com as aves dele ou não. Como ele só cria bicos direitos, se de facto utiliza o produto que antes mencionou então é porque se pode utilizar para essas aves.
Qual a importância e as consequências de não usá-lo e qual a altura adequada para fazer a desparasitação...?
Pois, boa pergunta.
Eu sou franco, depois deste tempo todo continuo sem saber!

E como se fala pouco do tema e a informação é escassa e por vezes contraditória, até agora acabei por nunca desparasitar nenhuma das minhas aves!

Pode ser que agora que o tema foi relançado haja mais detalhes, aves que se devem desparasitar, prós e contras, períodos do ano indicados para o fazer, cuidados a ter, etc, etc, etc... :wink:

Cumprimentos,

Dolfo

Armando Moreira
Site Admin
Mensagens: 1263
Registado: sábado, 14/out/2006, 22:38
Localização: Maia - PORTUGAL
Contacto: Sítio web

Desparasitantes

terça, 24/jul/2007, 22:33

Ola a Todos!

Jaime os desparazitantes acima referidos, podem ser usados em aves mais pequenas. O que varia é a quantidade que devemos dar.

Geralmente as embalagens dos "desparasitantes" indicam as doses e a duração do tratamento.

Na ornitofilia, existem adeptos do uso de desparazitantes e aqueles que por norma são contra.

A minha opinião é que só devemos recorrer se tivermos razões ou suspeitas que o justifique. ( por exemplo, fracos resultados na criação, aves sem vitalidade, etc.)

Muitos criadores usam antibióticos de largo espectro antes da época reprodutiva e dizem que estão a desparazitar as suas aves.
De facto se as aves tiverem algum problema mascarado, ou seja sem sintomas de salmonelas, coccidiose, infecção respiratória, coriza, gasto-entrite e os mico-organismos forem sensíveis a composição do antibiótico, limpa estes males todos.

O problema é que o abuso dos antibióticos cria resistências nas doenças tornando mais difícil a cura ou mesmo impossibilidade de cura. Por isso existem varias composições diferentes antibióticos a para a mesma doença.

Também se for usada uma dose muito grande podemos esterilizar as aves de uma maneira temporária ou no pior dos casos para sempre.

Não devemos associar varios desparazitantes, pois alguns são incompatíveis por diminuir a sua eficácia.


Geralmente depois de um tratamento com antibióticos devemos fornecer vitaminas do complexo B, para ajudar o organismo da ave a se recompor da agressão sofrida pelos fármacos.

Certamente haverá outras opiniões e praticas diferentes das minhas e também com bons resultados.

Dolfo existem algumas empresas que fornecem esquemas de tratamentos com os seus produtos. Fornecem um quadro onde é indicado o produto ("desparazitantes", vitaminas, etc) e outro onde se especifica os dias que ele deve ser dado e os períodos do ano (Reprodução, Preparação para a postura, Desenvolvimento das crias, separação das crias, período de repouso, período de exposições). Geralmente estes prospectos aparecem nas exposições de aves ou nas lojas artigos para aves e em alguns clubes.

Agora cada um deve fazer o que entender e procurar o caminho que melhor lhe convem, na busca dos melhores resultados na criação e manutenção das suas aves.


Cordiais cumprimentos, :)

Dolfo
*****
Mensagens: 1237
Registado: quinta, 25/jan/2007, 01:56

terça, 24/jul/2007, 23:38

Boa noite,

Olá Armando, obrigadíssimo pela resposta detalhada, que decerto vai ajudar alguns de nós :wink:

Abraço,

Dolfo

pintas1977
Site Admin
Mensagens: 772
Registado: quarta, 11/jul/2007, 23:03
Localização: Malveira/Mafra

quinta, 26/jul/2007, 00:44

Olá a todos

É sempre com imenso prazer que oiço as opiniões de dois dos mais ilustres e participativos membros deste Fórum.

Dolfo Escreveu:Olá Jaime,
Neste tópico fala-se de desparasitantes, mas penso que está mais relacionado com os Psitacideos de grande porte.
De facto ao lançar o tópico era relacionado com psitacídeos, mas não de grande porte. No meu caso só tenho bicos curvos de médio porte.

Dolfo, tens toda a razão; descupa o meu erro mas é que considerei tudo o que era acima do periquito como grande porte. :lol: :lol: :lol:
É que a minha experiência resume-se a bicos direitos, apesar de eu á uns anos ter criado muitos periquitos. No entanto gosto dessas aves e observo frequentemente esses tópicos, só não participo por não perceber do assunto e não cometer gaffes como esta. :oops:

Armando, gostei muito de ouvir a sua opinião. E dá-me jeito não ter que usar mais um medicamento, já me basta a prevenção da coccidiose e os tratamentos do costume.
Cumprimentos
Jaime Simões

Dolfo
*****
Mensagens: 1237
Registado: quinta, 25/jan/2007, 01:56

quinta, 26/jul/2007, 01:12

Boa noite,
É sempre com imenso prazer que oiço as opiniões de dois dos mais ilustres e participativos membros deste Fórum.
Wow! Se eu fosse do género de corar já tava da cor da bandeira chinesa... :lol:
Agora mais a sério, no meu caso participativo é um facto, ilustre... eu diria mais um principiante com vontade de aprender e com muito respeito pelas opiniões dos que já andam neste hobby há muitos anos, e para isso é preciso perguntar, pedir conselho, trocar ideias... :wink:
...descupa o meu erro mas é que considerei tudo o que era acima do periquito como grande porte. :lol: :lol: :lol:
Não tens de quê! :wink:

Nota que não há 1 verdadeiro consenso quanto ás caturras, roselas, massarongos (que citei no 1º post) serem de médio porte, nem todos estão de acordo, eu é que os meto (estes) todos no mesmo saco, e pode muito bem ser que a minha opinião não seja a mais correcta :D

Obrigado por teres relançado um tópico que estava meio esquecido, assim sempre deu para aprender mais qualquer coisa com o amigo Armando :wink:

Cumprimentos,

Dolfo

Voltar para “Doenças / Medicamentos / Tratamentos”