pintas1977
Site Admin
Mensagens: 772
Registado: quarta, 11/jul/2007, 23:03
Localização: Malveira/Mafra

Hibridos claros (Quais as melhores fêmeas para consegui-los)

domingo, 15/jul/2007, 01:48

Boas :lol:

Já tentei e consegui facilmente tirar hibridos (PintassilgoxCanária) com várias espécies de Canárias e várias cores.
Acontece que eles saem sempre escuros.

Quais as Fêmeas ideais para conseguir os Hibridos o mais claro possível ???

Houvi rumores de que isso seria possível com Canárias Brancas ou Amarelas com Olhos Vermelhos. Será possível ?????

Cumpts
Jaime

Armando Moreira
Site Admin
Mensagens: 1263
Registado: sábado, 14/out/2006, 22:38
Localização: Maia - PORTUGAL
Contacto: Sítio web

Hibridos claros de pintassilgoxcanaria

domingo, 15/jul/2007, 12:08

:D Ola a Todos!


Jaime, bem vindo ao fórum.
Com eu já lhe referi numa outra ocasião não sou criador de híbridos.

Penso que só será possível obter hibridos claros malhados se trabalhar com canárias lipocromos (branco ou amarelo ou vermelho ou mosaico amarelo ou mosaico vermelho) e pintassilgo machos ancestrais ou fenotipo selvagem.

A utilização de canárias lipocomo branco ou amarelo de olhos vermelhos tem como objectivo retirar intensidade ou diluir as melaninas nos descendentes hibridos. Logo aumenta a hipótese de obter hibridos mais claros.

Se calhar existem outras opiniões ou caminhos para obter hibridos claros de (pintassilgo macho cor selvagem x canária).

Vamos aguardar por mais opiniões, :)

Miguel Isidoro
***
Mensagens: 247
Registado: quinta, 02/nov/2006, 16:21

Hibridos claros de pintassilgoxcanaria

terça, 17/jul/2007, 12:34

Olá a todos,

Jaime,

Relativamente às canárias com as quais poderá tirar híbridos "diferentes", usando pintassilgos clássicos, creio que só haverá duas possibilidades:
1) canárias brancas dominante (sejam da série melanica ou lipocrómica) -deste cruzamento resultará uma taxa de 50% de híbridos com a cor de fundo branca.

2) canárias malhadas - poderá obter híbridos malhados (mas relativamente a esta informação não tenho 100% a certeza!)

Armando, desta vez tenho de discordar! :cry:

"A utilização de canárias lipocomo branco ou amarelo de olhos vermelhos tem como objectivo retirar intensidade ou diluir as melaninas nos descendentes hibridos. Logo aumenta a hipótese de obter hibridos mais claros."

O problema é que para se retirar intensidade ou diluir melaninas é necessário estarmos perante uma mutação e não é este o caso.

Nos canários melanicos, as mutações que provocam o "efeito" olhos vermelhos têm uma transmissão ligada ao sexo (satiné) ou recessiva (pheo, eumo). Nos canários lipocrómicos não sei bem mas não creio que alguma das mutações (albino, lutino) seja transmitida de forma dominante.
No primeiro caso o gene tem de estar presente nos dois cromossomas X (se for um macho-XX) ou no único cromossoma X (se for uma fêmea-XY)
No caso das mutações que se transmitem de forma autossomica e recessiva, os genes têm de estar presentes em "dose" dupla!

Ora, o que é que temos quando cruzamos um pintassilgo clássico com uma canária mutada?

Temos um macho da série negra (oxidação máxima de todos os pigmentos) e uma fêmea mutada. Certo?

Vamos portanto obter hibridos que são apenas portadores das mutações (todos no caso das recessivas, só os machos no caso das ligadas ao sexo)

Ora, da mesma maneira que é impossível distinguir um canário ágata portador de eumo de outro ágata que não seja portador de eumo, ou que é impossivel distinguir um castanho portador de pheo de um castanho não portador de pheo, ou ainda um amarelo portador de lutino de um amarelo não portador de lutino (são só exemplos), também não há motivo nenhum para que houvesse alguma maneira de distinguir um híbrido portador de qualquer mutação de outro não portador.

Com os melhores cumprimentos,

Miguel Isidoro

Armando Moreira
Site Admin
Mensagens: 1263
Registado: sábado, 14/out/2006, 22:38
Localização: Maia - PORTUGAL
Contacto: Sítio web

Cruzamentos lipocromo x melanico

terça, 17/jul/2007, 13:06

:D Ola Miguel!


O que diz esta correcto quando fala de cruzamentos entres aves melanicas.

A minha hipótese é quando cruzamos uma ave melanica com uma ave lipocromo, os descendentes serão aves malhadas. Ora estas malhas ou manchas (Claras ou escura) que eu saiba não podemos prever a sua distribuição ou o seu maior ou menor numero. Se acrescentarmos a isto a cor vermelha dos olhos da "canária lipocromo", gostaria de saber quais as suas previsões genéticas em relação aos descendentes malhados (hibridos pintos).

Se o Miguel ou alguém deste fórum conhecer algum livro ou site que explique geneticamente os resultados de cruzamentos entre aves melanicas e lipocromo, gostaria que nos informassem. Pois eu estou disponível para aprender.:wink:

Com amizade, cordiais cumprimentos, :)

Miguel Isidoro
***
Mensagens: 247
Registado: quinta, 02/nov/2006, 16:21

Cruzamentos lipocromo x melanico

terça, 17/jul/2007, 14:45

Olá Armando,

"A minha hipótese é quando cruzamos uma ave melanica com uma ave lipocromo, os descendentes serão aves malhadas."

Creio que não é assim tão simples e linear.

Grande parte dos cruzamentos com pintassilgos eram tradicionalmente (se calhar ainda são) feitos com canárias amarelas e os hibridos não são malhados.

Confesso que não lhe sei responder à sua dúvida mas uma coisa para mim é clara, a cor dos olhos não deve ter influência na cor dos híbridos, justamente por ser uma caracteristica provocada pelo efeito de mutações que se transmitem de forma recessiva ou ligada ao sexo.

A genética das aves malhadas é complexa e creio já ter lido (não me recordo onde) que pode ser uma caracteristica dominante (daí ter dito que há a possibilidade de obter híbridos malhados usando canárias malhadas - isto sem dar uma garantia total: creio que assim será mas não garanto!)

Um facto que me causa alguma estranheza na teoria segundo a qual do cruzamento de uma ave melanica com uma ave lipocrómica obtemos, logo, sem mais, aves malhadas é o facto de nas aves da fauna europeia haver mutações malhadas (não estou a falar de aberrações mas sim de mutações!!!) quando não há aves lipocrómicas! O melhor exemplo é o caso dos verdelhões e dos pintarroxos de queixo preto!

Com os melhores cumprimentos,

Miguel Isidoro
Última edição por Miguel Isidoro em terça, 17/jul/2007, 21:13, editado 1 vez no total.

pintas1977
Site Admin
Mensagens: 772
Registado: quarta, 11/jul/2007, 23:03
Localização: Malveira/Mafra

Hibridos

terça, 17/jul/2007, 20:00

Boa Tarde

Primeiro que tudo obrigado ao Miguel e ao Armando por não deixarem morrer este tema.

Por experiência própria posso desde já tentar esclarecer uma duvida.Por incrivel que pareça já consegui hibridos com uma canária Gloster malhada de Poupa e o resultado foi o seguinte :
3 Posturas=12 ovos=6 Crias Vivas + 3 mortos dentro do Ovo + 3 Ovos goros
Dessas crias nenhuma vinha com Poupa nem malhada e todas elas saíram
escuras.

Com Glosters Malhadas sem Poupa o Resultado foi idêntico.

Com uma Canária Amarela o resultado também foi idêntico mas só morreu um dentro do Ovo.

Com uma Branca não consegui ainda.


Este ano com uma Mosaico Vermelha o resultado foi o seguinte:
1ªPostura= 4 ovos não fecundados
2ªPostura= 4 Crias mortas dentro do Ovo
3ªPostura=2 Crias vivas e 2 mortas dentro do Ovo e as sobreviventes são escuras.

Quanto á opção com olhos vermelhos ainda não experimentei mas ouvi rumores de que daria certo.Era isso que eu queria confirmar neste tópico através da Experiência de alguém.
Cumprimentos
Jaime Simões

Pedro121
*****
Mensagens: 2752
Registado: terça, 17/out/2006, 09:46
Localização: Caldas da Rainha

Re: Cruzamentos lipocromo x melanico

terça, 17/jul/2007, 21:22

Miguel Isidoro Escreveu:


Um facto que me causa alguma estranheza na teoria segundo a qual do cruzamento de uma ave melanica com uma ave lipocrómica obtemos, logo, sem mais, aves malhadas é o facto de nas aves da fauna europeia haver mutações malhadas (não estou a falar de aberrações mas sim de mutações!!!) quando não há aves lipocrómicas! O melhor exemplo é o caso dos verdelhões e dos pintarroxos de queixo preto!

Miguel Isidoro
Exacto, de resto o tema já foi anteriormente debatido

viewtopic.php?p=588&highlight=#588
Pedro Ramalho

pintas1977
Site Admin
Mensagens: 772
Registado: quarta, 11/jul/2007, 23:03
Localização: Malveira/Mafra

sexta, 20/jul/2007, 01:04

Boas


Vá lá, participem !!!!! :arrow: :arrow: :arrow:
Última edição por pintas1977 em sexta, 27/jul/2007, 00:06, editado 1 vez no total.
Cumprimentos
Jaime Simões

Avatar do Utilizador
PaulojpFernandes
Site Admin
Mensagens: 651
Registado: sábado, 16/dez/2006, 01:07
Localização: Atg. Baleia - PENICHE

Hibridos claros

sexta, 20/jul/2007, 13:41

8) Olá a todos,

Miguel Isidoro disse:
1) canárias brancas dominante (sejam da série melanica ou lipocrómica) -deste cruzamento resultará uma taxa de 50% de híbridos com a cor de fundo branca.
Concordo, pois á uns anos tive exatactamente de uma canária branco dominante que em quatro ovos tres vieram claros e um escuro só que foi logo no inicio de eu começar este hobbie (á cerca de 14 anos)e ainda não tinha os conhecimentos que tenho hoje e quando da altura de anilhar a canária conseguiu matar-me os passarinhos todos por causa das anilhas era ainda inverno e eu tinha os passarinhos ao ar livre e quando chegava a casa depois do trabalho tinha sempre uma triste noticia, fiquei tão danado na altura de o destino da canaria foi afogamento dentro de um balde de água, dia a dia ía um bocado ao banho até que ao quarto passarinho morreu afogada...hoje já tenho outras condições e conhecimentos e como é obvio já não fazia isso...

Saudações
Paulo Jorge
STAM`s REGIONAIS
(FOP) (FONP)
AD70... 855J
______________
Imagem

pintas1977
Site Admin
Mensagens: 772
Registado: quarta, 11/jul/2007, 23:03
Localização: Malveira/Mafra

sexta, 20/jul/2007, 20:22

Olá a todos

Paulo obrigado pela tua resposta pois mais uma vez, vejo que se aprende mais com casos práticos, apesar de a teoria também ser muito importante; eu por exemplo leio muitos livros sobre estes Temas.

Levantaste também um assunto que me interessa.

Este ano também tive uma Canária que tinha problemas com as anilhas; pois sempre que eu as punha ela retirava-as e inclusive muitas vezes arrastava as crias pela Gaiola a fora só para conseguir retirar as anilhas.Tentei escurecer as anilhas mas ela continuava a fazer o mesmo; até que optei por desistir para não por em risco a vida das crias.

Resultado: Tenho agora duas crias Hibridas sem anilhas e uma Canária Mosaica Vermelha que estou a pensar em despachar para alguém que não anilhe os pássaros.

Por acaso tens outra Solução para estes casos ?
Cumprimentos
Jaime Simões

Avatar do Utilizador
PaulojpFernandes
Site Admin
Mensagens: 651
Registado: sábado, 16/dez/2006, 01:07
Localização: Atg. Baleia - PENICHE

anilhas

sexta, 20/jul/2007, 20:32

8) Olá a todos,

Jaime, nós também já tinhamos debatido este tema aqui no forum...

E basicamente os conselhos são por exemplo aquilo que fizeste (escurecer a anilha) porque como as tuas são da loja devem ser prateadas as "oficiais" todos os anos têm uma cor diferente e melhorou, outra situação é colocar (cozer) uma anilha ao fundo do ninho para as femeas não estranharem o objecto, outra é anilhar á noite pouco antes de apagar as luzes e outra é ir eliminando este defeito muitas das vezes genético a exemplo das que depenam os filhotes, portanto deve ser mais um dos nossos critérios de selecção do nosso plantel...

Saudações
Paulo Jorge
STAM`s REGIONAIS
(FOP) (FONP)
AD70... 855J
______________
Imagem

Manuel M.
*****
Mensagens: 768
Registado: sábado, 20/jan/2007, 20:15
Localização: Bruxelas / Matosinhos

Anilhas

sexta, 20/jul/2007, 22:45

Boas Pintas 1977

O PaulojpFernandes deu a ideia de coser a anilha ao ninho, boa opção, tambem pode emvolver a anilha com uma pequenina tira de adesive, è uma forma muito utelisada plus criadores.

Bom fim de Semana a todos.

Manuel Marinho

carlosbombarral
****
Mensagens: 373
Registado: terça, 17/out/2006, 23:20
Localização: Bombarral

sexta, 20/jul/2007, 23:44

Boas
Como as minhas aves são um bocado adversas a anilhagem, falo da maior parte dos exóticos, sobretudo alguns africanos, costumo ter uma ou duas anilhas, ás vezes até de cores diferentes (anos anteriores) penduradas com um arame ou clip junto ao ninho ou perto dos comedouros, para as aves se familiarizarem com elqas e não estranharem tanto.
Basicamente é o que o Paulo faz mas de uma forma diferente.
Cumprimentos
Carlos Felicio

pintas1977
Site Admin
Mensagens: 772
Registado: quarta, 11/jul/2007, 23:03
Localização: Malveira/Mafra

sexta, 27/jul/2007, 00:02

Olá a todos

Agradeço todas as opiniões que foram dadas e que foram extremamente uteis.Já defini uma ideia do que preciso fazer, no entanto......................

Gostaria de relançar este assunto na forma de outra pergunta.

Já alguém Cruzou um Pintassilgo Macho com uma Canária Lipocromica Branca ou Amarela de olhos vermelhos :?:

Se sim, quais os resultados :?:

Possivelmente não vou ter resposta, mas não há nada como experimentar. :roll:
Cumprimentos
Jaime Simões

Rui
***
Mensagens: 61
Registado: quinta, 01/fev/2007, 21:01
Localização: Trofa

sexta, 27/jul/2007, 12:52

Tentei este ano com canaria amarela com os olhos vermelhos e o resultado são hibridos parecidos com o pintassilgo, ou seja escuros... Para hibridos claros faz ao contrario Canario x Pintassilga.

Voltar para “Fringilídeos e Fauna legalizada, inc. híbridos”