Debate - utilização de medicamentos para Pintassilgos

Fauna silvestre Europeia, Americana, Híbridos: Pintassilgos, Verdilhões, Tentilhões, Cardinalitos, Xanthogastras, Magellanica, etc.

Moderador: Armando Moreira

Debate - utilização de medicamentos para Pintassilgos

Mensagempor FILIPE1977 » sábado, 27/jan/2018, 19:31

boas
alguem tem conhecimento de criadores de pintassilgos
que não usem medicamentos para os pintassilgos
cumprimentos
FILIPE1977
 
Mensagens: 5
Registado: sexta, 26/jan/2018, 19:12

Re: Debate - utilização de medicamentos para Pintassilgos

Mensagempor FILIPE1977 » domingo, 28/jan/2018, 13:11

boas
partilhem as vossas experiencias
sendo criadores ou não,eu acredito que é possivel criar sem medicamentos
cumprimentos
FILIPE1977
 
Mensagens: 5
Registado: sexta, 26/jan/2018, 19:12

Re: Debate - utilização de medicamentos para Pintassilgos

Mensagempor ruben10PT » segunda, 29/jan/2018, 11:42

Olá

Os pintassilgos tal como qualquer ave ou ser vivo, necessitam de medicamentos no caso de se encontrarem doentes.

Antibióticos de prevenção são mito.

Cmpts
ruben10PT
*****
 
Idade: 28
Mensagens: 904
Registado: sábado, 28/fev/2015, 21:59
Localização: Porto

Re: Debate - utilização de medicamentos para Pintassilgos

Mensagempor FILIPE1977 » segunda, 29/jan/2018, 13:03

boas
por isso criei este tópico para acabar com esse mito
é exatamente a isso que me refiro tratamento preventivo
muitos falam em ESB 3 baycox etc.
na minha opinião acho esse tratamento desnecessario
cumprimentos
FILIPE1977
 
Mensagens: 5
Registado: sexta, 26/jan/2018, 19:12

Re: Debate - utilização de medicamentos para Pintassilgos

Mensagempor EDSONXAVIER » segunda, 29/jan/2018, 13:27

Bom dia
O uso do antibiótico como forma preventiva é contra indicado,pois quando for necessário administrar na ave a dosagem será maior, pois o organismo criou resistência ao antibiótico.
Um produto natural que pode ser usado é o própolis aquoso ,ajuda no sistema imunológico
EDSONXAVIER
 
Mensagens: 4
Registado: segunda, 18/dez/2017, 12:23

Re: Debate - utilização de medicamentos para Pintassilgos

Mensagempor FILIPE1977 » segunda, 29/jan/2018, 19:21

boas
pensei que haviam por ca mais criadores,ou havera mas não querem partilhar experiencias
enfim.
pelas participações ja se pode começar a concluir que realmente tratamento preventivo
é mesmo um mito
cumprimentos
FILIPE1977
 
Mensagens: 5
Registado: sexta, 26/jan/2018, 19:12

Re: Debate - utilização de medicamentos para Pintassilgos

Mensagempor Mozungo » sábado, 09/jun/2018, 23:09

Bem, tento criar pintassilgos parva desde que foram legalizados em Portugal e tenho tido montanhas de problemas.....muitas mortes dos adultos, e sobretudo nos recém-nascidos. Acho que já utilizei todos os preventivos, antibióticos e mezinhas de que se fala e nada resulta.
Agora estou noutra......a maior parte das mortes resultarão de uma deficiente alimentação e de falta de cuidado com a higiene; aqui e além, uma ou outra morte, acontecem sempre, mas não por sistema, como acontece comigo. O dilema será então acertar com a alimentação correta, porque no resto já tomei as minhas providencias. Uma boa parte das mortes acontecerão por problemas de fígado e intestinos.
Mozungo
***
 
Mensagens: 120
Registado: sexta, 15/dez/2006, 20:06

Re: Debate - utilização de medicamentos para Pintassilgos

Mensagempor RisingPhenix » terça, 10/jul/2018, 13:20

As substâncias com atividade antimicrobiana podem sim ser usadas como preventivo de diversas infeções causadas por microrganismos nos animais, no entanto, a aplicação destas drogas deve ser realizada por alguém experiente no assunto. E a ideia que o organismo do animal consegue criar resistência às drogas antimicrobianas é falsa, eu diria mesmo que é das maiores falsidades por aí propagadas seguida rapidamente pela ideia que a vitamina C ajuda a combater gripes
RisingPhenix
 
Mensagens: 27
Registado: quinta, 27/jul/2017, 13:22

Re: Debate - utilização de medicamentos para Pintassilgos

Mensagempor Mozungo » terça, 10/jul/2018, 14:40

Acredito que seja possível criar aves sem medicamentos; mas para isso é preciso que não haja doenças. Como preventivo, acho uma treta. A prevenção faz-se através de uma boa alimentação, limpeza, e cuidados acrescidos para que não adoeçam.
Estou a chegar a conclusão de que a maior parte das doenças que temos nas aves somos nós que as provocamos, nomeadamente doenças do fígado e intestinos. Portanto a prevenção far-se-á com uma boa alimentação e uma boa alimentação não é a que é muito rica, nomeadamente em oleaginosas......linhaça, semilha, colza, cânhamo, girassol. Mas quando temos doenças é preciso trata-las, claro.
O maior problema que tenho tido é identificar a doença e trata-la de acordo; estou a concluir que tenho tratado as aves para a coccidiose e o que me parece que elas tem é problemas de figado, intestinos, doença da "faca", provocadas por proventriculite (doença do ponto negro). Vamos ver se acerto desta.
Mozungo
***
 
Mensagens: 120
Registado: sexta, 15/dez/2006, 20:06

Re: Debate - utilização de medicamentos para Pintassilgos

Mensagempor Armando Moreira » sexta, 21/jun/2019, 13:45

:) Ola a Todos,

O problema da sobrevivência de pintassilgos parva em ambiente domestico é semelhante ao que acontecia a alguns anos com os Cardinalitos da Venezuela. Nessa altura havia muitas aves traficadas da Venezuela e a adaptação ao ambiente domestico era difícil, porque o tipo de micróbios deste ambiente é diferente do da Natureza. Só com a progressiva selecção feita no ambiente domestico (sobrevivem os mais aptos dando continuidade a haver descendentes) é que o numero de baixas diminui. Isto só acontece se deixar de haver introdução de sangue selvagem no ambiente domestico. Esta medida só tem resultados com o passar do tempo uma população de pintassilgos domésticos consolidada demora e o criador tem de ser rigoroso na selecção dos seus reprodutores. Hoje os cardinalitos da Venezuela são muito mais resistentes e a população de pássaros em ambiente domestico é muito maior do que aquela que existe na Natureza.
O uso preventivo ou indevido de medicamentos tem como consequência aves intoxicadas pois todos os medicamentos tem efeitos secundários, além de criar micróbios resistentes a saúde humana. Não esquecer que o criador esta em contacto com as suas aves. Quando um criador aplica um medicamento tenta atuar nos sintomas que vê na ave. O problema é que há doenças provocadas por diferentes micro-organismos por exemplo vírus ou bactérias que se combatem de maneira diferente. Os virus curam se com anti-viricos e as bactérias com alguns antibióticos. Para complicar nem todos os antibióticos são iguais e poderemos estar a usar um que não atue na bactéria em causa. Por isso é que os veterinários na duvida usam meios de diagnostico para identificar a causa da doença e aplicar o tratamento correto. Pois mas isso custa dinheiro e disponibilidade de tempo, por isso uma ave domestica terá sempre o seu valor.

Cordiais cumprimentos a todos 8)
Avatar do Utilizador
Armando Moreira
Site Admin
 
Mensagens: 1261
Registado: sábado, 14/Oct/2006, 22:38
Localização: Maia - PORTUGAL


Voltar para Fringilídeos e Fauna legalizada, inc. híbridos

Quem está ligado:

Utilizadores a ver este Fórum: Nenhum utilizador registado e 2 visitantes