CARDUELIS-CIOM
Site Admin
Mensagens: 195
Registado: quarta, 28/nov/2007, 02:50
Localização: MATOSINHOS
Contacto: Sítio web

sexta, 07/dez/2007, 21:32

Boas a todos.......

..........retómo este tópico não para continuar a conversa aqui desenroláda mas para informar que alguem :?: :?: :?: está a mexer-se no sentido de desenvolver, criar um clube com a temática faunas, sejam elas europeia; africana e americana na vertente fringilideos..............
Cumprimentos Luis Mota
Imagem
Imagem
http://faunaeuropeia.avespt.com/

Armando Moreira
Site Admin
Mensagens: 1263
Registado: sábado, 14/out/2006, 22:38
Localização: Maia - PORTUGAL
Contacto: Sítio web

sexta, 21/dez/2007, 22:40

:( Ola a Todos!

Alguém tem novidades sobre o andamento dos contactos entre o ICNB,as Federações e o Ministério de Ambiente, para a Regulamentação do Dec.-Lei n.º 49/2005.

Será que os criadores Portugueses vão ter de se filiar em clubes estrangeiros para em 2010, concorrem com aves de fauna europeia em Portugal?

Esta ideia não é minha, apenas me foi ventilada no Campeonato Nacional de Famalicão 2007.

Cordiais cumprimentos,

carlosbombarral
****
Mensagens: 373
Registado: terça, 17/out/2006, 23:20
Localização: Bombarral

sexta, 21/dez/2007, 23:26

Armando Moreira Escreveu: Será que os criadores Portugueses vão ter de se filiar em clubes estrangeiros para em 2010, concorrem com aves de fauna europeia em Portugal?
Boas
Se fosse assim tão simples, muitos de nós já apresentavam fauna europeia nas expos.
O problema vai mais além, é que se tudo se mantiver como está, continua a ser proibido, deter, manter, transportar ou fazer seja o que for a este tipo de aves. Até parecem sagradas :D.
Cumprimentos
Carlos Felicio

Armando Moreira
Site Admin
Mensagens: 1263
Registado: sábado, 14/out/2006, 22:38
Localização: Maia - PORTUGAL
Contacto: Sítio web

sábado, 22/dez/2007, 00:16

:( Ola a Todos!


Pois, informo que este ano vi em Portugal uma ave mutação de verdilhão em exposição internacional COM.

Claro que:
continua a ser proibido, deter, manter, transportar ou fazer seja o que for a este tipo de aves

Estou-me a lembrar do que se passou em Santa Maria da Feira em 2001.Nessa altura a lei era ainda mais restrita, e tivemos aves de fauna europeia na exposição do Mundial.

Ora bem, se é proibido ter e exibir aves de fauna europeia criadas em ambiente domestico, deve ser para todos nacionais e estrangeiros ou não?

Por hipótese se eu entrar como criador filiado num país estrangeiro, e as minhas aves vierem junto das aves enviadas pela Federação desse pais. Gostaria de saber como é que isso seria avaliado e tratado pela organização e autoridades. Nesta altura é uma hipótese possível. Isto se entretanto a Regulamentação não aparecer.


Mas temos mais, já se vê por aí anúncios de criadores de fauna europeia em mutação (para quem quiser saber via MP digo onde vi). Também sabemos que em alguns casos se cruzarmos aves mutadas, aparecem aves clássicas ou seja com a mesma aparência das aves selvagens e são descendentes de pais criados em cativeiro. O que irão fazer com estas aves ilegais a luz da lei actual, será que quem vai Regulamentar terá em consideração estas situações?

Apenas me questiono perante o silencio, face a estas e outras situações que envolvem as aves de fauna europeia criadas em cativeiro.


Cordiais cumprimentos,

CARDUELIS-CIOM
Site Admin
Mensagens: 195
Registado: quarta, 28/nov/2007, 02:50
Localização: MATOSINHOS
Contacto: Sítio web

sábado, 22/dez/2007, 00:45

carlosbombarral Escreveu:
Armando Moreira Escreveu: Será que os criadores Portugueses vão ter de se filiar em clubes estrangeiros para em 2010, concorrem com aves de fauna europeia em Portugal?
Boas
Se fosse assim tão simples, muitos de nós já apresentavam fauna europeia nas expos.
O problema vai mais além, é que se tudo se mantiver como está, continua a ser proibido, deter, manter, transportar ou fazer seja o que for a este tipo de aves. Até parecem sagradas :D.
Cumprimentos
O problema passa por quem dos meandros federativos nada se preocupa, porque o objectivo principal já esteve mais longe do que está de momento!

O irónico disto tudo é que existe MUITA GENTE que tem, detem e cria estas aves e cada vez investem mais nos seus planteis, sem se preocuparem e unirem-se com o intuito e finalidade de fazerem força e voz activa no sentido de mudar a legislação!

Dou muito valor e reconheço o sistema organizativo da nossa ornitologia, mas enquanto houver esta GRANDE LACUNA que nos diminui no panorama europeu e mundial não iremos além do que já somos!!
Só espero que quem está com o poder de dirigismo não acorde tarde de mais, e quem fiscaliza se deixe de tretas relativamente aos controis que serão sempre contornáveis, dê por onde der!!

Deixo esta mensagem no ar, quem se quiser unir no sentido de fazer uma representação audivel junto a quem de direito que possa pressionar o poder legislativo instaládo de momento, pode primeiramente fazer-se ouvir neste post!!!

Consoante a aderencia dos interessados tomarse-ão as deligencias possiveis com a vertente legal de se fazer ouvir a vontade e razão dos interessados no assunto!!

A meu ver seriam todos os amantes de passarinhos independentemente dos gostos e criaçoes pessoais, porque como já referi noutro tema, em vez de termos um nacional com +/-6500 aves , teriamos um numero bem mais simpático e seria o salto para a igualdade ornitológica europeia!!

Não adormeçam, o mundial em Portugal está ai!!!
Cumprimentos Luis Mota
Imagem
Imagem
http://faunaeuropeia.avespt.com/

Armando Moreira
Site Admin
Mensagens: 1263
Registado: sábado, 14/out/2006, 22:38
Localização: Maia - PORTUGAL
Contacto: Sítio web

sábado, 22/dez/2007, 20:21

:( Ola a Todos!

Vejam só o que eu descobri na página 11 no órgão Oficial da COM, "Les Nouvelles de la COM" de Setembro de 2007 podemos ler o seguinte:
"Lembramos que para participar no Mundial com aves portadoras de anilhas emitidas pelos países membros, o expositor amador deve obrigatoriamente, ter residência principal nesse país. Foram dadas indicações aos países membros que toda e qualquer infracção implica a desqualificação das aves dos infractores."
Por isso a hipótese um Português residente em Portugal de concorrer com aves anilhadas de outros países que me ventilaram em Famalicão não é possível.

Parece que a única solução vai ter mesmo que aguardar pela Regulamentação.

Cordiais cumprimentos a todos, :)
Última edição por Armando Moreira em sábado, 22/dez/2007, 23:05, editado 1 vez no total.

Manuel M.
*****
Mensagens: 768
Registado: sábado, 20/jan/2007, 20:15
Localização: Bruxelas / Matosinhos

sábado, 22/dez/2007, 22:37

Boa Noite

No meu ponto de ver, o melhor era a formação de um Clube de Fauna Europeia ,Americana e Africana assim dava-mos um paço em frente, mas para isso è presizo os (carolas) para se avançar :lol:

O Mundial de 2010 so com Expositores Estrangeiros è uma desclasificação
para nos Portugueses . :roll:

Faço um apelo a todos os criadores de Aves de Fauna Europeia para que continuem e fação a anilhagem com anilhas ofiçiais, porque se ouver uma mudança na lei estão prontos para o Mundial :wink:

Cumprimentos

Manuel Marinho

CARDUELIS-CIOM
Site Admin
Mensagens: 195
Registado: quarta, 28/nov/2007, 02:50
Localização: MATOSINHOS
Contacto: Sítio web

terça, 08/jan/2008, 12:38

Tenho reparádo que alguns foristas escrevem sobre este tema noutros tópicos deixando bem claro a sua insatisfação!

Peço a todos os interessados (uns mais outros menos) que se façam ouvir neste tópico, e para aqueles que a conversa seja tabu e não queiram dar a cara, têm a opção de mensagens privadas e até mesmo email ou msm!

Fiquem todos bem e não se acomódem com aquilo que veêm que está mal na nossa ornitologia :wink: !
Cumprimentos Luis Mota
Imagem
Imagem
http://faunaeuropeia.avespt.com/

Canaril Araújo
Mensagens: 46
Registado: sábado, 07/abr/2007, 20:41
Localização: Covilhã
Contacto: Sítio web

terça, 08/jan/2008, 15:52

Boas tardes a todos

Na minha opinião também simpatizante de Fauna Europeia, acho que em Portugal Já existem bastantes Clubes e a criação devidamente legalizada de uma entidade desta natureza já fica caro (Pré-Registo, Registo, Escrituras,Públicação no Diário da Republica, Finanças etc...) e uma vez que a maioria de nós criadores somos sócios em mais do que um clubes não haveria essa necessidade.

Pois então se houvesse mais pressão da nossa parte, junto dos clubes existentes, e estes por sua vez junto da(s) Ferderação(ões) para ques estas últimas se fizessem ouvir perante as entidades competentes e ajustar a legislação da melhor forma, não pondo em causa os visados (as aves) nem a legalides dos criadores.

Pressão essa que deveria ser devidamente formalizada, através de cartas, abaixo assinados, mail(s) etc...

E para obter-mos resultados agradáveis para 2010, deveria-mos começar não hoje mas sim ontem :lol: .

Fica a minha opinião.

Cumprimentos

João Araújo

pintas1977
Site Admin
Mensagens: 772
Registado: quarta, 11/jul/2007, 23:03
Localização: Malveira/Mafra

terça, 08/jan/2008, 19:42

Canaril Araújo Escreveu:
Na minha opinião também simpatizante de Fauna Europeia, acho que em Portugal Já existem bastantes Clubes
Sim, existem muitos Clubes, mas nenhum é especializado neste tema.
Se existem Clubes especificos para Canários de Cor e de Porte, porque não haver uma associação para Fauna Europeia ?
Penso que a existência deste Clube seria muito benéfica e muito útil.
Se alguem estiver a pensar criá-lo, ou precisar de ajuda para o mesmo, contem comigo !!!!!
Cumprimentos
Jaime Simões

Henrique Correia
***
Mensagens: 197
Registado: segunda, 24/set/2007, 16:21
Localização: Amadora
Contacto: Sítio web

terça, 08/jan/2008, 21:11

Na minha modesta opinião só uma federação forte e com vontade poderá pressionar quem de direito para que a actual lei seja alterada.

Não sou contra os clubes dedicados a uma raça, mas na realidade, o que observo, salvo uma ou outra rara e honrosa excepção, é que esses clubes não funcionam na prática.

Eu creio que quantos mais clubes e federações houver, com os criadores (somos poucos num país pequeno) espalhados por n clubes, mais nos dispersamos na resolução destes assuntos tão importantes para nós criadores.

CARLOS RODRIGUES
Mensagens: 41
Registado: terça, 20/nov/2007, 11:50
Localização: OLIVEIRA DE FRADES
Contacto: Sítio web

terça, 08/jan/2008, 21:15

Também sou apologista da craição de uma associação para a fauna europeia, pois sou um grande adepto e gostaria de poder em alguns exemplares sem ter problema.
Para o que for preciso para a ajuda à criação dessa associação podem contar comigo.

orlandovic
Mensagens: 12
Registado: quinta, 22/nov/2007, 01:53
Localização: Vila Real Stº António
Contacto: Sítio web

terça, 08/jan/2008, 21:54

Boas a todos.
Não li todas as vossas opiniões, mas posso dizer que sou um amante da Fauna Europeia, cada vez mais :)
Falou-se aqui em criar um Clube da Fauna Europeia e apoio 100%, até podem contar comigo, mas a minha dúvida é a seguinte: como não é permitido ter aves silvestres esse projecto podia ir ter pernas para andar? Não seria melhor os Clubes, Associações e Federações já existentes tomaram algumas medidas para tentar "convencer" quem manda a mudar a legislação? Sei que não é tarefa fácil, mas a união faz a força.
Abraço
Orlando Ribeiros
Sócio nº 230 do Clube dos Avicultores do Algarve, Sócio da F.P.O. com o Stam nºBV56. Criador de: Lipocrómicos Brancos e Amarelos, Albinos e Verdilhões.
http://orlandoribeiros.blogspot.com/
canarilribeiros@hotmail.com

Canaril Araújo
Mensagens: 46
Registado: sábado, 07/abr/2007, 20:41
Localização: Covilhã
Contacto: Sítio web

quarta, 09/jan/2008, 22:12

Ora Bem

Por exemplo: (Como podemos organizar um grupo de apoiantes de fumadores em estabelecimentos, se agora é expressamente fumar neste locais).

Ou seja não vejo que seja legalmente formado um Clube ou Associação que vise a Captura, a Detenção, a Criação, a Ibridação e a Exposição, de espécies de Fauna Europeia, porque tudo isto é proibido em Portugal.

Agora poderiamos por a cabeça a trabalhar e descobrir formas de contornar a lei, ou de a pressionar.

Quantos de nós não nos bateu um vizinho á porta porque apanhou um pardal na rua com uma asa partida e não sabe como trata-lo, porque não tratar a ave e depois contactar o ICN FORMALMENTE, dizendo que a ave em questão já se encontra tratada mas não voa, ou volta sempre a casa ou até que no tempo que esteve a ser tratada acasalou com canário, pedido assim solução para dar á ave bem como os descendentes ibridos já anilhados, seja a ave em questão um pardal do telhado, um pintassilgo, um pintarrocho etc...

Eu penso que a primeira carta será arquivada, no arquivo sexto :lol: , mas se houver uma 2ª carta e uma 3ª e se houver continuação de exemplos destes, ou outros diferentes talvez comece a fazer moça.

É este tipo de pressão a que me refiro, pois acreditem que o ICN não vai querer ficar com os Parques Ornitológicos cheios de aves mutiladas, ou Ibridos, vejam o que aconteceu com o Corvo Mantorras, foi apreendido mas tempo depois foi devolvido á familia adoptante.

Por estas razões é que sou da opinião que em primeiro lugar deveriamos pressionar a legalização da detenção das aves de Fauna Europeia e o resto vem por acrecimo até que entra no circulo.

A meta a atingir será 2010.

Cumprimentos

João Araújo

carlosbombarral
****
Mensagens: 373
Registado: terça, 17/out/2006, 23:20
Localização: Bombarral

quarta, 09/jan/2008, 22:29

Boas

João, isso é mais uma forma de pressionar mas, acha
que uma entidade como o ICN, em que um dos seus orgão tenta fechar um parque zoológico por estar sobrelotado, e outro dos seus orgãos tenta colocar nesse mesmo parque animais apreendidos se deixa pressionar?
Dúvido.
Um abraço
Carlos Felicio

Voltar para “Fringilídeos e Fauna legalizada, inc. híbridos”