Criação de pintassilgos

Fauna silvestre Europeia, Americana, Híbridos: Pintassilgos, Verdilhões, Tentilhões, Cardinalitos, Xanthogastras, Magellanica, etc.

Moderador: Armando Moreira

Mensagempor pedro376h » terça, 26/jun/2007, 12:17

Pedro121 Escreveu:Uma coisa que me deixa profundamente satisfeito é o crescente número de criadores que criam pintassilgos e não apenas híbridos.

ja somos 2. e mais, eu tenho uma grande admiracao por todos aqueles que criam fauna europeia em portugal. por todas as razoes que nos sabemos.
um abraco,
pedro duarte
visite http://pedroduarte.blogspot.com
Avatar do Utilizador
pedro376h
Site Admin
 
Idade: 40
Mensagens: 1750
Registado: sexta, 13/abr/2007, 11:09
Localização: águas boas - oliveira do bairro

Mensagempor samuel » terça, 26/jun/2007, 12:37

Também eu tenho um razoável conhecimento dos comportamentos das aves em estado selvagem. Podem crer que nas ferias passo longas horas a observar aves com o meu telescópio.
Os pintassilgos em estado selvagem procriam até aos finais de Julho, tal como o amigo referiu. Podendo ter até três ninhadas, que no Outono formam bandos consideráveis.

Envio de seguida alguns dos frutos das minas observações:

http://fotos.sapo.pt/cantifolas/pic/00019ye3
http://fotos.sapo.pt/cantifolas/pic/0001awr0
http://fotos.sapo.pt/cantifolas/pic/0001bg8p
http://videos.sapo.pt/s3JQLw9chmwpwDjvz3L5
Avatar do Utilizador
samuel
****
 
Mensagens: 253
Registado: sexta, 22/jun/2007, 14:58
Localização: Coimbra

Mensagempor antocastanheira » terça, 26/jun/2007, 17:10

mas a questão é saber quando é que acaba a época? alguem tem dados sobre em que mes é que os pintassilgos em Portugal param as criações, eu tinha a ideia que era em Agosto, já que os bandos mistos começam a aparecer em Setembro, mas posso estar enganado.


Pedro, respondendo à tua questão, é normal em Portugal, Melros, Pintassilgos, Verdelhões, etc. acabarem a época no mês de Julho. Todos os outros ninhos encontrados são fruto de atrasos provocados por qualquer tido de abandono de ninho prematuro. É em Outubro que se encontram os maiores bandos de aves novas.

Posso estar errado, mas é fruto das observações que tenho feito desde criança.
Avatar do Utilizador
antocastanheira
****
 
Idade: 39
Mensagens: 340
Registado: terça, 17/abr/2007, 11:37
Localização: Alverca do Ribatejo

Mensagempor NunoSantos » terça, 26/jun/2007, 21:08

[OT]
A minha participação neste tópico em particular, não é sobre o tópico em si "Criação de pintassilgo", mas sim para saber se alguém me pode dizer o nome da ave e algum link com informação sobre a mesma, que o Samuel colocou no primeiro link http://fotos.sapo.pt/cantifolas/pic/00019ye3

Muito bonitas as fotos e o vídeo.. parabéns Samuel.
NunoSantos
****
 
Idade: 41
Mensagens: 357
Registado: terça, 24/Oct/2006, 21:45
Localização: Ourentã - Cantanhede

Mensagempor Pedro121 » terça, 26/jun/2007, 21:21

NunoSantos Escreveu:[OT]
A minha participação neste tópico em particular, não é sobre o tópico em si "Criação de pintassilgo", mas sim para saber se alguém me pode dizer o nome da ave e algum link com informação sobre a mesma, que o Samuel colocou no primeiro link http://fotos.sapo.pt/cantifolas/pic/00019ye3
.


è um chapim azul Parus caeruleus
Pedro Ramalho
Pedro121
*****
 
Mensagens: 2752
Registado: terça, 17/Oct/2006, 09:46
Localização: Caldas da Rainha

Mensagempor samuel » terça, 26/jun/2007, 21:58

Obrigado pelo que dissestes das minhas fotos, mas não querendo ser indelicado, gostaria de virar mais as atenções para a criação de pintassilgos em cativeiro.
Quanto ao pequeno chapim azul, todos os anos constrói o seu ninho no muro do meu quintal, proporcionando-me imensas oportunidades de observação.

Mais uma foto, desde já peço desculpa por não ter redimensionado a foto para um tamanho mais pequeno.
http://fotos.sapo.pt/cantifolas/pic/0001dsf6
Avatar do Utilizador
samuel
****
 
Mensagens: 253
Registado: sexta, 22/jun/2007, 14:58
Localização: Coimbra

Mensagempor samuel » quarta, 27/jun/2007, 09:04

Bom dia amigos, a minha pintassilga passou a noite no ninho, os ovos devem estar para breve.
Gostaria de obter mais informação, mas não há quase nada em português.
Se poderem ajudar-me eu agradessia.
Avatar do Utilizador
samuel
****
 
Mensagens: 253
Registado: sexta, 22/jun/2007, 14:58
Localização: Coimbra

Mensagempor cjdmc » quarta, 27/jun/2007, 10:00

Bons dias.

Sr. Samuel, ainda bem que está no bom caminho na criação de pintassilgos. Espero que corra bem. Também gostava, mas o meu casal este ano não está para isso.

Em termos de fotos, são espectaculares, são tiradas no seu quintal ?? como são tiradas, com que máquina, estão muito perto.

São lindas.

Um abraço e boa criação.

Carlos Costa
cjdmc
***
 
Mensagens: 56
Registado: sexta, 13/abr/2007, 10:41

Mensagempor samuel » quarta, 27/jun/2007, 10:58

Utilizo um telescópio (meade ETX70), que quanto a mim é o edital para observar aves.
É leve (3Kg) e fácil transporte pois também não é muito grande (80 a 90 cm) de comprimento.
Quanto à máquina, é uma (Sony Cyber-Shot DSC-W100).
Avatar do Utilizador
samuel
****
 
Mensagens: 253
Registado: sexta, 22/jun/2007, 14:58
Localização: Coimbra

Mensagempor cjdmc » quarta, 27/jun/2007, 12:14

já agora uma questão:

Como é que consegue tirar com essa máquina a fotografia que mostrou ??

http://fotos.sapo.pt/cantifolas/pic/0001dsf6

Associa a máquina ao telescópio ???

È que esta foto deve ter sido obtida com uma grande objectiva !!! que a máquina não tem .

É uma imagem linda.

um abraço.

Carlos Costa
cjdmc
***
 
Mensagens: 56
Registado: sexta, 13/abr/2007, 10:41

Mensagempor samuel » quarta, 27/jun/2007, 13:55

Eu limito-me a encostar o canhão da máquina à lente do telescópio
por isso algumas teêm mais brilho que outras, gostaria de ter melhor material, mas como deve calcular, dinheiro de estudante, não chega para nada.

Espero que este vídeo seja claro em relação a como eu tiro as fotos.
http://videos.sapo.pt/cLW60HobzgoBNZYzKUy0
Editado pela última vez por samuel em quarta, 27/jun/2007, 14:45, num total de 2 vezes.
Avatar do Utilizador
samuel
****
 
Mensagens: 253
Registado: sexta, 22/jun/2007, 14:58
Localização: Coimbra

Mensagempor samuel » quarta, 27/jun/2007, 14:03

Mais importante que as fotografias, é o facto de a minha pintassilga já ter posto um ovo.
O que devo eu fazer?
Retiro-lhe o ovo ou deixo estas por conta dela.
Avatar do Utilizador
samuel
****
 
Mensagens: 253
Registado: sexta, 22/jun/2007, 14:58
Localização: Coimbra

Mensagempor cjdmc » quarta, 27/jun/2007, 14:48

Sr.Samuel, parabéns , fico contente por si.

Não sei o que isso é, nunca passei por essa fase, mas há muita informação sobre isso, não deve ser muito diferente da criação de canários, há ai muita informação.

Também há por ai muitas pessoas, que sabem a potes sobre isso. Com certeza que alguém vai postar par ao ajudar, enquanto isso não acontece, irei colocar um texto que tirei da NET:

"Depois da ave por o 1º ovo, o criador deve retirá-lo, com cuidado para não o quebrar e deixando um ovo falso. Este processo deve-se repetir, todos os dias para os ovos seguintes. No dia em que a ave põe o último ovo, devem então trocar-se os ovos falsos pelos verdadeiros. Assim, todos começarão a ser chocados ao mesmo tempo e passados 13 dias nascerão todos os filhotes. Este processo evita que os filhotes nasçam com dias de diferença e os mais velhos matem os mais pequenos (novos).
Os ovos falsos compram-se em qualquer loja de produtos para aves. Normalmente são de plástico e de cor azul, verde ou cinzentos. O facto de se deixarem ovos (falsos) no ninho, incentiva a fêmea a continuar com a postura normalmente.
O último ovo pode ser identificado por ter uma coloração um pouco diferente da dos restantes. Se ainda assim, o criador não reconhecer o último ovo, deve continuar o processo de substituição até ao quinto ovo (muito dificilmente haverá um sexto). Se a canária deixa de por ovo num dos dias, então o do dia anterior foi o último e deve trocar-se os ovos.
Os ovos verdadeiros que se retiraram devem ser cuidadosamente guardados numa caixa sobre areia, algodão, sementes ou outro produto que os mantenha de forma segura e delicada. Será aconselhável que os ovos guardados sejam virados todos os dias para que o embrião não fique agarrado à superfície da casca do fundo do ovo inviabilizando o seu nascimento.
A fêmea começará a ficar mais tempo no ninho para chocar os ovos entre o 3º e o 5º ovo (dia). Dependendo da raça e da personalidade do próprio pássaro, este será mais ou menos afoito na tarefa de chocar os ovos . É comum que o macho também vá para o ninho enquanto a fêmea vai comer, assim como será normal ver o macho a alimentar a fêmea no ninho.
Durante o choco a fêmea conhece bem os seus ovos e o que têm dentro, e vai os posicionando de forma a aquecer melhor os que estão viáveis, e por vezes pode até deitar fora alguns ovos não ‘galados’.
Durante o processo de choco dos ovos deve retirar-se a papa ao casal para evitar que fiquem muito gordos (particularmente o macho), já que neste período de criação terão sempre à disposição comida bastante nutritiva e calórica.
Por volta do sétimo dia de choco, também o criador pode identificar os ovos que têm o embrião em desenvolvimento e os que não estão ‘galados’ ou que o embrião morreu. Para isso, deve pegar cuidadosamente no ovo e coloca-lo em contraluz (ficando numa zona de sombra e colocando o ovo contra o céu – se estiver sol). Se o ovo estiver opaco, então está em bom desenvolvimento, se pelo contrário estiver transparente então não há embrião em desenvolvimento."

Bem sei haverá outras opiniões e que o texto é para canários, mas deve adaptar-se aos pintassilgos, só quis dar uma ajuda...calma, não entre em stress....

Outra coisa é certa, depois dos filhos nascerem, sugiro que coloque o macho numa gaiola à parte.

Um abraço...e força.
:lol:
Carlos Costa
cjdmc
***
 
Mensagens: 56
Registado: sexta, 13/abr/2007, 10:41

Mensagempor samuel » quarta, 27/jun/2007, 15:00

Obrigado pelo texto, mas de qualquer forma vou esperar mais um pouco.
Pode ser que algum criador de pintassilgos me dê uma ajuda.
De qualquer forma os meus sinceros agradecimentos.
Avatar do Utilizador
samuel
****
 
Mensagens: 253
Registado: sexta, 22/jun/2007, 14:58
Localização: Coimbra

Mensagempor _Tiago_Oliveira__ » quarta, 27/jun/2007, 16:25

Sereparste nos ninhos das aves selvages os passarosa nascem sempre ao mesmo tempo, por isso acho que deves ter calma deixar de andar sempre de volta do ninho da pintassilga e não tires os ovos! Deixa a coisa correr naturalmente! Mexer por mexer espera para por as anilhas nos filhotes(se nascer alguma coisa) e pede a Deus que ela na se chatei de lhe andares a mexer! Felicidades
Avatar do Utilizador
_Tiago_Oliveira__
***
 
Mensagens: 118
Registado: quarta, 22/nov/2006, 22:18

AnteriorPróximo

Voltar para Fringilídeos e Fauna legalizada, inc. híbridos

Quem está ligado:

Utilizadores a ver este Fórum: Nenhum utilizador registado e 2 visitantes