Cores nupciais nos pintarroxos macho

Fauna silvestre Europeia, Americana, Híbridos: Pintassilgos, Verdilhões, Tentilhões, Cardinalitos, Xanthogastras, Magellanica, etc.

Moderador: Armando Moreira

Cores nupciais nos pintarroxos macho

Mensagempor Armando Moreira » domingo, 15/abr/2007, 14:21

:D Olá a Todos!

A cor nupcial no pintarroxo macho, Carduelis cannabina é o vermelho no peito e na testa. Tenho a informação que em cativeiro estes perdem o vermelho. Mas também já me garantiram que nem todos os machos perdem a cor vermelha. Para complicar e baralhar mais em conversa disseram-me que isso depende da subespécie ou inclusive disseram-me que isso só acontece nos milheiros, mas não me souberam dizer o nome científico.

Alguém me pode ajudar a esclarecer.

1 - O pintarroxo macho Carduelis cannabina perde ou não as cores nupciais (vermelho) em cativeiro?

2 - O milheiro é a mesma espécie que o pintarroxo?

Com amizade, :)
Avatar do Utilizador
Armando Moreira
Site Admin
 
Mensagens: 1259
Registado: sábado, 14/Oct/2006, 22:38
Localização: Maia - PORTUGAL

Mensagempor João Pedro » domingo, 15/abr/2007, 18:00

http://vitorsppp.googlepages.com/avesindígenaseuropeias
Espero q o ajude.

João Pedro
Avatar do Utilizador
João Pedro
***
 
Mensagens: 79
Registado: sexta, 06/abr/2007, 22:45
Localização: casa, muitas vezes cama

Cores nupciais nos pintarroxos macho

Mensagempor Miguel Isidoro » domingo, 15/abr/2007, 19:59

Olá Armando,

Creio que as diferenças de côr em cativeiro se deverão mais a diferenças entre individuos do que ao facto de se tratar realmente de subespécies diferentes.
Na generalidade dos casos os machos perdem o vermelho em cativeiro mas alguns conseguém mantê-lo com maior ou menor intensidade, e isto é o que tenho lido e ouvido dizer a criadores de vários países europeus.
O milheiro e o pintarroxo são o mesmo pássaro. Milheiro é um termo que me parece ser mais usado no Norte.

Como já me garantiram muitas vezes que existem "várias" subespécies a reproduzirem-se em Portugal mas nunca acreditei muito nessa teoria fiz um pesquisa que comprovou a minha desconfiança:

Subespécies do pintarroxo:

•Carduelis cannabina cannabina – Europa Central e de Leste até à Sibéria
•Carduelis cannabina mediterranea – Peninsula Ibérica, Baleares, Sardenha, Corsega, Sicilia, Grécia etc.
•Carduelis cannabina harterti – Magreb, Fuerteventura e Lanzarote
•Carduelis cannabina autochthona – Escócia
•Carduelis cannabina guentheri (= nana) - Madeira
•Carduelis cannabina meadewaldoi – Tenerife,
•Carduelis cannabina bella – Ásia menor, Turquia, Irão, Iraque etc.

Bem, é verdade que em Portugal existem 2 subespécies mas uma está confinada à Madeira :wink:

Com os melhores cumprimentos

Miguel Isidoro
Miguel Isidoro
***
 
Mensagens: 247
Registado: quinta, 02/nov/2006, 17:21

Re: Cores nupciais nos pintarroxos macho

Mensagempor carlosbombarral » domingo, 15/abr/2007, 20:32

Miguel Isidoro Escreveu:Creio que as diferenças de côr em cativeiro se deverão mais a diferenças entre individuos do que ao facto de se tratar realmente de subespécies diferentes.
Na generalidade dos casos os machos perdem o vermelho em cativeiro mas alguns conseguém mantê-lo com maior ou menor intensidade, e isto é o que tenho lido e ouvido dizer a criadores de vários países europeus.

Mesmo podendo cair um pouco fora do contexto, e saltando dos pintarroxos para o geral., arriscava-me a dizer que um dos factores mais importantes que levam, no caso dos indigenas, a uma perda da côr é a diferença na alimentação. Isto nota-se por exemplo no caso da mascara dos pintassilgos.
Notei que se fizasse uso na alimentação de sementes com efeitos de coloração a sua máscara ficava muito mais vermelha, com um vermelho mais vivo.
Umas das melhores que serve para isso é o cártamo (eu uso semi esmagada na papa)
Cumprimentos.
Carlos Felicio
Avatar do Utilizador
carlosbombarral
****
 
Mensagens: 373
Registado: terça, 17/Oct/2006, 23:20
Localização: Bombarral

Mensagempor Armando Moreira » domingo, 15/abr/2007, 20:38

:D Olá a Todos!

Miguel Isidoro e Carlos Felício

Obrigado pelas vossas respostas.


João Pedro, agradeço a sua ajuda, mas não consigo aceder ao link que me indica.

Com amizade, :)
Avatar do Utilizador
Armando Moreira
Site Admin
 
Mensagens: 1259
Registado: sábado, 14/Oct/2006, 22:38
Localização: Maia - PORTUGAL

Cores nupciais nos pintarroxos macho

Mensagempor Miguel Isidoro » domingo, 15/abr/2007, 20:54

Olá a todos

Carlos,

"arriscava-me a dizer que um dos factores mais importantes que levam, no caso dos indigenas, a uma perda da côr é a diferença na alimentação"

Também me parece que a alimentação desempenha nesta área um papel muito importante mas creio que não será "decisiva" pois já vi alguns pintarroxos em cativeiro e com a mesma alimentação, havia significativas diferenças no vermelho que apresentavam!

"Notei que se fizasse uso na alimentação de sementes com efeitos de coloração a sua máscara ficava muito mais vermelha, com um vermelho mais vivo.
Umas das melhores que serve para isso é o cártamo "

Na Bélgica usam a já referida onágra (que cá não consigo arranjar) mas que tenho alguma esperança que o Armando arranje :wink: :P

Com os melhores cumprimentos,

Miguel Isidoro
Miguel Isidoro
***
 
Mensagens: 247
Registado: quinta, 02/nov/2006, 17:21

Mensagempor carlosbombarral » domingo, 15/abr/2007, 22:11

Só uma pergunta:
A onagra não é a mesma que a primúla?
É que primulas há cá na miha zona?
Cumprimentos
Carlos Felicio
Avatar do Utilizador
carlosbombarral
****
 
Mensagens: 373
Registado: terça, 17/Oct/2006, 23:20
Localização: Bombarral

Onagra

Mensagempor Armando Moreira » domingo, 15/abr/2007, 22:41

:D Olá a Todos!

Carlos Felicio a Onagra ou Oenothera biennis e a Primula ou Primula veris, são espécies diferentes.

Quanto ao Miguel Isidoro o prometido é devido, estou a espera que a planta espontânea aqui no Norte apareça no Verão para recolher sementes e semear no meu quintal Onagra, para oferecer aos meus passarinhos.

Com amizade, :)
Avatar do Utilizador
Armando Moreira
Site Admin
 
Mensagens: 1259
Registado: sábado, 14/Oct/2006, 22:38
Localização: Maia - PORTUGAL

Mensagempor Mayday » domingo, 15/abr/2007, 23:46

:cry:
Editado pela última vez por Mayday em segunda, 16/jul/2007, 17:21, num total de 1 vez.
Mayday
 
Mensagens: 15
Registado: domingo, 08/abr/2007, 20:54

Mensagempor Armando Moreira » segunda, 16/abr/2007, 00:33

:D olá Mayday!

Por mim dispenso o formalismo do Sr. gosto mais de um tom coloquial.


Bom isso eu já sei que na altura da muda a coloração desaparece, pois o macho do pintarroxo tem dois tipos,de plumagem uma no Inverno que é mais acastanhada sem o carmesim e a da Primavera que apresenta o vermelho/carmesim no peito e na testa.

Bom existem várias teorias para que este facto apareça ou não nas aves de cativeiro.

Uns dizem que em cativeiro os machos não recuperam o carmesim na Primavera.

Outros asseguram que sim que o macho recupera as cores nupciais. E justificam com as seguintes razões:

1) se lhe dermos alimentos colorantes;
2) se os machos dispuserem de espaço para voar isto permite uma abrasão das pontas das penas que vai provocar o aparecimento do carmesim;
3) dizem também que os machos sofrem uma pequena muda para o aparecimento das novas penas de cor carmesim;

Bom face a estas hipóteses qual a verdadeira?

Com amizade, :)
Avatar do Utilizador
Armando Moreira
Site Admin
 
Mensagens: 1259
Registado: sábado, 14/Oct/2006, 22:38
Localização: Maia - PORTUGAL

Cores nupciais nos pintarroxos macho

Mensagempor Miguel Isidoro » segunda, 16/abr/2007, 11:36

Olá Armando,

Se estivessemos noutro país diria que o melhor seria um grupo de criadores tentar as várias hipoteses para depois comparar resultados :lol:
Como estamos em Portugal não posso sugerir isso :evil:

Talvez devamos perguntar a nuestros hermanos :wink:

Com os melhores cumprimentos,

Miguel Isidoro
Miguel Isidoro
***
 
Mensagens: 247
Registado: quinta, 02/nov/2006, 17:21

Mensagempor rjjm » terça, 29/mai/2007, 17:29

Ola para todos

tenho varios casais de pintarroxos ancestral, bruno, isabela, cubalto
e todos eles ganhão cor no peitoe na cabeça excluindo o isabela que so ganha cor na cabeça a alimentação que utilizo e a dos cardinalitos da ornitalia e o corante e cartaxantina com glocosse

e ja agora os pintarroxos não ganhão a cor vermelha so na altura do acasalamento pois os filhos estão a mudar e ja se nota a coloração

espero ter ajudado

fiquem bem
jm carduelis
rjjm
Site Admin
 
Mensagens: 234
Registado: sexta, 17/nov/2006, 20:50
Localização: Maia

Cores nupciais nos pintarroxos macho

Mensagempor Miguel Isidoro » terça, 29/mai/2007, 21:16

Olá a todos,

RJJM, estamos a falar de espécies diferentes. A espécie de que está a falar é o Carduelis flamea, pintarroxo de queixo preto, esse sim mantem as cores. Do que até aqui se estava a falar é do pintarroxo ("só"), Carduelis cannabina.
Daí a "divergencia" de experiências.... :wink:

Também já criei os "flammea", e acho-os espectaculares, muito dóceis, com um comportamento que faz lembrar os lugres...

Se tiver criação entre em contacto comigo... :wink:

C/ os melhores cumprimentos,

Miguel Isidoro
Miguel Isidoro
***
 
Mensagens: 247
Registado: quinta, 02/nov/2006, 17:21

Re: Onagra

Mensagempor pintas1977 » terça, 09/set/2008, 18:04

Armando Moreira Escreveu::D Olá a Todos!

Carlos Felicio a Onagra ou Oenothera biennis e a Primula ou Primula veris, são espécies diferentes.

Quanto ao Miguel Isidoro o prometido é devido, estou a espera que a planta espontânea aqui no Norte apareça no Verão para recolher sementes e semear no meu quintal Onagra, para oferecer aos meus passarinhos.

Com amizade, :)


Pois é tenho andado a pesquisar como arranjar destas sementes e dei de cara com esta web : http://www.jardimdeflores.com.br/flores ... rimula.htm

Onde referem que a Oenothera biennis é a prímula e agora fiquei com dúvidas. Alguém pode esclarecer ???
Cumprimentos
Jaime Simões
Avatar do Utilizador
pintas1977
Site Admin
 
Idade: 41
Mensagens: 771
Registado: quarta, 11/jul/2007, 23:03
Localização: Malveira/Mafra

Oenothera bienni

Mensagempor Armando Moreira » terça, 09/set/2008, 19:24

:D Ola a Todos!

Pois, Jaime esqueça os nomes vulgares o que conta é a designação científica que é única para cada espécie.

Já agora e para confundir e baralhar mais digo que a Oenothera bienni, também é conhecida por erva dos burros (sem ofensa), zécora, canárias. Pode confirmar o que eu cito num livro muito bom Segredos e virtudes das plantas medicinais, na página 230 edição Selecções do Reader's Digest.

Quanto ao que se escreve no Brasil pode ter outras designações. Por exemplo no Brasil não existem talhos, :lol: pois a designação de talho é açougue e por aí fora...

Cordiais cumprimentos a todos, :)
Avatar do Utilizador
Armando Moreira
Site Admin
 
Mensagens: 1259
Registado: sábado, 14/Oct/2006, 22:38
Localização: Maia - PORTUGAL

Próximo

Voltar para Fringilídeos e Fauna legalizada, inc. híbridos

Quem está ligado:

Utilizadores a ver este Fórum: Nenhum utilizador registado e 2 visitantes

cron