Métodos de criação do Canário timbrado espanhol

Timbrados, Malinois, Harz ou flauta

Moderador: Armando Moreira

Métodos de criação do Canário timbrado espanhol

Mensagempor boavida » quinta, 07/jul/2011, 00:40

Saudações ornitológicas para todo(a)s

Hoje pensei em dizer algo aos adeptos do canário timbrado espanhol , em relação ao treino dos mesmos.
É a minha opinião e a minha experiência.
O treino para mim começa desde o nascimento das crias e do método que se usa para criar.

Existem dois métodos :

1º Método, consiste um macho para duas fêmeas onde existem muitos adeptos para o mesmo.

2º Método , consiste um casal que cria normalmente os seus filhotes até a separação realizada pelo criador.

No 1º Método a fêmea choca os ovos sozinha e cria os filhotes só, aqui na minha opinião a comunicação começa por falhar (falta do macho).
Neste método dizem pelo uso de várias fêmeas a variedade genética é maior, mas como disse anteriormente o macho falta.
Na natureza os frigilideos criam em par e não é só a fêmea a criar os filhotes.
A vantagem deste método é criar mais e é um tiro no escuro para quem vai iniciar este passatempo.
Um tiro no escuro porque nem sempre a fêmea cria sozinha e fica-se sem saber se o canário Macho é um bom progenitor.

Além disso a falta do macho na minha opinião vai influenciar o comportamento e o canto dos filhotes.
Isto é tornam-se mais nervosos com a presença humana e o seu canto é acelerado demais, para desfrutar do canto dos filhotes .
-O uso/manejar de uma fêmea numa gaiola sozinha cria ansiedade e um nível de preocupação elevado ao criador ( fica-se com duvidas do que se está a fazer).
Penso mesmo que quem cria, apenas com fêmeas e um ou dois bons cantores,
está a contar com o espaço que tem , a contar com o numero de filhotes e com certeza com o tempo para se dedicar a este método.
Na minha opinião factor tempo é um aliado para quem pode o fazer ,dedicar-se de corpo e alma ao desenvolvimento das crias do ano desde o nascimento, a muda, ao repassar(cantarolar) até ao inicio do treino do canário timbrado espanhol , o seu treino é semelhante ao do roller e malinois.

O 2º Método
Na minha humilde opinião é o mais bonito e o mais interessante de observar por todos s motivos desde a aproximação do macho à fêmea e vice-versa.

A preparação do ninho realizado pelos dois ou só pela fêmea, o canto que o timbrado tem na época de acasalamento que é diferente no auge do seu canto.(no primeiro método se o canário estiver com várias fêmeas pode não cantar) , o seu canto é diferente no inicio dos concursos.
Normalmente no timbrado a maturidade sexual e do canto é atingida aos 6 meses.
A comunicação/linguagem é mais forte e natural entre o casal e os futuros filhotes que vão receber de origem a linguagem e os comportamentos dos seus progenitores.
O canto na minha opinião é um canto calmo com uma dicção/timbre que se pode apreciar o canto dos jovens canários.
O interessante do timbrado espanhol é ser um cantor que necessita do criador e o criador dele.
Os 2 métodos usados podem levar ao mesmo objectivo que é ter um canário cantor pontuado em concursos.
No entanto se não levar a concurso experimente os dois e dê a sua opinião, mesmo que seja roller o malinois.

Cumprimentos
Boavida
Avatar do Utilizador
boavida
***
 
Mensagens: 224
Registado: domingo, 26/nov/2006, 02:16
Localização: Lisboa

Re: Métodos de criação do Canário timbrado espanhol

Mensagempor Devil » domingo, 10/jul/2011, 13:35

E muito bem pensado ,neste pequeno tópico apercebe-se de muita coisa ,poucas palavras mas muito esclarecedoras ,muito bom .
Estou mais de acordo com o segundo método também ,sempre sem seringa . :)
Obrigado por esta boa experiencia relatada de forma simples e de mestre :wink:
Esperemos aqui uma opinião do Bruno Andrade ,um ótimo criador também .
Pedro á que analizar bem o que está aqui ,por várias razões ,no positivo ,claro se puderes desenvolve mais este tópico ,estarei atento é de valor .Mais tarde farei uns quotes específicos deste teu artigaço ,assim que tiver mais tempo . Obrigado
Você quer ser feliz por um instante? ...VINGUE-SE!! :evil:
Você quer ser feliz para sempre?... ... ... PERDOE!! :D
Devil
****
 
Mensagens: 435
Registado: quinta, 29/jul/2010, 20:52

Re: Métodos de criação do Canário timbrado espanhol

Mensagempor Bruno Andrade » segunda, 11/jul/2011, 23:44

Olá!

EM primeiro lugar, parabens ao Pedro por continuar a ir pondo topicos sobre canarios de canto, e ao devil por ir comentando tambem, infelizmente devido á sobrecarga profissional tenho andado afastado dos foruns...mas os Timbrados estão um espectaculo a mudar e a iniciarem o repasso.

Relativamente ao tópico como muitos sabem, eu uso o primeiro método referido pelo Pedro(não da forma como foi referido), visto que desde que me iniciei neste hobby grande maioria dos criadores nacionais e internacionais usavam este metodo, de forma a conseguir seleccionar mais facilmente femeas e machos. Desta forma, acasalando 1 macho para varias femeas facilmente concluimos o que queremos ou não genéticamente e quem dos 2 nao passa os genes que queremos, ou simplesmente não os tem. Enquanto que quem cria com casais só consegue tirar essa conclusão passados alguns anos, visto que depois vai ter de acasalar um filho desse casalk como uma potencial boa femea e os filhos podem ser todos bastantes fracos, aí chega a conclusão que o casal dos pais estava mal formado.

Criar com as femeas sdozinhas tambem me facilita bastante no controlo de ovos...e na selecção...porque muitas vezes oa machos querem logo acasalar e partem ovos, podem matar crias etc etc...tendo as femeas sozinhas sei sempre se é uma boa femea ou não.

Mas basicamente conseguem-se bons resultados com as 2 opções...mas penso que 90% dos casos, pelo menos em espanha, criam com 1 macho para varias femeas :))
http://timbradosbrunoandrade.blogspot.com/

Criador Nacional FOP - STAM - CA 21
Avatar do Utilizador
Bruno Andrade
 
Idade: 38
Mensagens: 44
Registado: sexta, 24/set/2010, 17:23
Localização: Almada

Re: Métodos de criação do Canário timbrado espanhol

Mensagempor joao1961 » terça, 12/jul/2011, 22:51

Ola ficariam espantados com o numero de aves que criam sozinhas a sua prole na dita Natureza sem qualquer ajuda de macho algum, esse apenas se preocupa em acasalar( galar) o maior numero de femeas possivel ,por isso alegar que o macho é inprescindivel ??claro que estoua ejagerar na palavra inprescindivel , não claro que não, as femeas são boas ou não tenham lá o macho ou não , e os timbrados são canarios como os outros teem particularidades mas nada tem a ver coma criação como por exemplo os cardinalitos ou mesmo os pintas por isso crie-se com um macho com duas feemas ou com uma a questão e que elas sejam boas , aí estará sempre o sucesso é ter as femeas saudaveies para criarem bem e quem não tiver conhecimento do que contei das varias aves que criam sem macho consulte a net e existem aqui barras a utilizar ou experts a movimentarem se na net consultem verão que tenho razão
joao1961
****
 
Mensagens: 322
Registado: quinta, 30/set/2010, 22:37

Re: Métodos de criação do Canário timbrado espanhol

Mensagempor Bruno Andrade » quarta, 13/jul/2011, 22:38

Concordo plenamente...mas ei que há raças por exemplo onde é muito dificil criar apenas com as femeas, no caso dos timbrados, que são aves que facilmente criam, a presença do macho é dispensavel. Prova disso é que os pioneiros e os maiores criadores de Timbrados, são espanhois...e 90% criam apenas com as femeas :)
http://timbradosbrunoandrade.blogspot.com/

Criador Nacional FOP - STAM - CA 21
Avatar do Utilizador
Bruno Andrade
 
Idade: 38
Mensagens: 44
Registado: sexta, 24/set/2010, 17:23
Localização: Almada

Re: Métodos de criação do Canário timbrado espanhol

Mensagempor joao1961 » quarta, 13/jul/2011, 23:09

Olá Bruno sempre na base de opiniões construtivas, podia te dar imensos casos em que as canarias criam sem macho , por exemplo quase todas as que estão em hibridação porque normalmente os machos estragam os ovos ou os filhotes pequenos , outro caso existem machos por serem demasiado ciosos estragam o ninho e a postura para a canaria entrar outra vez em cio para galarem novamente, ainda outro caso que é no fundo o que estamos a tratar aqui nos timbrados e ja que deste o caso dos criadores espanhois, eles utilizam um macho as vezes ate para 4 ou mesmo 5 femeas pois os bons reprodutores ( os que passam bons genes ) poucos os teem e sempre em numero reduzido por isso á que passar o maior numero desse genes bons para o maior numero de filhos e, aí aparecerão de certeza, alguns bons cantores , mas atenção que nem sempre os bons cantores dão bons cantores apenas aumentam as hipoteses de sairem mais, depois há um pormenor que faz toda a diferença tambem é o professor e a capacidade de aprendizagem dos novos cantores e é aí que me refiro ao aspecto da passagem dos genes que ate para ouvir e reproduzir certos trechos teem que ter capacidades que passam de pais para filhos não me esquecendo nunca que as canarias tambem teem que ser de uma boa linhagem mas é so a minha opinião
joao1961
****
 
Mensagens: 322
Registado: quinta, 30/set/2010, 22:37

Re: Métodos de criação do Canário timbrado espanhol

Mensagempor Devil » quinta, 14/jul/2011, 09:05

Bem criar canário para concurso de canto não é a mesma coisa que criar de porte ou côr ,independentemente do primeiro ou segundo método ,a conversa virou de canário de canto .para qualquer tipo de canário e em série ,quando um macho roda 5 ou 6 canárias ,ele próprio perde qualidade ,isto é como meter-mos um um pit com um rot ,algum deles fica estragado ,certas misturas de genes prejudica e bem ,por isso deve feita uma selecção do casais a fazer ,não se faz á toa ,daqui a pouco estou a pôr um pombo de fundo a acasalar com uma fêmea de velocidade ,quando se fala só porque atrás está o demónio ,fala-se tudo ao contrário ,a ansia de atacar é tanta que origina meter pês pelas mãos ,só sai janadice .Aves selvagens é uma coisa ,domésticas é outra muito diferente ,não tem nada a ver .No canto tem .
Óbvio que quem vende Arlequins a 10 euros ,por este andar está um dia destes a vender timbrados aflautados a 5 euros ,um macho para 50 fêmeas os pequenotes que não dão ,deve ser o canário do Tomas Taveira .
Voltando ao tópico em si que é o que interessa ,no meu ver um canário de canto tem muito que se lhe diga ,tem que se ter distreza ao fazer um casal que pode dar um possivél campião ou bem pontuado .
Notem canários não é bem aquilo que mais gosto e nem os posso ter .
A estrutura básica do canto do timbrado,as vias conectoras complementares são variáveis ,um canário qualquer consegue cantar em linguas "estrangeiras " (outros cantos )até certo ponto
As tours do timbrado devem ser bem defenidas .com a máxima complexidade não falamos dum canário qualquer ,falamos dum TIMBRADO a quantidade só interessa para comercialização ,agora para o que quer competir e afirmação própria ,torna-se imperioso fazer uma boa colónia a fim de mais tarde analizar os que vão á tábua os que estão mais aptos e o reportório nos tempos certos
Os timbres de água ,o baixios do canto ,as campainhas ocas ,campainhas roladas ,tours ligeiramente entrecortados etc
Todos os canários de canto teem que estar bem preparados para os concursos ,a timidez ,o treino e ensinamento ,a alimentação ,a valentia do próprio bicho,o descaramento ou deseninibição para cantar em qualquer lado a qualquer hora ,tudo conta ao mais pequeno pormenor ,isto é como os tentilhões ,é a mesma coisa ,claro que com a sua diferença no canto ,mas o método pode ser identico ,tapem lá o vosso melhor canário(professor ) um mês e digam-me qualquer coisa ,quando o destaparem parece que até come a gaiola ,eu já vi .

Para mim o mais importante está aqui nestes quadros abaixo e tal e qual como fazer um tentilhão ou pintassilgo .
Imagem
Os vários niveis e tempos para se atingir um cantor perfeito ou acima da média tem que ser respeitados e a sequencia de ensino ,consuante a o macho em si e e evolução do proprio pássaro ,não temos só humanos sobre dotados ,também temos aves assim ou outro qualquer animal, á que saber indentificar isso e tirar o máximo proveito é aí que o criador tem o papel mais importante de todos ,saber actuar na hora certa e o que fazer .
Imagem
Vejam este quadros ,se tiram algo disto ,Mais tarde abordarei melhor este tema .
Todos os pássaros estudam ,mas estudam um sub canto(genético) ,é a partir desse sub canto que se começa a treinar e a desenhar (aprendizagem) o canto maturo
Tenho a impressão que este tópico já se está a comparar a outra raça qualquer ,ou seja é tirar ás carradas e depois nem um pontua chegam lá , bico colado
Os niveis de estetoesterona é fulcral quer para ensinar como para concorrer ,o pássaros tem que estar no nivél máximo .
O que estiver errado corrijam-me ,posso estar em erro .
Como sou um granda barra na net ,levo isto com uma perna ás costas ,este deve pensar que não entendo as indirectas ,nem directo consegue ser coitadito !!Como aos miúditos aqui da rua .
Imagem
Amanda tiros (nem chega amandar ) para o ar e pira-se ,é o bate e foge hhhhheeeeee É o Trinitá cá do forum .
Tenham cuidado que pode haver aí alguém que vos estrague o negócio a vender canários ao desbarato e futuros campiões da sardinha e do copo 3 .Dantes dizia-se que a sabedoria só vinha pela net ,agora manda-se lá ir ,descoberta do jazigo de ouro .Cá as dizes cá as levas .
Você quer ser feliz por um instante? ...VINGUE-SE!! :evil:
Você quer ser feliz para sempre?... ... ... PERDOE!! :D
Devil
****
 
Mensagens: 435
Registado: quinta, 29/jul/2010, 20:52

Re: Métodos de criação do Canário timbrado espanhol

Mensagempor Bruno Andrade » sexta, 15/jul/2011, 01:08

Bom...relativamente ao canto nao posso concordar com algumas coisas...no caso de um timbrado , a tecnica do professor é usada por mts criadores mas nao todos, eu nunca usei...e tenho conseguido bons resultados... tanto que os canários descontinuos nao teem a mesma formação a nivel de siringe..logo , muito dificlmente se copiam entre si..podendo por isso..ter 20 tipos de floreios , floreios lentos e conjuntas...coisa que um Clássico normal..jamais conseguirá ter...e porquÊ? Porque tem sido cada vez mais trabalhado com professores...o ano passado sagrei me vice campeão nacional com classicos(com a mesma pontuação que o campeão nacional) que atingiam os 20 em floreios, floreios lentos e conjuntas..,.que para apenas apuramento genetico é muito bom! Por norma chega-se aos 13 ..15 pts...

E esse tem sido o meu caminho...explorar o melhor que as selecções que faço me podem dar...umas vezes perco aqui e ganho ali..mas isso já é gosto pessoal...e tento passar os giros que mais gosto de ouvir...facilmente se detectam copias...:))
http://timbradosbrunoandrade.blogspot.com/

Criador Nacional FOP - STAM - CA 21
Avatar do Utilizador
Bruno Andrade
 
Idade: 38
Mensagens: 44
Registado: sexta, 24/set/2010, 17:23
Localização: Almada

Re: Métodos de criação do Canário timbrado espanhol

Mensagempor Devil » sexta, 15/jul/2011, 09:04

Bom dia ,claro que existe alguns métodos e certos criadores optam pelo que consideram melhor ,é assim que se chega lá discordando e repondo o porquê da discordancia ,o que gera mais umas explicações e assim lá se vai formando uma opinião variada ,também sou a favor de não fazer cópias ,que por vezes nem se consegue e fica tudo mal feito .
O único canário que tenho e não está comigo é um Harz(f) x Timbrado (m) é um canário que gosta de passear como os outros ,vem á rua relativamente ,acho que de futuro nunca terei um canário assim ,uma variedade incrível ,pulmão etc ,gostava que um dia fosse ouvido por quem sabe a sério ,como os dois que aqui postaram ,que noto uma superioridade em relação ao pai noto ,sempre esteve sozinho e sem qualquer gravação ou mestre ,aquilo no meio dos tentilhões ou outros pássaros incluindo canários ,até se esgana a cantar ,os floreios dele é digno de se ouvir ,todo ele é timbrado côr e porte o canto é misto ,mas mais para timbrado ,estou a prepará-lo para sair já não se cala ,vai aqui a uma mata e é ouvi-lo com o volume no máximo ,não se poupa a tecnica nem a esforços para fazer algumas coisas mais complexas .Amigos que o ouvem tapado ,dizem que é um gravador dentro da gaiola hhhhhheeeee
Tecnicamente é um pinto cantor mas ouvi-lo a fazer timbrado nos afinamentos dos dois cantos ,a maneira como ele dá aquelas voltas soa lindamente bem no ouvido ,o pai veio de Almada da lavoura do senhor Bruno Andrade ,todo verde ,também gosta de vir á rua ,tenho umas histórias de combate de canários bem engraçadas com ele aqui na rua ,acho que um dia de tanto cantar rebenta ,até me assusto com o bicho .
Você quer ser feliz por um instante? ...VINGUE-SE!! :evil:
Você quer ser feliz para sempre?... ... ... PERDOE!! :D
Devil
****
 
Mensagens: 435
Registado: quinta, 29/jul/2010, 20:52

Re: Métodos de criação do Canário timbrado espanhol

Mensagempor boavida » sexta, 15/jul/2011, 12:01

Saudações ornitológicas!
De facto o nick Devil tem razão, o assunto do tópico está incorrecto, se calhar seria Métodos de criar canários.
Incluindo o que o Bruno Andrade referiu que existem outras raças de canários e outros frigilideos que precisam de amas ou não ( as quais muitas das vezes são canárias timbradas que fazem esse papel).

Quanto às imagens que o nick Devil partilha podia explicar a quem não sabe porquê dessas imagens e a sua importância.
João esperemos pelos Barras e os experts para melhorar aquilo que criamos com fundamentação e experiência .

Em relação a Espanha não comento porque na época das criações não estou em Espanha para ver como criam as suas aves.
Será mais interessante a participação de mais criadores no nacional de 2011 para sabermos mais coisas e como cantam os timbrados este ano .
Cumprimentos
Boavida
Avatar do Utilizador
boavida
***
 
Mensagens: 224
Registado: domingo, 26/nov/2006, 02:16
Localização: Lisboa

Re: Métodos de criação do Canário timbrado espanhol

Mensagempor Devil » sexta, 15/jul/2011, 13:46

Estes manuscritos estão no blog do Joaquim ,que foram traduzidos para português
Imagem
Imagem
Imagem
Imagem
Muito bons artigos ,Boavida mais tarde o nick Devil comenta o que postei :) :D Um dia destes não sei o meu nome :) :D
Você quer ser feliz por um instante? ...VINGUE-SE!! :evil:
Você quer ser feliz para sempre?... ... ... PERDOE!! :D
Devil
****
 
Mensagens: 435
Registado: quinta, 29/jul/2010, 20:52

Re: Métodos de criação do Canário timbrado espanhol

Mensagempor joaquim Baiao » sexta, 15/jul/2011, 15:15

Olá companheiros do canto.

Bem qual é a indeia de juntar um timbrado com um Harze? não tenho nada contra é so para compreender.

Isso é tar a estragar o que muitos criadores já coseguiram que é selecionar cada vez melhor o Timbrado o Harze ou o Malinua não tem qualquer sentido esse acasalamento.

Devil se queres ter um bom cantor seja timbrado Harze ou Malinua cria so com a raça que mais gostares vai selecionado e aos poucos vais ver que vais ouvir e vais dizer espetaculo cosegui um bom cantor.

A compia é complicado de coseguir como é complicado coseguir um bom timbrado genetico cada criador seguem um caminho mas as dificuldades aparesem tanto numa maneira de criar como noutra, e depois temos o que se chama semi compia aqui trabalha-se com timbrados com uma boa genetica aplicado depois um bom maestro para o completar neste ou naquele giro que nos queiramos que ele o venha a cantar para esse repretorio ficar mais completo mas para isso é presizo tempo e saber ouvir e sabermos o que cremos num timbrado por exeplo.
joaquim Baiao
 
Mensagens: 17
Registado: quarta, 10/mar/2010, 17:00


Voltar para Canários de Canto

Quem está ligado:

Utilizador a ver este Fórum: Nenhum utilizador registado e 1 visitante