Sondagem-Captura de Aves em Portugal legalizada !!!

Precisa de opiniões ou conhecer resultados de criadores? Participe - crie a sua sondagem!

Moderador: Armando Moreira

Aceitaria a Captura de Aves em Portugal nos moldes em que é feita em Espanha

Votação encerrada em domingo, 07/Oct/2007, 00:30

Sim
15
48%
Não
15
48%
Sem opinião
1
3%
 
Total de votos : 31

Mensagempor Dolfo » quinta, 27/set/2007, 00:09

o post continua lá tal como está escrito em baixo


Sim, tal como digo no meu PS do meu post anterior, o seu post editado não é esse, é outro.

Dado que a minha por exemplo, também já está muito incerta


Eu na minha idade já não tenho incertezas deste género.

As minhas desculpas pela contradição.


Esta não é a única contradição nos seus posts, se os reler há-de ver que há outras.


Dolfo
Dolfo
*****
 
Mensagens: 1237
Registado: quinta, 25/jan/2007, 02:56

Mensagempor pintas1977 » quinta, 27/set/2007, 00:21

Dolfo Escreveu:Esta não é a única contradição nos seus posts, se os reler há-de ver que há outras.


Têm toda a razão Dolfo, dado que tal como você diz.

Dolfo Escreveu:Sempre que for pra melhor, pra evoluir, não tenho nenhum problema em mudar de opinião!


Eu também penso assim. No entanto peço que dada a estima que tenho por si e seus comentários não transforme-mos isto num monólogo.
Tal como você diz, "tentemos limitarmo-nos ao assunto do tópico".
Vou ouvir a sua opinião e tentar não me contradizer tanto, dado que tal como você diz não tenho a sua idade e portanto estou mais sujeito a errar portanto vou respeitar a opinião dos mais velhos. :wink: .

O tópico está a ser muito interessante, as votações estão renhidas (14/14).
Cumprimentos
Jaime Simões
Avatar do Utilizador
pintas1977
Site Admin
 
Idade: 41
Mensagens: 770
Registado: quarta, 11/jul/2007, 23:03
Localização: Malveira/Mafra

Mensagempor Dolfo » quinta, 27/set/2007, 01:00

não transforme-mos isto num monólogo.


Diálogo.
Monólogo é só 1, a falar sózinho.

O tópico está a ser muito interessante, as votações estão renhidas (14/14).


As votações estão como tudo neste país, não é de espantar, é mais (este é o meu ponto de vista!) de envergonhar.
Quanto ao tópico, como só os do "não" falam, deixou de ter interesse.
Não há nada como uma boa "guerra" de argumentos, com opiniões diferentes, para animar, assim torna-se monótono e repetitivo!

Dolfo
Dolfo
*****
 
Mensagens: 1237
Registado: quinta, 25/jan/2007, 02:56

Mensagempor BrunoSilva » quinta, 27/set/2007, 02:34

Boa noite,

Pedro,

Respondendo á tua pergunta sobre as anilhas, eles não têm anilhas, mas não vamos pegar pela anilha ou vamos? Eu também vendo aves e muitas delas (ou quase todas) não estão anilhadas e lá por isso não foram capturadas na natureza, foram criadas em cativeiro.
E quando os comprei foi em condições, vinham com factura e foi sempre com o pensamento de ser aves criadas em cativeiro (até posso ter sido enganado, mas acho que não foi esse o caso).

Ricardo,

“É que se têm anilha fechada, de criador, então sim serão aves nascidas em cativeiro, mas não é por estarem registadas que deixam de poder ser aves selvagens!”

Então as aves que vendo só por não terem a dita anilha poderão ser aves capturadas. Quanto a mim isso da anilha não tem nada a ver para o assunto, tanto se pode vender uma ave anilhada (ter sido anilhada no ninho, na natureza) e ela ter sido capturada, como se pode vender uma ave que não está anilhada, mas ela ter sido criada em cativeiro. Uma coisa não tem nada a ver com a outra, acho eu…

Mas quando falo não é só a nível nacional é mundial.

Capturar só em caso extremo e só depois de recorrer a meios naturais e para a prevenção da extinção de uma ave. È a minha opinião.

“Outro problema em aplicar alguma coisa em Portugal é que normalmente ninguém sabe muito bem como fazer as coisas e seguir as normas.”

Concordo plenamente, mas isso não se aplica só a este caso, é a nível geral. Por isso digo: estamos em Portugal.

Manuel,

“Capturar para criar SIM
Capturar para negoçio NÃO”

E diga-me lá uma coisa, capturar para criar sim? e essas aves criadas serão para quê? Para doar a alguma instituição de caridade? Não me parece. Vão acabar por ser vendidas e ai já está a chegar à sua segunda frase “Capturar para negoçio NÃO” Aqui está a escapar-me algo…

Jaime,

Exactamente, a sua extinção devia-se ao facto de estar a haver uma expansão de plantas exóticas, invadindo a comunidade de plantas endémicas (que são a fonte de alimentação do Priôlo).

Mas para quê haver clubes de captura? Quando basta zelar pelo seu habitat, resolvendo assim o problema?

“Acho que o problema maior é a destruição do Habitat.”

Concordo plenamente, caso não houvesse a destruição do habitat, muito provavelmente não se dava o caso da espécie ficar ameaçada, então o problema teria de ser resolvido logo por ai.
Também não me agrada nada ver a linda floresta da Amazónia ser destruída daquela forma.

Claro que no caso de extinção, onde tudo o resto falhou, ai sim, sou do acordo da captura, mas só nesse caso e para preservação.
Imagem

Cumprimentos,

Bruno Silva | STAM 316AG
Avatar do Utilizador
BrunoSilva
***
 
Idade: 35
Mensagens: 161
Registado: terça, 13/mar/2007, 11:35
Localização: Terceira - Açores

Mensagempor Pedro121 » quinta, 27/set/2007, 08:35

Bruno, para não me desviar do assunto do topico...., continumos em mp, ok?
Pedro Ramalho
Pedro121
*****
 
Mensagens: 2752
Registado: terça, 17/Oct/2006, 09:46
Localização: Caldas da Rainha

captura de aves em Portugal

Mensagempor Manuel M. » quinta, 27/set/2007, 15:15

Boa Tarde a Todos

Isto vai quente

Dolfo è verdade que a maioria dos pintassilgos capturados è para negocio,mas aqueles que querem criar teem que os capturar

O que è preçiso è controlar as feiras e algumas lojas que vendem aves pois sei que à lojas a venderem pintassilgos às escondidas

Bruno Silva o que fases às tuas tuas novas crias? das-lhes a liverdade? os decendentes das tuas aves não foram selvagens?...

Criar pintassilgos capturados è uma maneira para reduzir as capturas

Cumprimentos

Manuel Marinho
Avatar do Utilizador
Manuel M.
*****
 
Idade: 69
Mensagens: 768
Registado: sábado, 20/jan/2007, 21:15
Localização: Bruxelas / Matosinhos

assunto criação de pintassilgos

Mensagempor Manuel M. » quinta, 27/set/2007, 15:38

Boa tarde

Nuno Santos aqui na Belgica tambem à barbaridades, em Fevereiro deste Ano fui a uma casa muito conhecida perto de Bruxelas a onde tenha pintassilgos e melheiros para vender ,fui ver e para meu espanto os passaros tenham anilhas de 2005 e andavam sempre no chão pois eram passaros apanhados à serca de 1ou2 meses, eles consegem por anilhas oficiais com um sesteme que não o vou diser para bem das noças aves

Cumprimentos

Manuel Marinho
Avatar do Utilizador
Manuel M.
*****
 
Idade: 69
Mensagens: 768
Registado: sábado, 20/jan/2007, 21:15
Localização: Bruxelas / Matosinhos

Mensagempor Dolfo » quinta, 27/set/2007, 16:04

Boas,

Dolfo è verdade que a maioria dos pintassilgos capturados è para negocio,mas aqueles que querem criar teem que os capturar


Manuel, eu francamente sobre passarinhos não percebo nada, já o disse várias vezes. Para além dos psitacídeos, sobre alguns dos quais lá vou tentando aprender qualquer coisinha, dos outros estou completamente ás escuras!
Mas pelo que tenho lido aqui no Forum, então não há criadores a criar pintassilgos? Quem quer ter um pintassilgo, ou fazer criação da espécie, tem de os capturar?! :shock: :roll:

Bruno Silva o que fases às tuas tuas novas crias? das-lhes a liverdade? os decendentes das tuas aves não foram selvagens?...


Suponho que te refiras aos antepassados, não aos descendentes, deve haver aí um lapso.
Mas ó Manuel, vamos a ser realistas! Os papagaios africanos, como a maioria dos psitacídeos que criamos, são originários da Europa, de Portugal? Então cabe na cabeça de alguém que se criassem aves africanas, ou asiáticas, ou da América do Sul, e depois as libertássemos aqui num habitat que lhes é estranho, e onde não sobreviveriam?! Francamente! :shock: :roll:

Cumprimentos,

Dolfo
Dolfo
*****
 
Mensagens: 1237
Registado: quinta, 25/jan/2007, 02:56

Mensagempor Pedro121 » quinta, 27/set/2007, 16:20

Dolfo Escreveu:Mas ó Manuel, vamos a ser realistas! Os papagaios africanos, como a maioria dos psitacídeos que criamos, são originários da Europa, de Portugal? Então cabe na cabeça de alguém que se criassem aves africanas, ou asiáticas, ou da América do Sul, e depois as libertássemos aqui num habitat que lhes é estranho, e onde não sobreviveriam?! Francamente! :shock: :roll:


Apesar de estares muito off topic eu vou responder-te Dolfo :lol: :wink: , mas só porque estou bem disposto 8)

Nostemos varios exemplos de psitacideos que foram soltos em Portugal e que não morreram e estão aparentemente a estabelecer-se com sucesso

Assim :

Da Asia temos Ringnecks
da Africa temos colonias de agapornis, e micro populações de massarongos
Da america do sul temos quakers

Todas estas especies são invasores natos, especialemte os Quakers e os Ringnecks que tem ambos populações estabelecidas em todos os continentes exepto a Antarctida

Algumas foram resultantes de fugas acidentais outras de intruduções propositadasem que as aves foram soltas de proposito
Pedro Ramalho
Pedro121
*****
 
Mensagens: 2752
Registado: terça, 17/Oct/2006, 09:46
Localização: Caldas da Rainha

Mensagempor BrunoSilva » quinta, 27/set/2007, 16:59

Boa tarde,

Manuel, as aves que tenho ou dou algumas a pessoas conhecidas ou então vendo, mas todas as aves que vendo não foram capturadas nem as adquiri de capturas.

"os decendentes das tuas aves não foram selvagens?... "

Bem os descendentes das minhas aves, muitos deles ainda não nasceram e das que já me deram criação algumas vendi, obviamente.

Agora referindo-me aos antepassados, se formos por ai, também posso afirmar o seguinte: Conheces algum animal de estimação que não tenha sido selvagem em tempos, todos eles já forma selvagens, o melhor amigo do homem(cão) não nasceu domesticado, até o próprio homem em tempos já foi "um selvagem", por isso acho que esse não é o caminho indicado para seguir. :wink:
Imagem

Cumprimentos,

Bruno Silva | STAM 316AG
Avatar do Utilizador
BrunoSilva
***
 
Idade: 35
Mensagens: 161
Registado: terça, 13/mar/2007, 11:35
Localização: Terceira - Açores

Mensagempor Miguel Isidoro » quinta, 27/set/2007, 18:44

Olá a todos,

Muito animado que isto anda, sim senhor... :lol:

Vou fazer uma pergunta ao Dolfo e ao Pedro muito off topic (espero que ambos estejam muito bem dispostos e me possam esclarecer :lol: :wink: ) porque, de facto, ou não percebi ou posso estar a perceber mal.

Dolfo,

"Mas ó Manuel, vamos a ser realistas! Os papagaios africanos, como a maioria dos psitacídeos que criamos, são originários da Europa, de Portugal? Então cabe na cabeça de alguém que se criassem aves africanas, ou asiáticas, ou da América do Sul, e depois as libertássemos aqui num habitat que lhes é estranho, e onde não sobreviveriam?! Francamente! "

Porquê, se sobrevivessem já não havia mal?

Pedro,

"Nos temos varios exemplos de psitacideos que foram soltos em Portugal e que não morreram e estão aparentemente a estabelecer-se com sucesso

Assim :

Da Asia temos Ringnecks
da Africa temos colonias de agapornis, e micro populações de massarongos
Da america do sul temos quakers "

E isto é bom porque.... :?: :?: :?:

Se calhar li mal ou estou a tirar conclusões precipitadas mas parece que ambos acham "normal" (ou não muito mal) que se introduzam espécies em Portugal desde que consigam sobreviver na Natureza.

Na minha opinião, e os exemplos são mais que muitos, sempre que o Homem, teve a "brilhante ideia" (ou o descuido) de introduzir espécies em habitats novos os resultados foram maus, muito maus ou catastróficos para as espécies nativas.

Desculpem o off topic :?

Com os melhores cumprimentos,

Miguel Isidoro
Miguel Isidoro
***
 
Mensagens: 247
Registado: quinta, 02/nov/2006, 17:21

Mensagempor Dolfo » quinta, 27/set/2007, 18:45

Bom, vamos lá tentar de novo porque há bocado já respondi mas quando submeti o post esta coisa não deu :x

Apesar de estares muito off topic eu vou responder-te Dolfo :lol: :wink: , mas só porque estou bem disposto 8)


Estamos off-topic, eu, tu, o Manuel...
Mas se as perguntas são off-topic, as respostas inevitávelmente também acabam por o ser! A menos que não responda ou que passe para MP.
Mas bom, adiante... vamos lá então continuar off-topic :wink:

Também sei, é claro, de várias espécies de psitacídeos que se ambientaram a viver/sobreviver fora do seu habitat natural, nomeadamente populações de Quakers (até há 1 casal a criar à entrada do Zoo de Lisboa!), no que respeita à Europa, em Espanha sobretudo, creio eu.
E já ouvi falar de colónias de Ring-necks espalhadas aqui e ali na Europa.
Sobre os outros que citas é a 1ª vez que ouço falar.
Mas será que podemos generalizar?
Os Quakers sabe-se que são aves oportunistas, com facilidade de adaptação, os Ring-necks sendo algo omnivoros, também se compreende que se consigam adaptar.
Não sei se será o caso para os outros psitacídeos (e são numerosos) que por aí se criam.


Mas este nem sequer é o aspecto mais grave da libertação de aves oriundas de outras paragens!
O problema principal é que isso poderia ser catastrófico para a espécies autóctones!
São numerosos os exemplos em que a introdução de espécies estranhas a um determinado habitat levaram pura e simplesmente à extinção das espécies locais! E claro que não me refiro só a aves, nem só à fauna.

Dolfo
Dolfo
*****
 
Mensagens: 1237
Registado: quinta, 25/jan/2007, 02:56

Mensagempor Pedro121 » quinta, 27/set/2007, 18:49

Miguel Isidoro Escreveu:

E isto é bom porque.... :?: :?: :?:

Se calhar li mal ou estou a tirar conclusões precipitadas mas parece que ambos acham "normal" (ou não muito mal) que se introduzam espécies em Portugal desde que consigam sobreviver na Natureza.


Miguel, eu não estou a dizer que é bom ou mal, estou apenas a constatar um facto, e off topic claro, e bem disposto já que acabei de ver o 1º episodio da 4ª seriie do House :)
Pedro Ramalho
Pedro121
*****
 
Mensagens: 2752
Registado: terça, 17/Oct/2006, 09:46
Localização: Caldas da Rainha

Mensagempor Dolfo » quinta, 27/set/2007, 18:50

Olá Miguel,

Muito rápidamente porque já estou atrasado para dar a papa aos meus Quakers :oops:

Porquê, se sobrevivessem já não havia mal?


Claro que havia.
A minha resposta a essa pergunta acabei agora de a incluir no post em resposta ao Pedro, antes e ler o teu.
E como vês, até acho que isso é que seria o mais grave de tudo, ao libertar cá aves (ou outra espécie qualquer) não autóctone!

Cumprimentos,

Dolfo
Dolfo
*****
 
Mensagens: 1237
Registado: quinta, 25/jan/2007, 02:56

Mensagempor Pedro121 » quinta, 27/set/2007, 18:57

Dolfo Escreveu:São numerosos os exemplos em que a introdução de espécies estranhas a um determinado habitat levaram pura e simplesmente à extinção das espécies locais! E claro que não me refiro só a aves, nem só à fauna.


Tambem são numerosos os exemplos em que não tiveram nenhum impacto negativo, e por isso mesmo não são tão conhecidos, afinal o metodo em sí não é natural, mas o mecanismo é.
Pedro Ramalho
Pedro121
*****
 
Mensagens: 2752
Registado: terça, 17/Oct/2006, 09:46
Localização: Caldas da Rainha

AnteriorPróximo

Voltar para Sondagens / Inquéritos

Quem está ligado:

Utilizador a ver este Fórum: Nenhum utilizador registado e 1 visitante