Página 1 de 1

A consanguinidade é grave?

Enviado: quinta, 13/jun/2013, 15:31
por Carlos A.
Boa tarde,
Sei que não convém juntar duas aves (caturras) irmãs, mas é assim tão grave elas cruzarem?

Re: A consanguinidade é grave?

Enviado: quinta, 13/jun/2013, 19:11
por Gustavo Figueiredo
Não se trata de ser grave mas sim, desaconselhável.
Se não tiver mais nenhuma solução e o objetivo for para trabalhar determinada mutação, recorre-se á consanguinidade.

Re: A consanguinidade é grave?

Enviado: quinta, 13/jun/2013, 21:26
por Carlos A.
obrigado, mas terá algumas repercussões nas crias?

Re: A consanguinidade é grave?

Enviado: quinta, 13/jun/2013, 22:17
por Canary
Boas!

Nos anuncios aqui do forum, existe a opção troca. É melhor trocar uma das aves.

Deve-se evitar a consanguinidade...pois ao haver algum gene com algum tipo de anomalia (ainda que não visivel) ao cruzar com outro individuo familiar(familiar tem maior probabilidade de ter o mesmo gene defeituoso), vai acentuar o problema. A consanguinidade tende a acentuar os defeitos e as qualidades. :wink:

Dito de outra forma existem maiores probabilidades das crias sairem com problemas. Há riscos acrescidos.

Cumps,

JM

Re: A consanguinidade é grave?

Enviado: sexta, 14/jun/2013, 08:37
por AvilandiaPT
Olá,

Grave é relativo. Tanto pode correr bem e aparentemente não ter problemas, como logo na geração seguinte dar problemas. É mais "grave" quando é feita de forma continuada.
Quando se trabalha em selecção, com espécies ou mutações raras muitas vezes não há alternativa mas é por isso que existem métodos de selecção precisamente para aproveitar as vantagens e reduzir as desvantagens.
Fora dessas situações, quando é apenas para aproveitar e fazer mais uns casais, mais vale trocar as aves ou vender umas e comprar outras.

Cumps.