Ajuda com criação de Caturras - primeiras crias

ALISTERUS, APROSMICTUS, BARNARDIUS, CYANORAMPHUS, EUNYMPHICUS, LATHAMUS, NEOPHEMA, NEOPSEPHOTUS, NYMPHICUS, PLATYCERCUS, POLYTELIS, PROSOPEIA, PSEPHOTUS, PURPUREICEPHALUS

Moderadores: pedro376h, borllock, vitor anastacio

Ajuda com criação de Caturras - primeiras crias

Mensagempor AAndrade » quarta, 09/mai/2012, 08:28

Bom dia,

Eu e a minha namorada temos adquirimos um casal de caturras no verão de 2010. Este ano o nosso casal teve as primeiras crias.
Neste momento estou com algumas dúvidas e por isso se for possível gostaria que me ajudassem.
Li num outro tópico que se deve retirar os ovos que não eclodirem, é verdade? Neste momento as crias estão com 3.5 semanas e ainda está lá um ovo por eclodir. Sempre deixei este ovo até porque pensei que servia para os pais terem noção de até onde podiam ir sem magoar as crias enquanto são mais pequenas. Devo retirar? Quais são as implicações de deixar?

Outra questão: O ninho neste momento já está bastante sujo devido aos "cócos" das crias, devo limpar ou deixo estar assim?

Agora vêm as questões relacionadas com as mutações tanto dos pais como das crias.
Quanto aos pais julgo que serão as seguintes:

Macho: Arlequim / Lutino
Fêmea: Pérola / ?? (pérola é o mesmo que opalino?)

As crias julgo que serão:

A cizenta: Arlequim (Sexo?)
A Amarela: Lutino (Sexo?)
A Branca: ?? (Para ser albina teria de ter olhos vermelhos mas não consigo ter a certeza da cor dos olhos...)

Deixo aqui as fotos:

Pais:

Imagem

Crias:

Imagem

Branca:

Imagem
AAndrade
 
Mensagens: 5
Registado: segunda, 07/mai/2012, 08:44

Re: Ajuda com criação de Caturras - primeiras crias

Mensagempor AAndrade » domingo, 13/mai/2012, 20:59

Apesar de não ter tido qualquer resposta relativamente ao meu tópico, venho novamente com questões relacionadas com as caturras, com a esperança de obter alguma ajuda desta vez.

As crias fazem hoje 4 semanas e da ninhada houve um ovo que não estava cheio.
Acontece que nunca foi retirado porque achámos melhor não mexer para não correr o risco de os pais os rejeitarem. Na 6ª feira passada reparámos que haviam 3 ovos em vez de apenas o tal que tinhamos visto inicialmente. Julgámos que talvez já lá estivessem e não nos tínhamos apercebido.
Agora hoje voltámos a ir ver o ninho, a fêmea estava lá dentro e reparámos que ela está aninhada em cima dos ovos e inclusivamente mudou de posição e vimo-la a aconchegar os ovos para debaixo dela.
Agora as minhas questões são:

Será que as actuais crias não estarão em perigo?Pois ao que tudo indica ela está a chocar os novos ovos. Será que os pais as vão continuar a alimentar ?

E estes novos ovos será que vão gerar alguma coisa? É que a fêmea também passa algum tempo fora do ninho...É certo que as crias estão dentro do ninho mas não sei se os ovos assim irão chocar... O ninho começa a ficar pequeno para as crias e a fêmea... Estamos em dúvida se devemos ou não tirar as três crias e alimentá-las à mão. Mas também não sabemos nada sobre esse assunto :cry:

Se puderem ajudar agradeciamos, pois estamos com medo de perder as crias actuais.
AAndrade
 
Mensagens: 5
Registado: segunda, 07/mai/2012, 08:44

Re: Ajuda com criação de Caturras - primeiras crias

Mensagempor mariacoelho » domingo, 13/mai/2012, 22:33

OlÁ tb tenho caturras e estou com um problema a espera de resposta, mas no teu caso aconselho a tirar os filhotes os pais cuidam deles, é apenas minha opnião... se der pra ajudar!
mariacoelho
 
Mensagens: 2
Registado: domingo, 13/mai/2012, 12:46

Re: Ajuda com criação de Caturras - primeiras crias

Mensagempor marco fernandes » domingo, 13/mai/2012, 22:45

O ovo velho já pode tirar, e até convém porque nesta fase pode ser fonte de bactérias.
Mas fez bem em deixar ficar até que as crias cresçam um pouco.
Em relação aos ovos que tem aí é muito bom sinal: significa que as suas aves estão com muita saúde.
Só tive um caso desses com uns periquitos, e o que aconteceu foi que a fêmea expulsou as crias e os macho continuou a alimenta-los.
Na altura segui um conselho de colocar um ninho extra à disposição, como faço com agapornis, mas os periquitos preferiram o ninho já ocupado!
Outra questão que colocas é se tens aí um albino. Acho que sim!
Cuidado que não tenho qualquer experiência com caturras. espera por opiniões profissionais, mas penso que já te orientei.
Cumps
Marco
Cumprimentos,
Marco Fernandes
STAM 789M
e-mail: marcohof@sapo.pt
Facebook: www.facebook.com/celeiro.azul
Avatar do Utilizador
marco fernandes
****
 
Idade: 39
Mensagens: 365
Registado: sábado, 04/fev/2012, 20:53
Localização: Lousado-V. N. Famalicão

Re: Ajuda com criação de Caturras - primeiras crias

Mensagempor AAndrade » segunda, 14/mai/2012, 08:18

Obrigado pelas vossas opiniões. Então será melhor deixar as crias no ninho até a fêmea as expulsar? Tenho medo é que os pais não as alimentem convenientemente por causa de estarem preocupados com os novos ovos.

Quanto ao retirar o ovo antigo terei de apanhar a fêmea fora do ninho porque ela dentro do ninho não me deixa colocar a mão lá dentro. Só espero é que ela não tenha misturado esse ovo com os novos porque senão não sei como saber qual é o ovo antigo.

Se alguém puder dar mais alguma ajuda, agradecia.
AAndrade
 
Mensagens: 5
Registado: segunda, 07/mai/2012, 08:44

Re: Ajuda com criação de Caturras - primeiras crias

Mensagempor Luis Grencho » segunda, 14/mai/2012, 09:59

Boas.
Tudo o que relata e normal, a fêmea ja tem as crias encaminhadas e recomeça nova postura, o macho vai-se encarregar delas sem problema nenhum como o fizeram até aqui, é o normal, por vezes podem aconteçer algumas coisas mas normalmente corre tudo bem, e se eles criaram bem até aqui deverão continuar a fazê-lo, a questão que se pode põr é no caso da fêmea se tornar muito agressiva com as crias, mas normalmente elas começam a sair do ninho e ela tolera-as mesmo quando voltam ao ninho para dormir ou quando chegamos perto da gaiola e elas vão la para dentro, assim que elas começarem a comêr sozinhas (+/- 15 dias depois de começarem a sair do ninho) e voçê vir que ja se alimentam bem, poderá então tirá-las para outra gaiola sozinhas e o casal continuará a outra criação, em relação aos ovos velhos como ja foi dito, normalmente deixam-se ficar servem de apoio as crias pequenas, depois podem-se tirar la para os 10 dias de vida das crias, se reparar em relação aos ovos novos o velho deve ter uma côr mais baça e velha, tira-o.
Em relação a mexer no ninho não deve sêr caso para tantos medos, as aves em cativeiro e habituadas deixam mexer no ninho e nas crias sem problema, é uma questão de habito, deve-mos vigiar os ninhos todos os dias de forma calma para que as aves se habituem a esse ritual diario logo desde antes de começarem a colocar ovos, deve-se abrir o ninho para que a fêmea se habitue aquela presença que la vai abrir a tampa do ninho, e assim não tera problemas depois na postura e com as crias para as anilhar, verificar o estado das patas se tem fezes agarradas ou qualquer outra coisa que seja necessario fazêr.
Cumprimentos.

Luis Grencho

Criação Agapornis Roseicollis
STAM BZ081

http://rosibird.webnode.com.pt/
Avatar do Utilizador
Luis Grencho
*****
 
Idade: 48
Mensagens: 1076
Registado: domingo, 24/fev/2008, 02:33
Localização: Benavente

Re: Ajuda com criação de Caturras - primeiras crias

Mensagempor AAndrade » segunda, 14/mai/2012, 10:43

Muito Obrigado pela sua resposta ajudou imenso! Assim já fico mais descansado.

Então vou continuar a vigiar para ver se as crias serão ou não alimentadas (o que pelos vistos serão) e assim que me for possível retiro o ovo velho. Eu queria era mudar o ninho de sitio antes da nova postura ,porque o ninho está num sitio de dificil acesso, pois na altura que a fêmea começou a colocar a primeria postura estavamos em fase de mudança para uma nova gaila, mas como ela começou a colocar os ovos então já não mexemos mais na gaiola. Estavamos a pensar mudar antes da eventual 2ª postura mas uma vez que ela já parece estar novamente a colocar os ovos então é melhor não mexer, certo?

Que cuidados devo ter agora neste período para ver se as crias estão a ser alimentadas e a fêmea não está a ser agressiva com elas?

Normalmente em que semanas é que as crias começam a sair do ninho? 6ª semana?
AAndrade
 
Mensagens: 5
Registado: segunda, 07/mai/2012, 08:44


Voltar para Psitacídeos Australianos e Oceânicos

Quem está ligado:

Utilizador a ver este Fórum: Nenhum utilizador registado e 1 visitante