Casal de Roselas

Todas as questões relacionadas com a genética das aves, mutações, cruzamentos, etc.

Casal de Roselas

Mensagempor Dolfo » segunda, 07/jan/2008, 02:08

Boas,

Já fui ver ao Calculador Genético, mas nem em inglês nem em francês percebo aquilo... Enfim, o problema não está nas línguas, está é na minha incapacidade em compreender mínimamente as noções mais básicas da genética... :oops: :cry:

Daí a pergunta aos gurus nesta matéria (allô Pedro, e demais entendidos... :D ) :

Com um casal de roselas eximius, em que o macho é opalino / pastel e a fêmea rubina, o que é que vai sair deste cruzamento?
Note-se que ainda não percebi muito bem se devo perguntar "o que é que vai sair", ou "o que é que pode sair"... :roll:

Mas bom, seja como fôr, dêm-me uma ajudinha e digam lá que mutação/ões é suposto sair/em deste cruzamento.

Obrigado,

Dolfo
Dolfo
*****
 
Mensagens: 1237
Registado: quinta, 25/jan/2007, 02:56

Re: Casal de Roselas

Mensagempor pedro376h » segunda, 07/jan/2008, 02:34

Dolfo Escreveu:Daí a pergunta aos gurus nesta matéria (allô Pedro, e demais entendidos... :D ) :

Com um casal de roselas eximius, em que o macho é opalino / pastel e a fêmea rubina, o que é que vai sair deste cruzamento?


boas,
este Pedro não sou eu, e entendido também não :) mas vou deixar a minha opinião:

opalino, e lutino são mutações recessivas ligadas ao sexo
pastel é uma mutação recessiva simples

assim sendo, tens probabilidades de tirar:

25 % de machos opalinos/ ino/ pastel
25 % de machos opalinos/ ino

25 % de fêmeas opalinas
25 % de fêmeas opalinas/ pastel
um abraco,
pedro duarte
visite http://pedroduarte.blogspot.com
Avatar do Utilizador
pedro376h
Site Admin
 
Idade: 35
Mensagens: 1737
Registado: sexta, 13/abr/2007, 11:09
Localização: águas boas - oliveira do bairro

Mensagempor Dolfo » segunda, 07/jan/2008, 03:04

Obrigado Pedro.

Ou seja, básicamente tudo à base de opalinos (visualmente), e nalguns casos alguns sendo portadores de ino e/ou de pastel!

Ou seja, vou ter de os mandar sexar, porque já vi que se se for como dizes não dá para distinguir (visualmente) os machos das fêmeas!

Vamos a ver se o outro Pedro confirma isso.

Dolfo
Dolfo
*****
 
Mensagens: 1237
Registado: quinta, 25/jan/2007, 02:56

Mensagempor cblampreia » segunda, 07/jan/2008, 12:54

Olá.

Eu também não sou nenhum "craque" da genética, mas concordo com o Pedro376h. Não te podes esquecer que rubino é a combinação de duas mutações (opalino e ino), portanto só vais tirar crias opalinas, sendo que todos os machos são portadores de ino. Aqui o problema deste casal é que vais tirar 50% das crias portadoras de pastel e não há maneira de saber quais são, só com cruzamentos teste.
Avatar do Utilizador
cblampreia
****
 
Mensagens: 479
Registado: domingo, 15/Oct/2006, 23:12
Localização: Loulé

Mensagempor Pedro121 » segunda, 07/jan/2008, 13:39

Só para ser do contra!


25 % de machos opalinos/ ino
25 % de machos opalinos/ ino/canela

25 % de fêmeas opalinas
25 % de fêmeas opalinas canela
Pedro Ramalho
Pedro121
*****
 
Mensagens: 2752
Registado: terça, 17/Oct/2006, 09:46
Localização: Caldas da Rainha

Mensagempor pedro376h » segunda, 07/jan/2008, 13:42

boas,
mas nao estavamos a falar da mutacao pastel? :?
um abraco,
pedro duarte
visite http://pedroduarte.blogspot.com
Avatar do Utilizador
pedro376h
Site Admin
 
Idade: 35
Mensagens: 1737
Registado: sexta, 13/abr/2007, 11:09
Localização: águas boas - oliveira do bairro

Mensagempor Pedro121 » segunda, 07/jan/2008, 13:45

pedro376h Escreveu:boas,
mas nao estavamos a falar da mutacao pastel? :?


Eu disse que era para ser do contra!! :D
Pedro Ramalho
Pedro121
*****
 
Mensagens: 2752
Registado: terça, 17/Oct/2006, 09:46
Localização: Caldas da Rainha

Mensagempor pedro376h » segunda, 07/jan/2008, 13:48

ehehhehe.... assim ganhaste :D
um abraco,
pedro duarte
visite http://pedroduarte.blogspot.com
Avatar do Utilizador
pedro376h
Site Admin
 
Idade: 35
Mensagens: 1737
Registado: sexta, 13/abr/2007, 11:09
Localização: águas boas - oliveira do bairro

Mensagempor cblampreia » segunda, 07/jan/2008, 13:54

pedro376h Escreveu:boas,
mas nao estavamos a falar da mutacao pastel? :?


Pois, eu não quis levantar essa questão, porque também tinha a ideia que as Roselas pastel não eram realmente pastel, mas como também não sabia o que eram na realidade, se era canela ou diluído, não disse nada :D .
Avatar do Utilizador
cblampreia
****
 
Mensagens: 479
Registado: domingo, 15/Oct/2006, 23:12
Localização: Loulé

Mensagempor Dolfo » segunda, 07/jan/2008, 16:47

Pedro121 Escreveu:Só para ser do contra!


25 % de machos opalinos/ ino
25 % de machos opalinos/ ino/canela

25 % de fêmeas opalinas
25 % de fêmeas opalinas canela


Boas,

Pedro, canela não sai de certeza nenhum porque nenhum dos pais é canela.

No GenCal dependendo da língua (francês ou inglês), o termo pastel ainda é utilizado (em francês, embora tenda a ser substituido por diluído), e em inglês, claro, diluído parece ser a denominação actual correcta.
Como não há a versão portuguesa do programa eu limitei-me a usar o termo pastel que foi o que o criador que me vendeu este macho empregou na altura em que lho comprei.

Suponho portanto que o resultado do que se pode obter com este casal seja o que disse o Pedro Duarte, substituindo apenas "pastel" por "diluido", certo?

Já agora, quando dizes isto:

25 % de fêmeas opalinas canela


não devia haver um traço entre opalinas e canela (com canela a substituir por diluído, óbviamente), assim "opalinas/canela", para exprimir a portação?
Ou por ser referente a fêmeas não será portação mas sim as duas mutações combinadas, opalino e diluído?

Dolfo
Dolfo
*****
 
Mensagens: 1237
Registado: quinta, 25/jan/2007, 02:56

Mensagempor Dolfo » segunda, 07/jan/2008, 19:14

Confirmado há pouco, aproveitando o pouco tempo em que a fêmea saiu do ninho para defecar e ser alimentada pelo macho, há 4 ovos e 2 crias já nascidas.

A propósito de ser o macho a alimentar a fêmea (embora de vez em quando ela coma por si só uma ou outra semente directamente do comedouro, quer-me parecer que a grande percentagem do que ela come é o que o macho regurgita no bico dela), como nas roselas é a fêmea a única a chocar e a alimentar as crias, isto quer dizer que a fêmea alimenta as crias regurgitando para elas aquilo que o macho regurgitou para ela?!.... :roll: Ou seja, em termos muito terra a terra, as crias de rosela são alimentadas com duplo vomitado?!...
Mas que grande badalhoquice!... Não quero mesmo reincarnar numa rosela!... :lol: :lol: :lol:

E já agora, a mesma coisa se passa com os kakarikis, não?

Dolfo
Dolfo
*****
 
Mensagens: 1237
Registado: quinta, 25/jan/2007, 02:56

Mensagempor Pedro121 » segunda, 07/jan/2008, 20:18

Dolfo Escreveu:Pedro, canela não sai de certeza nenhum porque nenhum dos pais é canela.

e em inglês, claro, diluído parece ser a denominação actual correcta.
Como não há a versão portuguesa do programa eu limitei-me a usar o termo pastel que foi o que o criador que me vendeu este macho empregou na altura em que lho comprei.


O termo pastel aplica-se a uma mutação que em efeito é muito semelhante a algumas mutações diluidas, mas que nalgumas especies pode tambem ser confundido com o palido e mesmo com o canela, nas roselas em concreto a confusão é total, garatidamente existem canelas e diluidos ambos a serem tratados como pasteis, é possivel que existam pasteis legitimos e quem sabe palidos, mas a confusão é de tal modo que sem os resultados dos cruzamentos ninguem pode saber ao certo o que tem.

Portanto o criador do macho disse-te que ele era portador de pastel, como já sabes isso é pouco provavel, é muito mais provavel que ele seja um portador de diluido, MAS e aqui é que está o meu problema, pode tambem ser um portador de canela, os resultados do cruzamento vão permitir esclarecer a duvida, e já agora perabens, á 3ª foi de vez.
Pedro Ramalho
Pedro121
*****
 
Mensagens: 2752
Registado: terça, 17/Oct/2006, 09:46
Localização: Caldas da Rainha

Mensagempor Dolfo » segunda, 07/jan/2008, 20:45

Pedro,

Canela, como tu próprio confirmaste era a 2ª fêmea deste macho.

O macho é sem dúvida opalino (podes ver fotos dele neste tópico: http://forum.avespt.com/viewtopic.php?t=381 ), agora do que é portador, vamos então esperar pelas crias para ver no que dá. Pelo menos visualmente ele não me parece ter nada de canela, como podes confirmar pelas fotos! Portanto só se for mesmo só portador.

Já agora, continuo com dúvidas: nas roselas, e usando a terminologia actual correcta, existem as 3 mutações, pastel, diluído e pálido?!
Ou hoje para as roselas só uma, ou mais, das denominações é correcta? :?

...e já agora parabéns, á 3ª foi de vez...


Eh pá, eu já não deito foguetes antes do tempo, que nunca se sabe...

Aliás acho que esta fêmea rubina (esta veio do amigo Bruno, tal como a 2ª, a canela) é demasiado jovem para a 1ª postura (ela aparentemente é de fins de Fevereiro de 2007, portanto só tem uns 10 meses!), e confesso que fiquei bastante surpreendido por logo à 1ª estarem a nascer as crias!

Como quando ela chegou o contacto com o macho foi mais difícil que com as outras duas, a minha ideia foi que ela foi esperta e para se fazer aceitar por ele deixou-o acasalar, submetendo-se a ele, e entrando em postura pouco tempo depois, mas estava convencido que os ovos não iam dar nada!

Mas a verdade é que apesar de jovem ela tem levado isto muito a sério! Agora é esperar para ver se as crias já nascidas resistem e sobrevivem e se mais crias vão nascer dos 2 outros ovos que ainda lá tem no ninho.

Como ela defende o ninho como uma verdadeira mãe galinha desde que comecei ontem a ouvir piar dentro do ninho, e hoje só pude confirmar o que lá havia quando ela saiu temporáriamente do ninho, e fi-lo o mais rápido possível para não interferir nem perturbar o choco, nem deu tempo para verificar se os 2 ovos que ainda lá há estarão cheios ou vazios.

O melhor é deixar correr as coisas naturalmente, logo se há-de ver no que isto vai dar, sem stress... 8)

Dolfo
Dolfo
*****
 
Mensagens: 1237
Registado: quinta, 25/jan/2007, 02:56

Mensagempor Pedro121 » segunda, 07/jan/2008, 21:20

Dolfo Escreveu:Pedro,
Já agora, continuo com dúvidas: nas roselas, e usando a terminologia actual correcta, existem as 3 mutações, pastel, diluído e pálido?!
Ou hoje para as roselas só uma, ou mais, das denominações é correcta? :?


Confirmadas e garantidas existem apenas Uma mutação diluida e o Canela, digo apenas uma mutação diluida porque existem varias.

Quanto ao pastel é provavel que existam mas sem um Ino NLS para se fazer um cruzamento teste não podemos provar a sua existencia, o palido tambem é probvavel que exista e neste caso podemos prova-lo usando um cruzamento com um Ino LS como teste.

Resumindo quase todos os pasteis são diluidos e canelas, alguns dos pasteis são possivelmente mesmo pasteis e pode ser que andem por aí palidos
Pedro Ramalho
Pedro121
*****
 
Mensagens: 2752
Registado: terça, 17/Oct/2006, 09:46
Localização: Caldas da Rainha

Mensagempor Dolfo » segunda, 07/jan/2008, 22:34

Bom, percebi tudo, menos isto:

Confirmadas e garantidas existem apenas Uma mutação diluida e o Canela, digo apenas uma mutação diluida porque existem varias.


Não faço a mais pequena ideia do que queres dizer com isto! :? :? :?

Dolfo
Dolfo
*****
 
Mensagens: 1237
Registado: quinta, 25/jan/2007, 02:56

Próximo

Voltar para Genética

Quem está ligado:

Utilizadores a ver este Fórum: Nenhum utilizador registado e 0 visitantes