Como crio pintassilgos

Opiniões e ideias experientes

Como crio pintassilgos

Mensagempor Armando Moreira » segunda, 21/fev/2011, 01:07

:) Ola a Todos!

O forum avespt, contem bastante informação dispersa sobre os requisitos legais para posse de aves da fauna europeia e a criação de pintassilgos em ambiente domestico. Já lá vão alguns anos ouvi dizer, “Na criação de pássaros não há segredos pois tudo já foi inventado.” Na altura não entendi, mas hoje reconheço que é verdade. Cada criador tem os seus métodos e fez o seu percurso até ao êxito. Seguidamente vou apresentar o meu itinerário, certamente diferente de muitos outros.

A aquisição dos reprodutores ou matrizes é um ponto importante. Só aves saudáveis é que estão em condições de criar. Um pintassilgo saudável tem a barriga cor de carne e o peito não esta afiado. A cor das patas é cor de carne, plumagem está em boas condições sem falta de penas nas asas ou cauda. Atitude na gaiola é altiva mas sem se atirar às grades ou mostrar medo. O tamanho adequado da anilha é importante. Para a subespécie mais pequena (Parva e Tsuchi) é de 2.5 mm e para a maior (Siberiano ou Major) é de 2.7 mm.

O alojamento de um casal a minha preferência vai para a gaiola dupla com 120 cm de comprimento, 40 altura e 50 cm de largura ou viveiro com 2 m de altura e comprimento por 1m de largura. Os indivíduos podem ser alojados em gaiola individual com 40 cm de largura por 35 cm de altura e profundidade. As medidas são aproximadas e de carácter indicativo. Todas as gaiolas devem ter um comedouro por pássaro. Isto evita lutas desnecessárias na disputa por alimento. o local deve ter muita luz natural, o pintassilgo é uma ave que gosta do sol e ar livre.

A alimentação base é alpista a disposição, diariamente fornece uma colher de 5 ml com mistura de sementes AVICOR para pintassilgos e lugres. Esta mistura é especial não tem aveia, nem nabo, nem alpista. No fim do inverno, é altura de habituar os pintassilgos a papa ou farinhada com que irão alimentar as suas crias. A aceitação da papa aumenta as probabilidades de ajudar a ovulação das fêmeas e dos reprodutores sacarem as crias do ninho.

A papa ovo Cê-Dê seca, misturada com sementes germinas é suficiente para levar avante a criação de pintassilgos sem alimentação animal. As vezes os pintassilgos não comem papa suficiente e então é necessário fornecer alimento animal. As larvas de tenébrio ou bicho da farinha são bem aceites. Eu compro larvas vivas e fervo-as durante 2 minutos, depois verto-as num passador e arrefeço-as num jacto de água fria. Escorro bem. Reparto as doses de 3 dias por vários recipientes e congelo. A medida que necessito retiro do congelador e no frigorífico descongelo.

Alguns criadores fornecem alguns tipos de sementes simples. Cada tipo tem a sua fama. Não tenho opinião formada pois forneço-as esporadicamente e de forma descontinuada, pois são caras. Não noto grandes diferenças. A nível indicativo aqui vão os nomes para quem quiser pesquisar no Google, experimentar e tirar as suas conclusões. Vou apresenta-las por ordem decrescente importância. Girassol negro micro, Perilla, Chia, Onagra, Foniopady, Cardo.
Plantas e ervas silvestres, para alguns criadores são fundamentais para elevar a forma dos pintassilgos. Na minha opinião depende do grau de domesticação e hábitos dos pintassilgos que possuímos. As ervas silvestres fornecem variedade e quebram a monotonia alimentar. Por outro lado se fornecidas em grande quantidade podem inibir a toma da papa de ovo. As ervas silvestres nem sempre estão disponíveis durante todo o ano isto pode ser uma desvantagem face aos alimentos comerciais. Sem exageros sou adepto e forneço, dente-de-leão, serralha, urtigas, morugem, beldroega, tachagem. As partes utilizadas são as folhas e a sementes. Ter sempre cuidado com os locais onde colhemos estas plantas. A altura do ano mais indicada para recolha é a primavera e no outono.

Uma alimentação a base de sementes é recomendada fazer pequenas curas com vitaminas. No inverno e outono uso vitaminas na água. Um polivitaminico tipo Vitamino L uso na muda da pena conforme indicações do folheto. No fim do inverno uso AD3E+K como preparativo dos reprodutores. Pontualmente na papa e no resto do ano primavera (criações) e verão (muda da pena), as vitaminas em pó tipo PRIME polivitaminico, com probioticos e minerais.

A bebida deve ser renovada diariamente. A qualidade da água tem influência no aspecto das fezes. Duas vezes por semana forneço 10 ml de vinagre de cidra num litro de água.

Num comedouro separado tenho sempre mineral em pó. Piksteen, pedra de argila com algas, carvão e outros minerais naturais. Um bebedouro partido com Minerais da Bogena ricos em cálcio, fósforo e casca de ostra fina.

A preparação dos reprodutores começa a meio de Fevereiro. Durante 3 dias cura com Vermizoo, contra vermes intestinais e da traqueia, o principio activo tem propriedades imuno estimulantes. Alguns criadores aconselham outras desparasitações com antibióticos de larga espectro, tipo FP 20/20, Sufaprime, Milagrex ou anti-protozoários como Baycox, ESB 3. Em aves saudáveis, na minha opinião, estes produtos são desnecessários.

O período de reprodução dos pintassilgos pode estender-se de Abril a Setembro, normalmente fazem 2 posturas e excepcionalmente 3 posturas se iniciarem cedo a 1ª postura ou alguma abortar pela perda de ovos por picagem.
A meio de Março, coloco os ninhos nas gaiolas. De preferência no lado exterior das gaiolas. Os ninhos devem estar camuflados com plantas plásticas ou ramos artificiais de árvores de natal. Os ninhos exteriores são em forma de taça e em vime. No interior do ninho de vime coloco outro ninho de corda escura. Estes ninhos serão revestidos pela fêmea com algodão e juta.

A postura do primeiro ovo é feita de manhã, e durante 4 a 5 dias cada dia é posto um ovo. Retiro todos os dias o novo ovo e coloco 1 ovo falso. Conservo os ovos numa caixa de madeira e deposito-os sobre areia fina com a ponta para baixo. Podemos conservar os ovos durante 15 dias em ambiente fresco e seco. No fim da postura retiro os ovos falsos e coloco os verdadeiros no ninho. O choco dura 14 ou 15 dias conforme o comportamento inicial de incubação inicial da fêmea. Já me aconteceu perder crias por não ter esperado o suficiente pelo nascimento das crias, é raro mas acontece. Não fornecer papa durante o período de choco.

Na véspera do nascimento forneço papa fresca que será renovada e controlada diariamente. Diariamente renovo e controlo a água de bebida e o embuchamento das crias. A título excepcional caso seja necessário nas ninhadas de 5 crias ajudo com palitada, também já utilizei canarias como ama de recurso. No caso da canaria mal o pintassilgo se alimente sozinho retiro-o dos canários. A anilhagem é feita ao 3º dia após o nascimento. A medida da anilha depende da raça do pintassilgo os pequenos Parva a anilha é 2.5mm e os pintassilgos grandes Major anilha diâmetro 2.7mm.
As crias saltam do ninho por volta dos 15 dias e começam a comer sozinhas depois dos 30 dias. Nesta ocasião o germinado e as sementes de perilla ajudam na emancipação das crias. O ciclo reprodutor repete-se cerca dos 40 dias com uma nova postura. Termina quando os reprodutores sentem a diminuição das horas de luz e o calor aumenta. A queda das penas interrompe o ciclo reprodutivo.

A muda da plumagem é uma época critica tanto para adultos como para os juvenis. Diariamente, bebida com vitaminas, papa de ovo e algumas plantas silvestres ajudam a renovar a plumagem. O banho diário independente da temperatura é importante. Uma ave saudável banha-se mesmo com frio e chuva. Gaiolas espaçosas e com poucas aves ajudam a ter espaço para exercício e limita o stress das aves. A alimentação é a mesma do período de criação, apenas reforçada com alguns vegetais (folha de couve, cenoura).

Nota final, a higiene nos alojamentos é importante. Todas as gaiolas tem gaveta revestida com folha de papel jornal mudado todos os dias. O ideal seria ter um estrado em rede para isolar o contacto das fezes e impedir comer sementes sujas do chão da gaiola. Os poleiros devem ser limpos ou substituídos regularmente. As patas das aves não devem estar sujas sinal de uma higiene e limpeza deficiente. Só é possível manter aves saudáveis em local limpo regularmente conforme as necessidades. Uma gaiola superlotada suja-se mais rapidamente que uma só com um indivíduo.

As marcas e nomes dos produtos que indico são apenas os que uso ou usei e no mercado existem outros nomes de produtos equivalentes.

Muitas questões ficam sem resposta, pois durante os vários períodos apresentados (Criação,Muda da Pena,Repouso), os imprevistos acontecem. Nessa altura temos de tomar decisões. Um artigo não pode cobrir todas as situações para isso este fórum é o local ideal de troca de experiencias, de uma maneira dinâmica, assim queiram os membros do avespt.
Para os mais interessados podem acompanhar a minha aventura de criar pintassilgos, no seguinte endereço:

Aqui podem ver algumas imagens que faltem neste texto.

http://osmeuspintassilgos.blogspot.com/

http://armmoreira.skyrock.com/

O que falta dizer não é segredo, apenas falta oportunidade para expor. :lol: :lol: :lol: :lol:

Cordais cumprimentos a todos, 8)
Editado pela última vez por Armando Moreira em terça, 22/fev/2011, 17:30, num total de 3 vezes.
Avatar do Utilizador
Armando Moreira
Site Admin
 
Mensagens: 1259
Registado: sábado, 14/Oct/2006, 22:38
Localização: Maia - PORTUGAL

Re: Como crio pintassilgos

Mensagempor alvarodomingues » segunda, 21/fev/2011, 01:40

Muito bom Sr. Armando . Parabéns . Está mesmo bastante elucidativo .
alvarodomingues
 
Mensagens: 30
Registado: terça, 08/fev/2011, 00:45
Localização: Porto - Maia

Re: Como crio pintassilgos

Mensagempor lento » segunda, 21/fev/2011, 11:26

BOM dia,
Queria agradecer e dar os parabens ao SRº Armando pela gentileza que teve em partilhar a sua experiencia na criação de pintassilgos, pois até agora achava que era um segredo que ninguem neste forum gostava de partilhar, (excepto o amigo Manuel Marinho), pois se o ano passado consegui tirar 7 pintas posso agradecer ao Srº Manuel Marinho pelas dicas que me deu.
Mais uma vez dou os parabens ao sr Armando moreira, pois acredito que assim vai haver mais pessoas a criar pintas com alguma regularidade e qualidade.

m/cumprimentos
m/obrigado
lento
***
 
Mensagens: 125
Registado: quarta, 05/nov/2008, 17:06
Localização: CINFAES DOURO

Re: Como crio pintassilgos

Mensagempor baleiatr » segunda, 21/fev/2011, 12:05

Boas a todos!

Apesar de não me dedicar a estas aves, é um prazer ler artigos como este.

Li-o apenas por curiosidade, mas tenho de lhe dar os parabens pela capacidade de sintese. Parece um texto longo, mas depois de analisar a quantidade de informação debitada, é realmente algo excepcional!

Mais uma vez parabens e desejos sinceros de boas criações!
baleiatr
 
Mensagens: 47
Registado: sexta, 17/dez/2010, 23:03

Re: Como crio pintassilgos

Mensagempor Nélio Clemente » segunda, 21/fev/2011, 13:33

Muito bom texto:lol:
Agora sim temos um "manual" como deve ser, a maior parte dos criadores desta espécie pouco diz a cerca dela, sinceramente não entendo o porquê de guardarem tanto segredo.
Criador de agapornis fischeris/personatas
STAM DK67

http://umundodecor.blogspot.pt/
Avatar do Utilizador
Nélio Clemente
*****
 
Mensagens: 939
Registado: sexta, 25/jun/2010, 22:46
Localização: Ourém/Fátima

Re: Como crio pintassilgos

Mensagempor Armando Moreira » segunda, 21/fev/2011, 14:18

:D Ola a Todos!

Agradeço as vossas simpáticas palavras de incentivo e reconhecimento. Não foi fácil de condensar num texto resumido "Como crio pintassilgos". Numa leitura mais atenta, encontrei um lapso na quantidade de mistura Avicor ministrada diariamente. Ja corrigi para colher de 5 ml.

Uma nota final.
A criação de pintassilgos em gaiola ou viveiro requer uma assistência e acompanhamento diário. Não é por acaso que os melhores criadores Belgas são pessoas reformadas. O meu amigo Manuel Marinho sabe disso e pode confirmar. Ele também tem contribuído com o seu conhecimento e ajudado muitas pessoas que gostam de pintassilgos, eu inclusive. Obrigado amigo Manuel Marinho. :wink:

Criar pintassilgos é como aprender a andar de bicicleta, fácil para quem sabe, e mais ou menos difícil para que quer aprender. Algumas quedas fazem parte da aprendizagem. :lol: :lol: :lol: :lol: (Os meus filhos aprenderam a andar sem cair, mas o pai ajudou, 8) )

Espero converter muitos amantes dos pintassilgos que ainda se dedicam a outras praticas. Hoje já não há razões para estar fora do sistema legal. È claro que tudo tem um preço, mas quando gostamos penso que vale a pena fazer sacrifícios.

Cordais cumprimentos a todos, :)
Avatar do Utilizador
Armando Moreira
Site Admin
 
Mensagens: 1259
Registado: sábado, 14/Oct/2006, 22:38
Localização: Maia - PORTUGAL

Re: Como crio pintassilgos

Mensagempor Luis Grencho » segunda, 21/fev/2011, 14:56

Boas.
Ao longo destes anos aqui pelo Forum e noutros, cada vez que se fala em aves da Fauna Europeia, descamba sempre em "agressões" verbais, e outras coisas menos proprias, mas felizmente aos poucos vai apareçendo estas lufadas de ar puro e fresco.
É por isso que os Foruns tem coisas más, mas tambem tem muitas boas e é por essas que vale a pena lêr e participar, e este é um desses casos, humildade, partilha, sabêr e acima de tudo paixão, porque só quem sente verdadeira paixão pelas aves e pelo seu trabalho consegue partilhar, tiro o meu chapeu e faço uma venia ao amigo Armando Moreira primeiro pela sua participação sempre " num tom de partilha e respeito" no forum e por esta partilha excelente que permite ajudar muitos entusiastas, desmistificar e abrir as mentes que normalmente muita gente tenta fechar passando a mensagem que só alguns conseguem criar estas aves e que tem segredos profundos, quando como todas as espécies tem os pro e contras, mas lá fora (e ja muitos cá dentro) criam aos milhares e em dezenas e mutações.
Parabens.
Cumprimentos.

Luis Grencho

Criação Agapornis Roseicollis
STAM BZ081

http://rosibird.webnode.com.pt/
Avatar do Utilizador
Luis Grencho
*****
 
Idade: 46
Mensagens: 1076
Registado: domingo, 24/fev/2008, 02:33
Localização: Benavente

Re: Como crio pintassilgos

Mensagempor astavares » segunda, 21/fev/2011, 21:29

Olá, boa noite.
Caramba Armando, acho que vou desistir dos meu Arlequins e criar pintassilgos. É que da maneira que partilha o seu conhecimento/experiência até parece que é fácil.
Como sempre tem uma forma escorreita e simples de explicar o complicado.
Muitos parabéns!
Saudações ornitófilas.
Com amizade,
Armindo Tavares.
Criador de: Canários Arlequim Português
http://www.canariosarlequimportugues.blogspot.com/
Avatar do Utilizador
astavares
***
 
Mensagens: 220
Registado: quarta, 06/dez/2006, 22:30
Localização: Porto

Re: Como crio pintassilgos

Mensagempor Canary » terça, 22/fev/2011, 14:48

Boas!

Palavras para quê?! :) Muito obrigado por partilhar todo este conhecimento.

Tenho uma dúvida amigo Armando, em relação ao vinagre de cidra, quiz dizer 15ml por litro? (Tinha a ideia que a quantidade habitualmente praticada era de 5ml por litro...num artigo no carduelisnorte parece-me que fala em 5ml)

Saudações ornitológicas,
João Marques

Visite:
http://jmcanary.skyrock.com/
Canary
****
 
Mensagens: 442
Registado: segunda, 17/dez/2007, 11:56
Localização: Astromil/Porto

Re: Como crio pintassilgos

Mensagempor Armando Moreira » terça, 22/fev/2011, 17:19

:) ola a Todos!

Para o Canary, ora aqui esta uma boa questão. Agradeço a sua chamada de atenção. :wink:

Canary Escreveu:
Tenho uma dúvida amigo Armando, em relação ao vinagre de cidra, quiz dizer 15ml por litro? (Tinha a ideia que a quantidade habitualmente praticada era de 5ml por litro...num artigo no carduelisnorte parece-me que fala em 5ml)

Saudações ornitológicas,



Eu faço assim se calhar outros fazem diferente... Agora podemos complicar se formos rigorosos temos de medir o PH da agua e depois dosear com vinagre de Cidra e obter os valores óptimos de acidez (eu agora não tenho presente qual o valor). Porque depende do PH da agua que usamos, se for de um furo, nascente ou engarrafada. Na internet existem vários artigos sobre o assunto.) Eu poderia ler a trazer isso para aqui, mas acho que é estar a ir ao pormenor de medir com um aparelho o ph da solução (agua+vinagre).

Estive a rever e de facto a medida para um litro de agua com ph 6 é de 10 ml de vinagre por litro de agua. Eu coloquei 15 ml pois uso garrafas de plástico de 1.5 l. Ja rectifiquei isso no artigo inicial. Pelo lapo involuntário peço desculpa a quem induzi em erro. :oops:

Mais um vez obrigado a todos pelas vossas amáveis palavras.
Avatar do Utilizador
Armando Moreira
Site Admin
 
Mensagens: 1259
Registado: sábado, 14/Oct/2006, 22:38
Localização: Maia - PORTUGAL

Re: Como crio pintassilgos

Mensagempor Manuel M. » quarta, 23/fev/2011, 18:05

Boas.

Parabéns Amigo Armando por mostrares como tratas os teus Pintassilgos para as criações, como eu costumo dizer, sem truques na manga e sem segredos.
São atitudes destas que gosto de ver a serem divulgadas, mais uma vez ,Parabéns Amigo Armando.
Avatar do Utilizador
Manuel M.
*****
 
Idade: 69
Mensagens: 768
Registado: sábado, 20/jan/2007, 21:15
Localização: Bruxelas / Matosinhos

Re: Como crio pintassilgos

Mensagempor pfcarquejo » quinta, 24/fev/2011, 13:00

Excelente, Parabéns! este tópico devia estar como inamovível.
Avatar do Utilizador
pfcarquejo
***
 
Idade: 50
Mensagens: 222
Registado: quarta, 14/jul/2010, 14:40
Localização: Portugal

Re: Como crio pintassilgos

Mensagempor Loureiro » quinta, 24/fev/2011, 14:13

Uma lição de partilha de conhecimento!

Fossem todos os criadores assim e estaríamos muito mais evoluídos no que toca á criação de fauna europeia.

Cumprimentos e um muito obrigado ao forista Armando Moreira.
http://lovebirds-loureiro.webs.com/
http://lovebirds-loureiro.webs.com/palmares.htm
Vice-Campeao do Mundo 2014 Agapornis Fischeri Verde em Bari - Italia
Vice-Campeao Nacional 2013 Agapornis Fischeri Verde e Pastel
Avatar do Utilizador
Loureiro
***
 
Idade: 38
Mensagens: 160
Registado: quarta, 02/set/2009, 18:00
Localização: V. N. Famalicão

Re: Como crio pintassilgos

Mensagempor Armando Moreira » sábado, 26/fev/2011, 18:19

Armando Moreira Escreveu::) ola a Todos!

Para o Canary, ora aqui esta uma boa questão. Agradeço a sua chamada de atenção. :wink:

Canary Escreveu:
Tenho uma dúvida amigo Armando, em relação ao vinagre de cidra, quiz dizer 15ml por litro? (Tinha a ideia que a quantidade habitualmente praticada era de 5ml por litro...num artigo no carduelisnorte parece-me que fala em 5ml)

Saudações ornitológicas,



Eu faço assim se calhar outros fazem diferente... Agora podemos complicar se formos rigorosos temos de medir o PH da agua e depois dosear com vinagre de Cidra e obter os valores óptimos de acidez (eu agora não tenho presente qual o valor). Porque depende do PH da agua que usamos, se for de um furo, nascente ou engarrafada. Na internet existem vários artigos sobre o assunto.) Eu poderia ler a trazer isso para aqui, mas acho que é estar a ir ao pormenor de medir com um aparelho o ph da solução (agua+vinagre).

Estive a rever e de facto a medida para um litro de agua com ph 6 é de 10 ml de vinagre por litro de agua. Eu coloquei 15 ml pois uso garrafas de plástico de 1.5 l. Ja rectifiquei isso no artigo inicial. Pelo lapo involuntário peço desculpa a quem induzi em erro. :oops:

Mais um vez obrigado a todos pelas vossas amáveis palavras.



Ola a todos!

Continuando o tema da quantidade de vinagre a dar as aves. Penso que no seguinte endereço podem ler um artigo interessante:

http://www.coconiki.com/articles.php?a=viewart&id=28

http://www.notapositiva.com/trab_estuda ... ctamph.htm

Cordiais cumprimentos a todos, :)
Avatar do Utilizador
Armando Moreira
Site Admin
 
Mensagens: 1259
Registado: sábado, 14/Oct/2006, 22:38
Localização: Maia - PORTUGAL

Re: Como crio pintassilgos

Mensagempor antonio costa » domingo, 27/fev/2011, 00:56

boas ta tudo esplicado amigo assim nao há duvidas lol :P

http://avesdocostaacores.blogspot.com/
antonio costa
 
Mensagens: 5
Registado: sábado, 26/fev/2011, 22:42

Próximo

Voltar para Artigos técnicos e de opinião

Quem está ligado:

Utilizador a ver este Fórum: Nenhum utilizador registado e 1 visitante